segunda-feira, junho 06, 2005

O que é droga?

Ponderações sobre as reunioes de drogados, conhecidas como "bares"

Alguem pode tentar me explicar o que difere o alcool da maconha?

Ontem estava lendo o blog do viciado carioca. Depois de le-lo, peguei o carro e fui tomar um caldo la na skaldaria da praia de camburí, para desafogar a cuca de uns problemas que eu andei tendo. Nao vou nem citar a irritação de - DE NOVO - nao ter caldo de capeletti. Tudo bem, deixa esse mau humor para outro post, la fui eu pra skaldaria de coqueiral, perto da minha casa, que eu simplesmente ODEIO. Mas queria tomar um caldo.

Chegando lá, de longe ja nao gostei do ambiente. Tambem nao vou citar o tamanho (miudo) do lugar, e as absurdas cadeiras de ferro, ENORMES, que ficam enroscando umas nas outras e te impedem de passar por entre elas. Tambem nao vou citar o caldo de capeletti HORRIVEL que eu tomei. TAVA UMA MERDA. Foi o pior capeletti que eu tomei na minha vida. Hoje eu vou fazer é sozinho aqui em casa mesmo. Nem da ALTISSIMA musica ao vivo, que eu nao gosto.

Eu vou falar das pessoas que frequentavam o lugar.

Primeiro, parece que quem gosta de sair a noite sempre fuma. Sorte que o lugar era aberto, porque era um verdadeiro fumodromo. Todas as pessoas ao meu redor fumavam, mas nao é disso que eu vou falar.

Eu vou falar do nivel cultural e alcoolico das pessoas ao meu redor.

É interessante ver os grupos de pessoas que saem pra beber juntas num bar. Olha, eu nao bebo. Pelo menos nao como essas pessoas. Eventualmente eu bebo um vinho, um licor, algo assim. Nao vou dizer que nunca tomei um porre. Uma vez tomei uma garrafa de cachaça inteira pra ver qual era o resultado. Talvez por isso eu saiba que, quando alguem bebe, é pra ficar doidao.

Observando as pessoas ao redor, eu notei que todas elas dançavam, riam e conversavam, de uma maneira completamente demente, completamente fora de si. Uma pessoa em sua sã consciencia nao ia levantar o dedinho e ficar fazendo movimentos pra la e pra ca sentada em uma mesa de boteco, tem que estar MUITO DOIDA pra ficar fazendo isso.

Eu observava as pessoas, via como elas bebiam, e como elas estavam tontas. Um pessoal de uma mesa ao lado da minha, ficava gritando "SERA?! SERA?!" como naquele comercial estupido de tv, e dando berros, gritos, uivos, chegando a incomodar! Nao era uma ou outra vez, mas foi o tempo todo que estive lá

Outra era uma senhora negra, gorda, bem gorda. De saia curtissima e cigarro na boca, abaixou-se para dar uns tabefes e ajeitar a calça de uma criança (com o cigarro na boca e aquele bafao na cara da coitada da criança), fazendo com que as pessoas ao redor - em profundo desgosto - vissem até o seu utero. Nao, nao foi uma experiencia visualmente agradavel.

A realidade é uma só: Essas pessoas que vao para um bar, enchem a cara, aproveitam musica de pessima qualidade e depois voltam pra casa, nao passam de um grupo de drogados que, nao apenas se drogam em grupo, como tambem fazem uma arruaça danada e ainda por cima fazem besteira dirigindo ao voltar pra casa. Direção e alcool nao combinam, mas infelizmente é o que mais vemos por ai.

Imagine como seria conversar em grupo num lugar onde a musica passa dos 100db, tendo que aturar aquela mesmicie, cheiro de cigarro e caldo de capeletti de baixa qualidade? Sem estar com a "cabeça feita", definitivamente nao dá.

Ai eu pergunto: Porque proibir a maconha, se o tabaco e o alcool sao liberados? Nao que eu goste de um ou outro, mas porque nao entendo realmente o motivo do alcool ser liberado. Por mim, lei seca a partir de hoje.

Eu nao procuro motivos pra ficar irritado. É que a estupidez definitivamente me deixa irritado.

Nenhum comentário: