sábado, abril 30, 2005

Who watch the watchers?

Quem vigia os vigilantes?

É uma pergunta estranha, mas completamente pertinente.

A natureza mesquinha e larapia do ser humano, especialmente o Brasileiro, precisa encontrar meios de se defender de si proprio. Vejamos por exemplo os deputados, senadores e gente da estirpe do Sr. Severino Cavalcanti. Os caras tem o poder de controlar o país. Podem aumentar os salarios de quem quiser, quanto quiser. PRINCIPALMENTE OS PROPRIOS SALARIOS! É curioso que voce nao vê um policial militar tendo aumento retroativo a 3 meses atras. Voce nao ve um gari tendo 45% de aumento. Você não vê um serviçal da prefeitura ter carro e casa a disposição. Porem aqueles safados FDPs que sao eleitos com o NOSSO voto, pagos com o NOSSO dinheiro para cuidar do NOSSO pais, cuidam do mesmo como o seu curral particular, onde mandam e desmandam, fazem o que bem entendem e roubam como se fosse normal.

Alias, hoje eu estava conversando com um chapa la do MS sobre isso. Quando voce é uma pessoa correta e rouba, voce fica morrendo de medo de ser pego. Nao vou divagar sobre o motivo, mas sobre a consequencia. Se voce rouba de novo e nao é pego, voce perde um pouco do medo. Cada vez que voce rouba e ninguem da a minima, voce perde um pouco daquele "pavor". Chega a um ponto onde voce TA POUCO SE LIXANDO, porque ninguem vai fazer nada mesmo.

Este é o DEPLORAVEL estado que a nossa sociedade e o "estado de direito" chegaram - Rouba-se na nossa cara, ainda por cima com os larapios nos dando uma banana e dizendo "to roubando, vai fazer alguma coisa?".

É como por exemplo o tal do Sr. Severino Cavalcanti, que disse na TV: "Meus filhos tao todos empregados. Se os seus filhos nao estao empregados, é porque o senhor nao cuidou direito deles". VEM AQUI QUE EU TE METO A MAO NA CARA, SEU SAFADO! MEU PAI CUIDOU MUITO BEM DE MIM E SO NAO CUIDOU MELHOR PORQUE O BRASIL ESTA SENDO DIRIGIDO HA MUITO TEMPO POR UMA CORJA DA SUA LAIA, SEU SAFADO! Esse homem tem que ir pro PAREDAO! PENA DE MORTE NELES!!! Rezo para que um dia apareça um "vigilante" que comece a pegar esse pessoal culpado e ELIMINAR. Cortar o mal pela raiz. E pendurar a cabeça dele em praça publica, com um bilhete embaixo "Eu sou o olho que tudo vê. O proximo, pode ser você".

Falta justiça, moral, cultura, vergonha na cara e vontade de mudar, nesse pais maravilhoso que está nas maos de uma corja de ladroes.

E depois perguntam, por que raios eu ando sempre nervoso.

quarta-feira, abril 27, 2005

Gravida de um jumento? Nao, gravida de vento!

Ah é? Daniela Cicarelli gravida?

Tem que ser muito otario pra acreditar nessa historia. Primeiro, todo um segredo em torno de uma coisa absolutamente comum. Depois, do nada, a mulher vai e perde o filho, e tome noticias pra la e pra cá na midia. Pra mim, isso é coisa de quem quer aparecer. Me explica: Como raios a tal Sra. Nazario ia "deixar vazar" que estava gravida??? Vamos lá, ela foi a um hospital, com nome falso (epa! peralá! Isso é 171!!! ISSO É CRIME PREVISTO NO CODIGO PENAL!!! Se fosse comigo, EU teria sido preso. Como ela é "vip", entao nem se importam), fez um exame, "chegou a publico", todos os jornais anunciaram.

DEIXEM DE SER ESTUPIDOS!

Essa mulher é uma tremenda alpinista social. Pegou o galo das bolas de ouro e agora quer permanecer nos holofotes. Ainda bem que o povo brasileiro nao tem memoria, porque rapidinho esquecem essa kenga aí.

Ah, Mrs. Condolezza, take that :oD

Matematica...

28 de julho de 2004, 10:27AM

Uma pequena pausa no trabalho, pra o blogging do dia.

Meu peito doi. Tenho andado estranho. A cirurgia ainda vai demorar, queria operar AGORA. Que saco.

Carro no mecanico. Enrolou o troço todo. Esqueci o celular em casa. Dormi no onibus vindo pro trabalho. Cheguei atrasado.

E me sinto mal...queria voltar pra cama. Nao tinha outra hora pra ficar doente?

Hoje pela manha, estava ao trono lendo uma wired de 1900 e bolinha, quando me deparei com um artigo de Nicholas Negroponte (é um cara famoso, professor do MIT, boa cabeça!) acerca da computação emocional, e todo um questionamento sobre o envolvimento emotivo entre instrutor e instruido, comunicador e comunicado, e o quanto isso regride ou progride o ensino. Lembrou-me do saudoso Prof. Nicodemos, que depois ficou conhecido pela popular alcunha de "zezinho". Era o cara mais zé-buceta da escola. Sabe aquele tipo de professor carrasco, que todos os alunos ODEIAM? Pois é, minha setima serie foi "presenteada" com esse mané. O cara era um porre. Simplesmente insuportavel.

Ano seguinte, 8a serie, tudo mudou.

O cara virou um doce de pessoa, brincava com a turma, tacava giz na cabeça dos outros, se tacassem na cabeça dele ele levava na esportiva, contava piada, enfim, tornou-se um amigo da turma. Mudou do feu pro vinho.

Nunca uma turma dele teve um desempenho tao brilhante em matematica.

Lembro-me que quando ele lecionava progressao geometrica, eu cheguei a formular a "formula" de PG antes dele, no quadro. De tao interessado que eu estava.

Cito Pierre Lavelle, engenheiro da Embratel (voces sabem como as baratas se comunicam? Nao? Embaratel!) em um artigo (super polemico sobre protecao de software) para a revista micro sistemas: "...E se existe alguma moral nesta historia, deve ser esta: Estao malhando o ferro, com o malho errado..."

Ah, programar é pra quem tem culhoes. Prefiro o design de hardware...

O bebado e a feminista

03 de agosto de 2004, 22:37

A fabula da feminista e do homem apaixonado.

Era uma vez um homem apaixonado, e uma mulher profundamente feminista. O homem se apaixonou por essa mulher, e a mulher tratou de mostrar seu jogo: "gosto disso, nao gosto daquilo, tenho essas manias, voce vai ter que me aceitar do jeito que sou". E ela mandava. E ela ditava as regras, e ela era a dona da situação.

Um belo dia, o homem chegou e disse "fique com suas regras, voce nao vale isso tudo".

A feminista terminou sozinha.

As vezes as pessoas sugam tanto ar ao seu redor, que deixam as pessoas sufocadas. Repentinamente, falta ar pra ela tambem.

Infelizmente presenciamos uma completa inversao de valores. As mulheres lutaram tanto pelo seu justo lugar de igualdade dos homens, que descobriram que podiam ser superiores. E com essa "superioridade", acabou o amor, o compromisso, o casamento e a vida a dois em longo prazo. Agora a mulher "pega", a mulher "traça", a mulher "come".

