quarta-feira, abril 27, 2005

Outro post antigo de quando eu trabalhava em empresa

1 de outubro de 2004, viva a sexta feira!

Tem umas coisas que eu nao entendo. Pensa só:

  • Porque oficina de automoveis - Principalmente a HCaldas que é uma das melhores de injeção do sudeste, so ficam abertas no horario que eu to trabalhando?
  • Porque correio so fica aberto até as 5 da tarde, se muitas vezes nao dá pra postar uma coisa ou pegar uma encomenda na hora do almoço?
  • Porque correio nao disponibiliza uma opção "pague x reais para o motoboy entregar uma encomenda comum em sua casa, ao inves de voce ter que despencar até a agencia do correio?"
  • Porque a telemar só faz instalação em horario comercial, quando as pessoas estao no escritorio trabalhando?
  • Porque a Escelsa nao parcela mais os debitos de conta de luz, mesmo mantendo a luz cortada enquanto se paga o debito?
  • Porque os juros do ABN-AMRO bank sao tao ESCORCHANTES (1 mes de atraso na prestação de 404 reais do meu carro = 100 reais de acrescimo!!!)
  • Porque as empresas de cobrança sao tao inflexiveis quanto a regras estabelecidas (o cara queria que eu pagasse no dia 28 a prestacao atrasada do meu carro, sob pena de mandar pro juridico. Ora, se TODOS recebem entre dia 30 e dia 5, como alguem vai pagar 500 contos de prestacao dia 28???)
  • Porque os patroes sao tao inflexiveis em certas questoes de horario, se eles sabem que certas coisas só se fazem em horario comercial?
  • Porque as pessoas nao entendem, que a diferença entre o faxineiro e o engenheiro, é meramente o que lhe foi ensinado durante 10 ou 20 anos?

Ok, hoje eu vou falar sobre um "bom-humor". Sim, vou fazer elogios a Aparecida.

As vezes a gente conhece pessoas tao fantasticas, que elas fazem diferença na nossa vida. Por isso hoje eu vou falar da Aparecida, que é a "faxineira" (cara, na boa, eu fico até com vergonha de chama-la de "faxineira") la do trabalho.

Ela é uma mulata, de seus 35-40 anos, cabelo bom-bril, mas que pra começar, tem uma aparencia muito boa, e um sorriso maravilhoso. E é de UMA EDUCACAO PRIMOROSA. Ela é tao educada, mas tao educada, que as vezes eu fico envergonhado de estar ocupado com uma tarefa, estar com a cabeça em um programa, e ela chegar ou sair do trabalho, me dar bom-dia-boa-tarde-boa-noite e eu nao escutar, por estar tao concentrado no trabalho. E ela tem o discernimento de perceber, e deixar pra lá, no dia seguinte ela fala "ontem te cumprimentei mas voce estava tao compenetrado no seu trabalho, que voce nem viu. Nao se preocupe, eu entendo!"

E a apresentação? Ela chega IMPECAVELMENTE ARRUMADA no trabalho. Mas impecavelmente arrumada, significa ARRUMADA PRA IR PRO ROCK! Ela chega super bem vestida, roupa elegante, sapato bonito, toda maquiada. Tem o trabalho de dar bom dia para cada uma das 10 pessoas que trabalham na empresa (é uma empresinha miuda onde eu trabalho), faz o café, faz pao com manteiga pra todos e começa seu trabalho de limpeza.

O trabalho de limpeza, é feito com ela IMPECAVELMENTE ARRUMADA. Se chegar um cliente, e ela atender - e ja aconteceu varias vezes - perguntam se ela é a secretaria, a diretora, ou algo assim da empresa. Ela anda mais bem vestida que todo mundo da empresa juntos.

Ela nao fica lá o dia inteiro. Ela limpa tambem o AP do patrao (que mora a uns 200 metros de onde é a empresa) e deve ter um ou outro serviço por ai. Mas todo dia ela esta lá, impecavelmente arrumada, sempre muito bonita e simpatica.

É uma pessoa de uma simpatia, de uma educação, de um alto astral, nao apenas impressionante, mas tambem contagiante.

Sexta, eu parei o trabalho dela enquanto ela estava passando pela minha mesa (fazendo a limpeza) e eu fiz esses elogios que estou fazendo aqui, diretamente a ela.

Ai vem a pergunta que nao quer calar, e que é onde eu queria chegar desde o inicio do post: "PORQUE TODAS AS FAXINEIRAS, DIARISTAS E EMPREGADAS NAO SAO ASSIM??????"

  • O serviço é o mesmo
  • O salario é o mesmo (a Aparecida ganha mixaria, sei la, 400, 600 reais)
  • Os problemas, acredito eu, sao os mesmos (ela é casada, tem filhos, problemas em casa como todo mundo)
  • O esforço, a dificuldade do serviço (que nao é pouca) é a mesma

Onde está a diferença?

Cultura...

Nenhum comentário: