segunda-feira, maio 02, 2005

BANCO??? Só se for banco de problemas!!!

Porque raios eu tenho que PAGAR pra deixar meu dinheiro a disposição dos investidores???

Minha relação com banco, sempre foi uma relação doida.

Minha primeira conta em banco foi la no Bradesco, no RJ. Eu tinha uma "conta-salario" que me dava cheque, e um dia - quem sabe - cartao de credito. Eu gostava de comprar coisas no exterior, normalmente comprava no cartao da mulher que era minha namorada, na epoca. Mas era vergonhoso, com conta no banco e cartao, ter que pedir a ela pra comprar alguma peça pra mim la fora. E isso ja me irritava com o Bradesco.

Depois que eu montei minha empresa, eu usava o talao de cheques para dar "garantia" de pagamento a fornecedores. Obvio, quando alguma coisa ia errado, o cheque voltava. Ate que um dia o gerente do banco nao quis me dar talao, só daria se eu fizesse um plano de captalização. Um tal de PIC. Fiz o tal PIC (alias, sempre odiei PIC, principalmente os microcontroladores da microchip) e nada de talao de cheques. Fechei minha conta, e para receber o saldo do pic, só 1 ano depois.

Passou um ano, vim pro ES e fui sacar o PIC. Cheguei no banco e solicitei o saque. Pra resumir uma longa historia, o gerente disse que eu teria que ir ao Rio de Janeiro, pra sacar o dinheiro. Ai eu perguntei a ele: E se eu estiver viajando, perdi meu cartao, preciso de dinheiro pra voltar? Como é que fica? Bem, a discussao continuou até o momento que chegou, por sorte, um amigo influente aqui na cidade. Ele ORDENOU ao gerente me pagar o que eu tinha pra receber. Veja bem, ele nao pediu nem intercedeu em meu favor. Ele deu uma ORDEM ao gerente pra pagar. Recebi centavo por centavo, e cá estou. Padrao bradesco de qualidade.

Muito tempo depois, abri uma conta no Banco do Brasil. Só nao tinha - pra variar - cartao de credito internacional. Blah. Cuidei bem da minha conta, até um dia que quebrei, fiz uma venda ENORME na minha loja, o cara nao pagou e eu fiquei a ver navios. Ai os cheques começaram a bater, eu recuprerei todos eles, menos um ou dois. Claro que nao "limpei" meu nome no banco central. A 50 mangos cada cheque, fica "meio complicado". O pior é que os famosos "juros-sobre-juros" das taxas bancarias, continuaram na minha conta. Eu cheguei pro banco e expliquei a situaçao. Nao sou mal pagador, o que eu devo, eu pago. Só pedi ao banco que me facilitasse o pagamento. A divida estava em uns 1500 reais, o banco propos 10 de 150 reais. Achei otimo. A nao ser que eu tinha que apresentar DOIS FIADORES PROPRIETARIOS DE IMOVEL para poder PAGAR o meu debito. Dei uma banana pro banco, e ta la rolando até hoje. Inicio de 2006 caduca. O banco nao ve o meu dinheiro, e eu quero que eles se danem. Uma pena.
Mas o motivo de contar essa historia toda é pra falar da Caixa Economica Federal.

Hoje eu fui a loterica sacar uma merreca para pagar uma conta. Quando chego na loterica, em horario de expediente bancario, a mocinha me fala "ta fora do ar, nao posso sacar dinheiro". Ai eu pergunto: Porque raios a caixa tem um sistema que tem a "parca" possibilidade de sair fora do ar, quando o MEU dinheiro está no bolso DELA???

Minha historia com a caixa ja é meio problematica...

Primeiro, foi uma vez que fui a SP. Janeiro do ano passado, se nao me engano. Fui para um encontro de tecladistas e pra bater papo com uns amigos, dar uma passeada, essas coisas de sempre. Eu tava com 400 mangos no bolso, porque - por sorte - atrasei a sair de casa e nao deu tempo de passar na transportadora pra pagar o transporte de algumas mercadorias que vendi. Com isso, fiquei com algum dinheiro no bolso. Foi sorte, porque quando cheguei a SP, na propria rodoviaria do tietê fui sacar uma merreca, e o cartao deu como bloqueado. Ai eu liguei pro disque-caixa, e a mocinha disse que na segunda feira eu deveria procurar a minha agencia. E só a minha agencia porque outra nao teria condição de resolver o problema. Ai eu argumentei "Mas moça, eu estou a 1200 km da minha agencia, sem dinheiro pra voltar pra casa!!!" so faltou ela me dizer "Foda-se". Alias, disse. Só que usando termos mais educados. Isso era sabado as 6 horas da manhã.

Obvio, segunda eu procurei a agencia da caixa mais proxima e toquei AQUELE zaralho la dentro. Quase deu policia. Mas saquei todo o meu dinheiro.

Depois, foi num sabado - tambem - que deu zinga. Eu e Nailson fomos comprar peças no centro. Os bancos estavam em greve, e eu com todo o meu salario, mais umas economias, mais uns trocados de umas coisas que eu tinha vendido, tudo no banco. Comprei um rio de coisas, cartao bloqueado. Olha o mico!!! Eu nao tinha um misero no bolso, la fui eu ligar pra banco, etc. Resumindo uma longa historia, só pude botar a mao no meu dinheiro uns 5 dias depois. E fiquei muito, mas MUITO irritado. E isso porque a gerente da minha conta furou la o bloqueio e me entregou um cartao novo.

A ultima foi numa vespera de feriado. Mesma situacao, salario na conta, dinheiro guardado, etc...Vamos resumir: clonaram meu cartao. Levaram UMA GRANA da minha conta. Ainda bem que o banco pagou. Tive que ir láááá na minha agencia, pra sacar o dinheiro. Saco. Cartao, só 15 dias depois - eu indo lá buscar. Saco.

Resumindo: EU ODEIO BANCO. ODEIO COM TODAS AS MINHAS FORÇAS.

E depois perguntam porque raios eu sou tao irritadiço.

2 comentários:

OverPrint - Serviços Gráficos disse...

Olá!, Nossa, achei alguém tão zicado quanto eu!
banco é uma MERRRRDAAA com todas as letras maiúsculas!! O itaú e o HSBC são os piores,além das taxas absurdas, quando você contrái uma dívida te tratam como cachorros e não esclarecem suas dúvidas como se deve, fooooooooora o fato de acabar com sua vida financeira!

Tudo de bom,

Andréa de Mattos - São paulo-SP

Adriano disse...

me desculpa minha ignorância mas qto tempo leva pra caducar uma conta, e isso serve para financiamentomde veiculos tambem