No animatrix, o resultado foi a quase extinção da raça humana, como a conhecemos.

Na vida real, eu realmente espero estar enganado sobre os meus "palpites" do que está por vir.

Nao, nao é um problema comigo. Mas hoje mais uma vez eu observei isso, e fiquei realmente preocupado. O futuro é incerto. Para a humanidade. Que nao sabe o significado da palavra EQUILIBRIO.

Ah, motor sob pressao, rende mais. Porem uma hora quebra. E nunca é "um defeitinho". O aviso está dado.

Dogao é mau? Dogao é meu blau!

Uau, um longo tempo sem escrever nada, né? Estava em BH, e la eu nao tive acesso a internet.

Voces ja viram que bacana aquela musica "Dogao é mau"?

Po, o clipe é o maior barato, eu vi la em BH, é um desenho animado, com gatas e cachorros como mulheres e homens. Bem feito o negocio.

Ai eu fui em www.dogaoemau.com.br e tava vendo o "perfil" dos "personagens":

Dogao: Odeia trabalho e estudo. Nao se vende barato. Pega todas, embora namore com a "nega ganja" (ah, ganja é maconha, ok?)

Nega Ganja: Adora quando a chamam de cachorra safada

Mano Cabuloso: É quem livra o dogao dos pepinos. Sujou, ele chama o Mano Cabuloso pra limpar a barra, e sai correndo.

Se voce ver o clipe, vai ver que o tal do dogao é o maior playboy maldito, que se mija de ter problemas e só se garante nos amigos. Fora o fato que fuma e bebe.

Isso é o que a criançada vai ver, curtir e querer ser igual?

Depois voces nao reclamem que seus filhos viraram marginais.

Letrinha pra voces se divertirem:

Dogão chegou entrou em cena sem ter problema
As "cachorra" conhecem meu esquema
Elas gostam quando eu falo assim quando eu trato assim
Por isso elas querem dar pra mim
Meu estilo é de cachorro louco
Minha coleira é um cordão de ouro
Eu curto a vida e o que tem de bom
Passando devagar com a Harley Davidson
Tem uns mano que só paga pau
Mas não tem nada igual porque Dogão é mau
Na quebrada pá de vira-lata
Pra sair comigo sai até no tapa
Bem me quer, mal me quer, o Dogão te quer
Vem sobe e vamos fazer o que o Dogão quiser
Vou pra cima direto no pescoço
Sente o clima, prego até o osso

Dogão é mau
Dogão é mau, au, au

Eu tô na boa mansinho na balada
Eu sou do tipo que morde não ladra
A Nega Ganja também tá na parada
Se tem gambé aqui não pega nada
Ganhando grana só rodando bolsa
Cadela solta usando pouca roupa
Dançando perto pra me provocar
Se tiver pedigree vamos ter que cruzar
Mó roubada tava acompanhada
Juntaram cinco pra me dar porrada
Paro e penso no que vou fazer
Mano Cabuloso aí cadê você?

T'to aqui t't'truta, qualé?
Tu s'se fudeu?

Chamaram ela de cadela e acham que fui eu
Segura a onda e pede a conta enquanto eu corro
Pra que ficar e apanhar que nem cachorro

Dogão é mau
Dogão é mau, au, au

Tô chegando, chegando cheguei
Tô chegando, chegando cheguei


S's's's'sozinho na parada q'q'quase que eu entrei bem
Maior roubada do meu lado não tinha ninguém
Cadê a Nega? O Dogão? Ninguém vem
S'sou o Cabuloso, não s'sou o Superman

Eu to falando é assim o dia inteiro
Nega Ganja passa o "ligeiro"
E vem correndo pra cima do Dogão
Quem tiver no cio aí levanta a mão
Eu to ligado deve tá na mente
Vai mexendo o rabo e diz que tá contente
Dog do norte dog lá do sul
Aqui não entra poodle metido a pit Bull
Mano Cabuloso vamo!

Q'que t't'tá, tá pegando mano?

Nada eu tô caindo fora é o fim
Com essa cachorrada latindo atrás de mim

Dogão é mau
Dogão é mau, au, au

Outro post antigo de quando eu trabalhava em empresa

1 de outubro de 2004, viva a sexta feira!

Tem umas coisas que eu nao entendo. Pensa só:

  • Porque oficina de automoveis - Principalmente a HCaldas que é uma das melhores de injeção do sudeste, so ficam abertas no horario que eu to trabalhando?
  • Porque correio so fica aberto até as 5 da tarde, se muitas vezes nao dá pra postar uma coisa ou pegar uma encomenda na hora do almoço?
  • Porque correio nao disponibiliza uma opção "pague x reais para o motoboy entregar uma encomenda comum em sua casa, ao inves de voce ter que despencar até a agencia do correio?"
  • Porque a telemar só faz instalação em horario comercial, quando as pessoas estao no escritorio trabalhando?
  • Porque a Escelsa nao parcela mais os debitos de conta de luz, mesmo mantendo a luz cortada enquanto se paga o debito?
  • Porque os juros do ABN-AMRO bank sao tao ESCORCHANTES (1 mes de atraso na prestação de 404 reais do meu carro = 100 reais de acrescimo!!!)
  • Porque as empresas de cobrança sao tao inflexiveis quanto a regras estabelecidas (o cara queria que eu pagasse no dia 28 a prestacao atrasada do meu carro, sob pena de mandar pro juridico. Ora, se TODOS recebem entre dia 30 e dia 5, como alguem vai pagar 500 contos de prestacao dia 28???)
  • Porque os patroes sao tao inflexiveis em certas questoes de horario, se eles sabem que certas coisas só se fazem em horario comercial?
  • Porque as pessoas nao entendem, que a diferença entre o faxineiro e o engenheiro, é meramente o que lhe foi ensinado durante 10 ou 20 anos?

Ok, hoje eu vou falar sobre um "bom-humor". Sim, vou fazer elogios a Aparecida.

As vezes a gente conhece pessoas tao fantasticas, que elas fazem diferença na nossa vida. Por isso hoje eu vou falar da Aparecida, que é a "faxineira" (cara, na boa, eu fico até com vergonha de chama-la de "faxineira") la do trabalho.

Ela é uma mulata, de seus 35-40 anos, cabelo bom-bril, mas que pra começar, tem uma aparencia muito boa, e um sorriso maravilhoso. E é de UMA EDUCACAO PRIMOROSA. Ela é tao educada, mas tao educada, que as vezes eu fico envergonhado de estar ocupado com uma tarefa, estar com a cabeça em um programa, e ela chegar ou sair do trabalho, me dar bom-dia-boa-tarde-boa-noite e eu nao escutar, por estar tao concentrado no trabalho. E ela tem o discernimento de perceber, e deixar pra lá, no dia seguinte ela fala "ontem te cumprimentei mas voce estava tao compenetrado no seu trabalho, que voce nem viu. Nao se preocupe, eu entendo!"

E a apresentação? Ela chega IMPECAVELMENTE ARRUMADA no trabalho. Mas impecavelmente arrumada, significa ARRUMADA PRA IR PRO ROCK! Ela chega super bem vestida, roupa elegante, sapato bonito, toda maquiada. Tem o trabalho de dar bom dia para cada uma das 10 pessoas que trabalham na empresa (é uma empresinha miuda onde eu trabalho), faz o café, faz pao com manteiga pra todos e começa seu trabalho de limpeza.

O trabalho de limpeza, é feito com ela IMPECAVELMENTE ARRUMADA. Se chegar um cliente, e ela atender - e ja aconteceu varias vezes - perguntam se ela é a secretaria, a diretora, ou algo assim da empresa. Ela anda mais bem vestida que todo mundo da empresa juntos.

Ela nao fica lá o dia inteiro. Ela limpa tambem o AP do patrao (que mora a uns 200 metros de onde é a empresa) e deve ter um ou outro serviço por ai. Mas todo dia ela esta lá, impecavelmente arrumada, sempre muito bonita e simpatica.

É uma pessoa de uma simpatia, de uma educação, de um alto astral, nao apenas impressionante, mas tambem contagiante.

Sexta, eu parei o trabalho dela enquanto ela estava passando pela minha mesa (fazendo a limpeza) e eu fiz esses elogios que estou fazendo aqui, diretamente a ela.

Ai vem a pergunta que nao quer calar, e que é onde eu queria chegar desde o inicio do post: "PORQUE TODAS AS FAXINEIRAS, DIARISTAS E EMPREGADAS NAO SAO ASSIM??????"

  • O serviço é o mesmo
  • O salario é o mesmo (a Aparecida ganha mixaria, sei la, 400, 600 reais)
  • Os problemas, acredito eu, sao os mesmos (ela é casada, tem filhos, problemas em casa como todo mundo)
  • O esforço, a dificuldade do serviço (que nao é pouca) é a mesma

Onde está a diferença?

Cultura...

Outro post antigo do blog antigo

2 de outubro de 2004, la pras 10 da manha

Sabado é o "dia do passeio". Normalmente eu e Nailson pegamos o carro - ora o meu, ora o dele - e vamos as lojas de eletronica comprar peças para as montagens do final de semana. Pra quem nao conhece o Nailson, ele é um grande amigo que tambem curte eletronica, mecatronica e etc. O trabalho dele nao tem nada a ver com isso. Por isso mesmo, nos finais de semana, a gente aproveita pra se divertir enquanto a esposa dele - que tambem trabalha - tira tambem um tempinho pras diversoes dela que durante a semana nao dá pra fazer (salao de beleza, essas coisas de mulher).

Pois bem, esse final de semana queriamos fazer uma fonte regulada, de 0 a 30 volts. Precisamos de uma dessas ha um tempao, agora mais ainda por causa de um projeto que estamos desenvolvendo em conjunto. E la fomos nós, comprar pecinhas.

Primeiro mau-humor do dia: Um misero capacitor de 2200µF x 6,3 volts, "apenas" TRES REAIS!!! Po, nao tem 50 centavos de material e mao de obra ali, no ES tudo de eletronica é caro assim mesmo. Fora o vendedor da loja que nao sabia o que era um MAX232, mas sabia o que era um HIN232 (que é outro fabricante, que normalmente ninguem conhece). Tudo bem, o vendedor da loja de eletronica normalmente nao saca ou nao "vive" eletronica. Basico.

Segundo mau-humor do dia: Peguei meu cartao do banco (nao tenho cartao de credito) e fui pagar os dez capacitores (30 mangos!!!) que comprei. CARTAO RECUSADO, acusava a maquininha. Sorte que tinha o Nailson ao lado, me emprestou uma grana e eu paguei.

Terceiro mau-humor do dia: "Vou atravessar a rua e sacar o dinheiro no caixa eletronico", pensei eu. Afinal, eu nao gosto de deixar dinheiro em banco mesmo. Essa historia de "CPMF EVENTUAL" do extrato da caixa economica federal me cheira a sacanagem. Se nao é, fazem um esforço danado pra parecer, porque tudo que é feito sem explicação, parece contravenção. E la fui eu pra caixa.

Quarto mau-humor do dia: Bancos em greve, só alguns caixas eletronicos estavam funcionando. Tudo bem, tinha la uns 5 ou 6 caixas, e uma fila com umas 8 ou 10 pessoas. Fila unica, é OBVIO. La vou eu pro final da fila e fico esperando minha vez. Nisso, um monte de gente ta passando a minha frente e indo direto aos caixas quando eles ficavam livres. E o pessoal da fila nao se manifestava. Ate que uma hora, uma senhora de uns 40-50 anos foi a um caixa, e eu comentei com o Nailson algo como "bem, ja que está parecendo bagunça, e ninguem respeita a ordem da fila, eu vou fazer o mesmo porque estou com pressa" e esperei a senhora sair do caixa, pra logo em seguida fazer o meu saque. Resultado: A mulher subiu nos tamancos, e começou a brigar com o Nailson (que nao tinha absolutamente nada a ver com a historia) por causa da MINHA fala de que estava virando bagunça, e a mulher se achou no direito de entrar na frente de todo mundo, e ainda achou que estava certa. O Nailson, que é um cara mais calmo que um celular sem bateria, quase que sai no tapa com a tal distinta senhora. Tudo isso porque ele foi discutir com uma porta. Aprendam uma coisa, crianças: Se uma pessoa nao tem educação pra saber que existe uma fila, ela nao vai ter educação pra divagar com voce acerca do fato que ela furou a fila. E sorte dela que nao arrumou confusao comigo, porque eu certamente, apos o quinto mau-humor do dia, teria sido um pouco menos educado do que de costume com ela. Ai chegamos ao...

Quinto mau-humor do dia: Pra quem nao sabe, os bancos estao em greve. Eu nao vejo TV, mas to sabendo que esse troço é no Brasil todo. Eu nao tenho nada a ver com os bancos (que me cobram taxas escorchantes), nem com seus empregados (que muitas vezes tem uma má vontade danada de me atender, só porque minha conta movimenta mixaria por mes). Agora, o problema DELES afetar A MIM nao dá MESMO. Coloco o meu cartao na maquininha, e ela diz "Cartao vencido, procure sua agencia". Ora, meu cartao de banco venceu em 09/04!!! Mas como pegar outro cartao NO BANCO se os bancos estao EM GREVE? Pior ainda: Alem do mico que eu paguei na loja, de ter meu cartao recusado, como eu vou fazer pra pegar meu salario? Pagar minhas contas??? Vao cortar meu celular e isso nao vai ter graça!!! Nao apenas nao posso sacar meu dinheiro (em um caixa eletronico) como nao posso sacar na minha agencia (porque está em greve) como nao posso transferir o dinheiro pra conta de outra pessoa, porque nao tenho "senha eletronica" pro acesso via internet. Que alias, tava sem internet até ontem. O QUE EU FAÇO??? O pior é que eu vendi algumas coisas minhas, e tenho que enviar por correio ou por via rodoviaria pra outros estados. Com que dinheiro eu vou enviar? La vou eu pedir dinheiro emprestado de novo...

Sexto mau-humor do dia: Eu e o Nailson queimamos uns 3 integrados LM317. Tudo bem, custa 2 mangos cada um. Mas foi um dia inteiro pra fazer uma fontezinha de nada. Ô saco. Pelo menos no QUARTO LM317 funcionou. Ebaaaaaaaaaa! :oD

Desabafo eleitoral (é velho, mas ta valendo)

3 de outubro de 2004, dia das "eleições" aqui no ES

Eu começo este post com um pensamento de um grande pensador, que eu nao faço a minima ideia de quem seja. Se foi Aristoteles, Platao, Sofoceles ou o Seu Jorge, eu nao sei. Mas eu li isso em um TVKX (historias que tinha na revista "Antenna - Eletronica popular") de 1900 e bolinha, um dos personagens citando esta fala. E se aplica muito bem ao dia de hoje.

"Cada vez que vou aos homens, volto menos homem."

Nao, nao troquei de sexo, mas fui justificar meu voto.

A zona (!) eleitoral fica a uns 500 metros da minha casa. Sendo carioca, até hoje nao mudei minha "residencia eleitoral" pro ES, até porque me é bastante comodo nao ter que votar em nenhum dos candidatos. O primeiro erro, que me causa um profundo mau humor: Sou obrigado a escolher, dentre um grupo, qual vai ser "o homem". Tudo bem, eu posso fazer parte desse grupo, mas nao me agrada ser OBRIGADO a ir a uma zona (!) eleitoral, para apertar o botaozinho "anula". E olha que pra votar no Lula, eu viajei até o Rio de Janeiro só pra poder votar no homem que eu sonhava que um dia poderia ser presidente da nossa nação. Descobri que minha escolha nao foi das mais certas. Mas poderia ter sido pior. "Dever civico" é meus transistores.

No caminho, uma rua IMUNDA, abarrotada de papel. Papel de boa qualidade, alguns papel couche (aquele da folha das revistas mais caras, tipo veja...isto é...epoca, etc) outros papel comum, mas impresso com altissima qualidade, em 4 cores, alguns com verniz UV. Resumindo: UMA FORTUNA jogada na rua. Lixo. Vai ser reciclado em papel higienico da pior qualidade. Aquele que quando voce olha, tem letrinhas. Bem que podia ter a cara dos candidatos hehehe

Centenas, milhares de pessoas com camisas "do candidato". Algumas com aquelas camisetas de papel. Outras, hering da melhor qualidade. Camisas que vao durar anos de uso esporadico, ou até mesmo diario.

Chegando na zona (!) eleitoral, aquela bagunça toda, gente que visivelmente ja tinha tomado uns goles (ei, cade a lei seca???) e entro na seção de votação. Vejo mesarios, fiscais, aquela turma que fica lá...Que foi "convocada" em nome da nação, a trabalhar em um emprego chaterrimo num DOMINGO, que nao vai ganhar um misero tostao pra ficar lá e, se há alguma compensação - se é que voce pode chamar assim - por esse esforço, vai ser um, dois ou quatro dias de folga. Note: DIAS DE FOLGA. Ou seja, imaginem quantos presidentes de seção, mesarios, fiscais, etc...vao DEIXAR DE TRABALHAR (= deixar de produzir) por causa dessa bagunça eleitoral.

Tudo bem, escolhi a zona (!) mais vazia, informei-me como eu poderia "justificar" meu voto e rapidinho preenchi o papelzinho, a moça digitou o numero do meu titulo na maquininha e o processo estava terminado - trouxe o comprovante e cumpri minha "obrigação civica" de nao escolher nenhum dos caras que estao ai, pra ganhar uma fortuna e nao fazer nada pelo povo.

Ai me veio um pensamento a cabeça:

Tem um tal de "Camilo" que pintou o bairro todo com o nome dele, fez comicios com o "trio Só Xotao" (Se eu fosse musico desse trio, o que eu diria pra minha filha? "Filha, seu pai toca no So Xotao!"?!?!?!) e gastou uma verdadeira fortuna em tudo quanto é especie de propaganda eleitoral.

Se esse distinto senhor pegasse esse dinheiro todo e:

  • Ou reformasse o centro comunitario de guaranhuns, que ta caindo aos pedaços

  • Ou construisse uma escola "centro de aprendizado basico" pro pessoal da invasão

  • Ou reformasse nossas pracinhas, com brinquedos educativos

  • Ou criasse um restaurante popular, com o nome dele, com comida a 1 real pra galera la de dentro da invasao

Será que nao seria muito mais bonito do que pintar o bairro todo com o maldito nome e a cara feia dele?

Ah, obvio, os estabelecimentos comerciais estao abertos, vendendo cerveja e cachaça a vontade. Com policiais na porta.

Como posso terminar esse post? Nao sei. Só sei que fui ao meio dos homens, e voltei menos homem. E nao é no sentido homossexual da coisa que estou falando.

Essa foi em outubro de 2004, mas ainda ta valendo.

Porque eu odeio banco?

Hoje pela manha, esperei dar 10:10 para ligar pra caixa economica federal, o banco onde
eu tenho conta. Ninguem atendia. Tudo bem, o banco ta em greve. Mas essa greve é o que?
É greve de tudo, ou greve de quase tudo? Porque o meu celular, ta cortado. A prestacao
do meu carro, ta correndo juros. O aluguel da casa vence hoje, e a dona da casa nao tem
culpa dos bancarios terem ou nao terem tido aumento, até porque a coitada é professora
e nao tem nada a ver com banco. As pessoas que me emprestaram dinheiro pra pagar a conta
de luz atrasada (que a escelsa nao podia cortar, porque os bancos estao em greve e
nao tinha como ir ao banco tirar dinheiro pra pagar) ja estao me olhando de cara feia
porque eu nao tenho como pagar o que pedi emprestado. E isso tudo, com uma soma razoavel
de dinheiro na minha conta. Que dava pra pagar tudo isso, e ainda sobrar dinheiro pra
talvez uma pizza. Media.

Entao, me enchi de razao, e liguei pro Disk-Caixa.

- Fulana de Tal, bom dia.
- Bom dia senhorita, sou correntista da caixa, e compreendo que voces
estao em greve. Porem o meu cartao (de saque, nao tenho cartao de
credito) venceu durante a greve, e agora nao posso movimentar minha
conta. O que posso fazer?
- Por favor, o senhor entre em contato com o gerente da sua conta
- Ja tentei, o telefone chama, e nao atende
- Tem certeza?
- Sim, o telefone da agencia praia do canto nao é 3324-6488?
- Sim senhor
- Pois bem, o telefone nao atende. A agencia está fechada e eu
nao posso retirar outro cartao. O que pode ser feito
- Nada, senhor
- (munido da minha educação de lord ingles) COMO ASSIM NADA?
- Senhor, se a agencia está fechada, nao pode ser feito nada
- O meu cartao nao pode ser validado até o final da greve?
- Nao senhor
- Nao há algum telefone que eu possa falar, ou alguem com quem eu
possa falar, para resolver essa questao vergonhosa?
- Nao senhor
- Tudo bem senhorita, muito obrigado e um bom dia
- Disponha senhor, o disk caixa agradece...blah blah blah

Ai eu pergunto a voces: O QUE EU FAÇO? Algum advogado entre os leitores (dois ou tres) do
meu blog?

Pelo menos o velox foi instalado hoje. Graças ao bom Deus. E ao meu "Pai Adotivo", que mesmo
quando eu pisei na bola, nunca deixou de estender a mao. Por isso eu o considero meu pai.

Duas horas sem velox durante o horario comercial. Que saco.

Perola de hoje: "Vai passar". Estava escrito na pedrinha. Eu ja contei a historia? Nao?
um dia conto...

Banho de cultura...

Eu costumo dizer a celebre frase "Quando vou aos homens, volto menos homem", face as estupidez (es? qual é o plural correto de estupidez?) que eu vejo por ai. Pois bem:

Me aparece Leo Caetano aqui, com o Augusto "Magrisan" debaixo do braço. Ha algum tempo atras, eu fiz uma modificação num sampler Akai S2000 do Leo, e ele queria que eu fizesse o mesmo pro Augusto. Ok, abri o sampler dele, dei uma olhada, me bateu um insight e veio a IDEIA. Uma modificação mais eficiente, para colocar 3 HDs SCSI dentro do sampler (onde nao cabia NENHUM). Legal, trabalho dificil, levou o dia inteiro, o Leo ainda quis que fizesse da mesma forma no sampler dele, e tudo bem. Dindin merecido, mais de 12 horas de trabalho.

No dia seguinte, o Augusto sisma que eu tenho que ir conhecer o pessoal dele, churrasquinho, etc. Encheu tanto o saco, que eu falei "tá, vamos". E la fui eu pra barra do jucu.

Po...

Cheguei numa casa enorme, onde tinha uma roda de samba. É de comum conhecimento dos meus amigos que eu nao suporto samba, pagode, axé, sertanejo, essas coisas. Nao me chamem de "americanista", mas eu curto qualidade musical. E francamente, isso que tem por ai que chamam de pagode, axé e sertanejo, nao me mostra qualidade musical. Nao me considero musico, mas toco teclado - por pior que seja. E aprecio musica de qualidade. Normalmente musica classica, ou rock progressivo. Mas nessa casa, eu encontrei pessoas tocando de uma forma que ha muito nao via.

Uma roda com um senhor, bem velhinho, tocando um banjo de 4 cordas com uma sonoridade fantastica, uma outra pessoa com um violao, e outros com chocalhos e instrumentos que nao me vem o nome a cabeça. Mas tocando chorinho, sambas e bossa-nova, com uma sonoridade ABSURDAMENTE agradavel aos meus criticos ouvidos. Eu estava meio sem-graça de ficar ali, Mas apreciei cada segundo daquela visita, e desejei que eu tivesse um gravador de DAT portatil, pra andar com ele no bolso e guardar aqueles momentos unicos, que espero um dia ver repetir. Uma experiencia unica, inusitada, inedita.

Depois vim a saber que o tal velhinho do banjo era alguem que ja puxava carnaval ha mais de 30 anos na barra do jucu. E que agora, que a maioria dos seus amigos ja passaram, ele costuma tocar com esse pessoal e todos gostam muito, tanto dele quanto da musica.

Pois bem, me chega o Augusto e fala "vamos la em casa, tenho que pegar um cubo"

Me despedi meio sem graça do povo, afinal como poderia eu interromper musica tao gostosa, meramente pra dizer "tchau, foi um prazer"?

Chegando na casa do Augusto - logo ao lado - vi a entrada do Atelier de seu pai - Kleber Gouveas (desculpem, ainda nao tem link, é realmente uma pena) e fui convidado a conhecer as obras de seu pai, artista plastico conhecido e comentado no estado (e que é obvio, completamente alheio ao meu conhecimento, afinal até aquele momento, arte e Espirito Santo pra mim eram antonimos)

Nao apenas conheci a obra de seu pai, como tambem conheci o proprio - pessoa de tamanha humildade, cultura e vivacidade - e até alguns desenhos e obras do famoso artista plastico Homero Massena, o qual o Kleber (nao, ele nao gostou de eu chama-lo de Sr.) teve a honra de conhecer e ser amigo.

Nao fumei maconha. Mas fui transportado a outro mundo.

Cada quadro que eu via, eu me espantava com a riqueza de detalhes, com o expressionismo, com a beleza, com a carga emocional, a "energia", um choque cultural e sentimental de milhares de culturo-volts que eu recebia a cada segundo.

Em um momento, deparei-me com uma tela de mais ou menos uns 2 metros de altura por 3 de largura (!), com uma paisagem.

Senhoras e senhores, minha vida nao seria mais a mesma depois dessa visita.

Eu observava o quadro, em um perfil "digital", em uma matriz de linhas e colunas de pontos, e observava os detalhes da trama da tela por baixo da tinta.

De repente, o (seu) Kleber chega ao meu lado e diz "Alexandre, faz uma "luneta" com a mao, que isole o quadro da parede, e observe os detalhes. Voce vai ver de uma forma "diferente"

Repentinamente, eu fui transportado a outro mundo - ao ambiente da tela.

Eu podia ver cada detalhe da casinha no alto do morro. Eu podia ver as plantas, as janelas, as ondas do mar, os frutos das arvores, coisas que eu jamais imaginei poder ser enxergadas em uma tela de "tao pouca resolucao"

A partir daquele momento, minha mente saiu do modo "digital", mapeado em linhas, colunas e pixels, para um modo "analogico", com nuances, tons e pinceladas

Quanto mais eu me aproximava do quadro, mais eu percebia as tonalidades, a influencia entre cada cor ao se misturar. A influencia de uma pincelada de tinta por cima da outra. A mistura harmoniosa de dois oxidos, gerando um terceiro. A textura da tinta contra a trama da tela. Um mundo o qual eu nunca havia me dado a oportunidade de visitar.

Confesso - fiquei meio zonzo.

Face ao meu espanto, e ao meu prazer de observar os detalhes daquela obra prima (infelizmente muito fora do alcance do meu humilde bolso), eu fui convidado a "sala didatica"

A tal sala didatica, tem tres quadros. Repito aqui a explicação do Kleber, em minhas proprias palavras, embora posso jurar que gravei - eternamente - aqueles minutos de conversa.

"aqui trago as pessoas como voce, que nao tem experiencia com a arte, para demonstrar como um artista plastico se apresenta a uma tela branca.

- Nesta tela, voce faz um "buraco na parede" (uma paisagem belissima, bucolica, natural). O quadro é uma representacao artistica - porem fiel - de uma paisagem, uma vista, como se fosse uma fotografia. Uma janela na parede, te permitindo ver uma paisagem.

- Nesta tela, voce conta uma historia - "Davi e Golias no país dos ursos" (uma tela com varios ursos em varias posicoes, combinações, contorções, servindo de fundo para a batalha de Davi e Golias). É impressionismo, é uma historia contada, pendurada na parede

- Nesta tela, voce expressa seu sentimento - a mistura de cores e formas (uma tela com uns desenhos assim, meio doidos, mas com uma aparencia muito agradavel) gera um medalhao, uma condecoração, com a qual voce - honrosamente - "condecora" a parede. O quadro nao significa nada, alem do sentimento do artista e a tentativa de exprimir uma beleza talvez compreensivel apenas pro artista, ou para aqueles sensiveis o suficiente para enxergar o que há por tras dessas formas geometricas, assim como voce percebe o sentimento de um fraseado de uma musica."

Senhores, o que tenho a dizer, é a mais pura verdade.

A unica coisa que pude dizer nesse momento de "banho cultural", onde eu me senti o mais rico de todos os homens foi o contrario da frase que sempre digo. Mas repito aqui cada palavra que disse.

"Senhor Kleber, é de meu costume dizer - face a irracionalidade das pessoas - que "quanto mais vou aos homens, volto menos homem", nao pelo homossexualismo da expressao, mas porque me sinto cada vez mais envergonhado da falta de equilibrio, razao e logica do ser humano. Mas nesse momento eu vou expressar algo que - embora sempre desejei - nunca encontrei uma forma ou uma oportunidade para expressar:

Pela primeira vez vim aos homens, e voltei muito mais homem

Sinto-me honrado e agradecido pelas suas explicações. O Sr. abriu um novo mundo pra mim. Estou ao mesmo tempo orgulhoso de ter aceitado essa visita, agradecido pela vossa atenção, feliz por enxergar um novo mundo a minha frente, e profundamente triste por ver que vivo dentro de uma redoma de vidro, a qual acabou de ser quebrada. Devo-lhe tudo isso, e ser-lhe-ei eternamente grato."

Depois disso ele me mostrou outras obras dele e, nao vou dizer que tornamo-nos amigos, mas é mais uma pessoa pela qual tenho profundo respeito e admiração, e tenho a honra de nao apenas ser bem recebido em sua casa todas as vezes que la vou, como tambem de ter toda a sua atenção e sempre um bom papo, culturalmente rico, e profundamente interessante. A ultima vez ele me mostrou o lago que tem dentro de sua propriedade, e da preocupação em aerar o lago, etc. Falamos sobre musica, sobre arte, e sempre que vou lá, volto culturalmente mais rico.

Ja passou da hora de sair dessa maldita redoma de vidro...

Se ele me permitir, depois posto fotos dos quadros. Ja passou da hora de ele ter o seu proprio site.

PS: O Augusto é tecladista do Casaca. Ja ouviram Casaca? Nao? Cacem o primeiro disco por ai, ja que a Sony Music que é "proprietaria" dos fonogramas nao quer vender o disco que todo mundo aqui do ES e de muitos estados do Brasil procuram, e ouçam com atenção. Quando eu trabalhava na Rick Game, e o Daniel (saudades de tu, mano! Boa sorte ai no novo emprego e felicidade pra voce e sua esposa! Tomara que voce consiga logo comprar o Corsa Sedan!!!) colocou esse disco - entre os muitos de reggae e outras chatices que ele ouvia - eu IMEDIATAMENTE gostei. Achei uma musica "visceral" - nao apenas com qualidade musical, mas com um toque sentimental muito forte. Sabe aquela coisa que vem de "dentro" de voce? O nome do ritimo é "Congo", é algo daqui do ES, e culturalmente muito rico tambem. Alias, acho que eu maldigo o ES porque so conheço a playboyzada da praia do canto e da praia da costa. Aceito recomendações e convites para conhecer a cultura do estado, que começo a perceber, é tao rico em cultura, e eu conheço tao pouco, me sinto tao isolado...

Lembrando um post antigo do outro blog:

21 de Julho de 2004, 08:24PM

Resumo dos prejuizos do dia:

  • Fui ligar o carro pra sair, a bateria arriou.
  • Empurrei o carro pra fora da garagem, quase bateu a traseira no hidrante.
  • O carro nao pegou empurrando
  • Levei num "mexanico" pra dar "chupeta", estourou a correia do alternador/bomba d'agua
  • Com o carro hiper-aquecido, cheguei no mecanico (de verdade)
  • Prejuizo de R$ 40 numa correia, mao de obra e oleo (valeu Edinho, serviço 101%!)
  • Cheguei no trabalho 11:30
  • Esporro do patrao
  • Esporro do patrao
  • Esporro do patrao
  • Esporro do patrao
  • Almoço ruim
  • Esporro do patrao
  • Bug no BASCOM
  • Bug no BASCOM
  • Esporro do patrao
  • (repete umas 50 vezes "Esporro do patrao" pra nao consumir muito tempo)
  • Vou tirar o carro da garagem, porro na maldita coluna da maldita garagem nao-iluminada (e meu carro com maldito insul-film)
  • Chuva pra kct
  • Frio pra kct

Na boa?

Deve ter alguma coisa MUITO BOA para acontecer.

Porque o dia hoje...foi osso.

1 dia desses por mes, eu nao recomendo ao meu pior inimigo.

E O DIA AINDA NAO TERMINOU!!! Melhor eu ir pra cama! AGORA!

MAU-HUMOR DO DIA!

Capixaba é um bicho estranho.

Ali na entrada da segunda ponte, onde tem a bifurcação pra mesma e pra são Torquato, é incrivel como, quando o capixaba quer entrar a DIREITA (na bifurcação pra São Torquato), ele tem que vir na ESQUERDA e dar uma PUTA GUINADA pra direita, colocando em risco tres a quatro pistas em ALTA VELOCIDADE.

O interessante é que isso acontece TODO SANTO DIA, e ja houve motoristas que teimaram comigo que ISSO É O CERTO!

Pra nao dizer que é o local, ali depois da curva do Saldanha, que é onde eu trabalho, acontece a mesmissima coisa. As vezes eu fico ali sentado na hora do almoço, vendo os caras quase se matarem na bifurcação.

Capixaba é um bicho meia roda. Eu sou ruim de roda. Mas capixaba...

Portugueiz? KKisso?

Eu devo ser um velho mesmo...

Tudo bem, eu tenho 30 anos. Mas eu fico meio "irritado" quando eu vejo coisas como:

"Dia 27 acaba meu GOLD
acho que não vo renova
=X
só pra avisa, amanha tem limpa no MSN
vo deleta mesmo"

Traduzindo: "acho que nao vou renovar", "Só para avisar" "vou deletar mesmo"

Caramba, como a criançada esta escrevendo errado hoje em dia!!! Eu nao sei se é só capixaba nao, parece ser em todas as partes do Brasil!!! Eu acho incrivel como alguem pode escrever TAO ERRADO a ponto de escrever um texto faltando varias letras, e as proprias professoras escrevem do mesmo jeito! Estarei eu ficando um velho????

Ah, eu escrevo sem acentos mesmo. Falha do primario. Mas nao falo que é "pra mim fazer" nem que eu "vou bota combustivel no meu escorte".

terça-feira, abril 26, 2005

Os buracos de Vila Velha

Tudo bem (uma ova), toda cidade tem buracos, mas aqui exagera.

Pelos posts anteriores voces ja devem ter lido que eu tenho um carrao. Como todo carro esporte, tenho pneus relativamente baixos. Nada de 2-dedim-de-borracha igual a playboyzada, meu carro tem rodas de aluminio normais, aro 14, pneus 205-70. Massssssss os buracos de vila velha conseguriram TRUCIDAR minhas rodas dianteiras. Resultado: Uma fortuna pra desamassar e soldar roda. E cade que o estado/municipio paga??? Querem mais é que eu me dane.

E depois perguntam "Alexandre, voce é um cara tao legal...mas porque voce ta sempre irritado?"

Momento bom humor: Skaldaria de Camburí

Ah, que delicia os caldos da Skaldaria...

Pra quem nao mora no ES, a Skaldaria é uma especie de restaurante que fica na beira da praia, especializada em frutos do mar e deliciosos caldos, que vao de 7.50 a 9 reais. Pra quem passar pela praia de camburi, é ponto obrigatorio de parada. Realmente MUITO bom, a um preço justo.

Eu sou bastante conhecido lá. Tanto que quando chego, só levantam o dedo pedindo a minha confirmação pra "o de sempre" (caldo de capeletti). O atendimento é simplesmente FANTASTICO. E se alguma coisa ta ruim no seu caldo, ou voce encontra - po, acontece - algo que nao deveria no caldo, eles IMEDIATAMENTE trocam seu caldo. Uma vez minha namorada encontrou um pedacinho de plastico dentro do caldo (alguns caldos sao congelados em saquinhos, depois retirados dos saquinhos e aquecidos no microondas), o gerente ficou tao sem graça que ele queria até que nao pagassemos a conta.

POR OUTRO LADO, a Skaldaria de vila velha é simplesmente um saco. Começa que - TODO SANTO DIA - tem musica ao vivo em um volume onde nem na mesa, nem fora dela, podemos conversar. Isso é simplesmente IRRITANTE, uma vez que, quando voce sai pra jantar, voce normalmente vai com alguem e quer conversar.

Eu nao boto meus pés lá. Mas um dia Janaina tanto insistiu, que la fui eu com ela. Eu ja sabia que ia dar encrenca, mas...

"Boa noite garçom, tem capeletti?"
"Nao senhor, ta fazendo"
"quando fica pronto?"
"ih, vai demorar"
"..."
"(sorriso amarelo do garçom)"

Reclama lá de alguma coisa. Vai ganhar outro sorriso amarelo.

Levantamos e fomos embora, pra skaldaria de camburi. Isso foi no dia que bateram no meu carro. Praga da skaldaria de vila velha!!! :oþ

E depois perguntam "Alexandre, porque voce ta sempre irritado?"...

Presunto e apresuntado

Será que eu nao falo portugues?

Pois é, mais uma mania capixaba. Eu chego a uma padaria, quitanda ou coisa que o valha, e pergunto "tem presunto?". A mulher diz que tem. "meio quilo, por favor". Me vem ela com uma caixa escrito "apresuntado" e vai enchendo a balança.

"senhorita, isto é presunto?"
"Sim senhor"
"Mas ai ta escrito apresuntado!"
"Mas senhor, é a mesma coisa!"
"entao senhorita, queira por favor me explicar, porque o apresuntado nao se chama presunto, e custa 1/3 do preço"

E depois perguntam porque eu sou mal-humorado.

Ai vem as justificativas "mas senhor, o gosto é o mesmo" "mas senhor, é que ninguem pede presunto porque é mais caro" "mas senhor, todo mundo diz que é a mesma coisa"

Vale lembrar: O mesmo stress rola com o queijo prato e a mussarela.

Outra passagem: Fui pagar uma conta de luz no açougue da esquina (nao me perguntem o que a maldita escelsa ve em um açogue, para aceitar contas de luz). Enquanto o "tenico" tava se virando com o computador deles - graças a Deus, nao conserto mais computadores - fui a padaria comer um pao-com-algumacoisa.

Chegando lá, pedi mortadela. A moça tava fatiando uma peça de mortadela normal. Ai tinha tambem uma peça de mortadela defumada (que é MUITO mais gostosa que a mortadela normal). Pedi um pao com mortadela defumada. A mulher nao quis cortar, porque ia ter que abrir a peça, fatiar a mesma, e a mortadela defumada nao tinha muita saida.

Fui obrigado a levar meio quilo de mortadela defumada pra casa, pra poder convencer a dignissima a me vender o pao-com-mortadela-defumada.

Alias, voces nao acham simplesmente TERRIVEL nao poder comprar os produtos fatiados na hora? Se eu quero fatias finas ou grossas, O PROBLEMA É MEU! EU TO PAGANDO!!! Uma empresa está lá com seus empregados pra ME SERVIR e nao eu servir a eles. E tudo aqui no ES é fatiado dias atras.

O que eu vim fazer nesse lugar???

De que adianta dirigir direito?

Bem, eu assumo, sou rachador.

Nao, nao sou daqueles jovens irresponsaveis que chapam 240 em plena praia de camburí. Corro onde é seguro. Normalmente locais fechados, apropriados ao esporte de arrancada. Sou louco, mas nao sou irresponsavel. Até porque tenho um carro tao bonito (Escort XR3 Formula 1991, só foram fabricados 750 carros dessa serie Formula, e só há 374 carros iguais ao meu, por causa da cor vermelho munique, que é exclusiva do Formula) que nao vale a pena estragar. Por isso, dirijo com todo o cuidado. Tenho quase tanto ciume desse carro quanto da minha mulher.

Um dia, estou parado no sinal do Ibes. Me vem um uno atras de mim e enche minha traseira. Me joga na traseira de uma S10. Resultado: Dois farois de milha, caput, parachoque traseiro, lanternas traseiras e lanternagem. Isso foi em novembro.

Agora em março estou eu parado na skaldaria, com o carro devidamente estacionado. Tinha uma vaga na frente da minha, me entra um senhor com uma Kombi A TODA, e ranca meu parachoque dianteiro fora, alem de quebrar minha lanterna esquerda e dar um arranhaozinho de nada na lataria.

Deu pra perceber um leve halito de alcool. Nao a ponto de estar chapado, mas tomou umas duas cervas ali.

Ai eu pergunto: Eu respeito as regras de transito, eu ando com meu carro todo regular, cuido do meu carro como se fosse um filho. Nao corro na rua. Nao bebo pra nao dirigir bebado. Nao ando com meu carro sem condições de segurança. E batem DUAS VEZES no meu carro PARADO???

Alguma coisa ta errada, porque nao ta certa.

E depois me perguntam porque eu sou tao mal-humorado.

Colecionismo disso, é daquilo outro!!!

Olha, vou confessar, tenho paixao por tecnologia antiga (e aversao por acentos).

Uma das minhas joias raras é o Amiga 500, que faz com seus miseros 7 MHz, aquilo que um 386 de 40 MHz nao fazia. Exemplo de computador de verdade.

Outra é meu Atari 5200, uma obra prima do design, com uns joguinhos muito legais.

Pois é, colecionismo de videogames e computadores antigos virou onda. Agora todo mundo quer ter seu micro e videogame antigo. Como a demanda cresceu, assim cresceram os preços:

  • Atari 2600, baunilha, aquele comumzao, ta valendo 100 mangos
  • Atari 5200 vale uns 250 mangos
  • Atari 7800 vale - pasmem - mais de 500 mangos
  • Colecovision vale uns 200 paus
  • Intellivision, 150 ou 200, por ai
  • Telejogo, pasmem, 100 pilas.
  • TK85, meu primeiro micro, um lixinho de teclado chiclete, 16K de memoria (falei K e nao M), "apenas" 180 pesos brasileños
Vem cá, ces tao fumando cocaina ou cheirando maconha??? UM XBOX CUSTA 700 REAIS!!!

Arrependimento. Se matasse, ferrou! :oO

Olha gente, eu nao sou um homem politizado. Na realidade, ODEIO politica. Tenho varios politicos na familia e ja tive oportunidade de virar "marajá". Mas como sou homem justo eu nao entro nessa. Pra mim, nepotismo é cachorrada. E nao curto discutir politica, até porque é bastante raro encontrar um cachorro safado que trabalhe "la em cima" que trabalhe em prol do povo. O Sr. Severino Cavalcanti na minha humilde opiniao merecia paredon. E mais uns 200 ou 300 picaretas com o erroneo titulo de "doutor" ja que a maioria deles nao tem doutorado.

Entretanto, uma coisa eu sonhei desde pequeno - Ver o Lula no poder. Eu achei que ele vindo "do nada", certamente ele saberia o que fazer. Daria prioridade aos pobres, sem se esquecer dos ricos (é demagogia falar "tudo aos pobres, nada aos ricos" porque sao os ricos que contratam e pagam mensalmente os pobres. Cada empresa que fecha, seja lá por que for, é uma batelada de desempregados que vao pra rua para ter sub-empregos, enveredar pelo crime e viver a margem da sociedade). Mas o que aconteceu?

Fui ao rio de janeiro votar no cara. É serio! Eu sou do RJ, mas moro no ES. Entao eu peguei o buzao, fui pro RJ e **votei no cara**. Eu cumpri a minha opcao politica, apostei pagando um preço razoavelmente caro em um sonho. Eu fui pra **votar no lula**. Tanto que nao votei mais em ninguem, apenas votei pra presidente. E eu escolhi o Lula.

Arrependimento? Se matasse, eu tava ferrado. O presidente nao é um Lula, é um NULO. Infelizmente suas atitudes sao sofriveis. Quer mudar o Brasil, seu idiota? Entao dê ao povo aquilo que voce nao teve quando jovem: SAUDE, EDUCAÇÃO e EMPREGO. Nao adianta dar o peixe, tem que dar condições do cara pescar. Ou tu acha que adianta de alguma coisa um pai de familia receber um salario minimo por mes, pra uma familia de 15 filhos? Dá educação a eles, ensina a eles fazerem alguma coisa, dá o que voce chama de "cidadania" (a capacidade de se virar sozinho no meio de um povo) pra eles, pra tu ver se esse país nao vai pra frente!?!?!

Agora, uma coisa me disseram antes do Lula ser eleito, que eu tenho que dar alguma razao: De que adianta eleger um analfabeto para a presidencia? Ele nao sabe o que é pesquisa cientifica, nao sabe quais sao as necessidades da "elite pensante", nao sabe o quanto faz falta, para os tecnologos e tecnocratas, importar componentes eletronicos para pesquisa. Nao faz a minima ideia do que é a internet para o povo hoje em dia, portanto nao enfatizando investimento na mesma. O cara ja anda e fala, voces querem que ele pense???

Apesar que da ultima vez tivemos um Doutor Sociologo, e ele tambem fez a sua parcela de merda.

Resumindo: Será o problema do Brasil, o proprio Brasileiro??????????

Seu celular foi roubado? Processe o fabricante!!!

Porque celular é um item tao procurado pelos ladroes? Vejamos:

  • Meu telefone é um Nokia 9210 (excelente aparelho!!! Vide www.nokia.com.br) e usa uma bateria que custa quase 200 mangos que fica escondidinha la dentro do aparelho. Se um larapio tirar essa bateria e vender, ele pode vender como nova, que passa. As baterias de ion de litio dificilmente tem diminuição do tempo de standby com o uso continuo. Ela de repente despenca, e nao perde a capacidade aos poucos. O interessante, é que TODA bateria de ion de litio é microprocessada, ou seja, tem um microprocessador dentro dela (!!) que controla a carga/descarga da mesma. Como esse microprocessador se comunica com o processador do telefone, nao custava NADA implementar um recurso de segurança que fizesse aquela bateria funcionar apenas com aquele telefone com o qual ela foi casada nas primeiras 4 ou 5 cargas. Assim ela ainda poderia ser usada para testes (se ela perceber um telefone diferente a cada vez que é energizada, ela continua sendo "universal". Se for carregada 3 ou 4 vezes no mesmo aparelho, configura bateria propria do aparelho, entao ela fica travada a aquele aparelho e nao funcionaria em nenhum outro) e manter a segurança. Falta de vontade dos fabricantes.
  • As PEÇAS do telefone sao carissimas, e tambem nao sao casadas ao mesmo. Vai ver quanto custa um LCD do meu 9210...
  • O NUMERO DE SERIE ELETRONICO do telefone é facilimo de ser alterado. Desde os primordios da telefonia celular, o aparelho tem um numero chamado ESN (IMEI para os telefones GSM) que é o numero que identifica o aparelho perante a operadora. Quando o telefone faz uma chamada, ele manda a requisição de chamada pra celula, sempre acompanhado de seu ESN. Se o ESN nao bater com o numero (telefonico) do aparelho, babau. Ligação cortada. SO QUE o tal do ESN ficou tao facil de ser alterado, que pegar um telefone ultimo-tipo que foi achado na rua ou roubado, trocar (o pessoal fala "virar") o ESN dele pra o de um Nokia-pé-de-boi comprado por 1.99 e usar normalmente, virou **comum**. O mais engraçado é que nos telefones GSM, justamente pela facilidade de trocar o tal "chip", nem a verificação de IMEI é feita mais. E pensar que, nao apenas o telefone pode ser PERMANENTEMENTE BLOQUEADO por estar com um IMEI roubado, como tambem a operadora pode dizer ONDE O TELEFONE ESTÁ monitorando em qual celula ele está ativado e fazendo triangulação do sinal. Obvio que aqui no Brasil, ninguem faz isso. Tambem obvio dizer que toda essa confusao por troca de ESN poderia ser impedida pelos fabricantes do aparelho, se o processador fosse um die de silicio bondded na placa com trocentos quilos de epoxy por cima, e o ESN ficasse gravado DENTRO desse blob de epoxy. Mas cadê que alguem faz isso? Pelo contrario, é comum encontrar o ESN gravado em uma memoria serial 93LCxx ou 24LCxx EXTERNAMENTE ao processador
Pessoal, eu que sou mais burro, sei proteger meus projetos. E voces? Francamente heim...

O seguro é caro apenas porque todos deixam se-lo.

Depois me chamam de mal-humorado...

Hoje eu li no terra uma noticia sobre a diminuição (!!!) do preço do seguro para os automoveis "Saveiro" da volkswagen (epa, perai, volkswagen significa "carro do povo"...Acho que tem algo de errado ai!!!). Isso porque a fabrica grava agora o numero do chassí do carro em 8 partes distintas, para evitar o "mercado paralelo" de peças.

Aí voce ve só:

- Todo carro deveria **obrigatoriamente** ter o numero do chassí gravado nos vidros. Dá trabalho pra fabrica fazer? Ué, faz na concessionaria entao!!!
- Todo carro deveria **obrigatoriamente** ter alarme. Nao fica caro, principalmente se integrado a central de injeção. Ferrari se nao me engano, é assim. Fica barato de integrar a central de injeção e seria bem melhor do que as opcoes de mercado. Obvio, comunicação por RF ou infravermelho (como no Audi) com uma chave de 128 ou 256 bits de encriptação. Qualquer processadorzinho vagaba faz isso. Até um engenheiro da volkswagen sabe disso.
- Todo carro deveria ter o numero do motor gravado abaixo do numero do chassí, pra nao deixar duvidas. E se botar outro motor, nao deveria haver encheção de saco. A obrigação de conferir se a numeração do motor bate com a de algum carro roubado, é unica e exclusivamente da policia. Nao podemos ser culpados de um crime até que o mesmo seja provado. E o onus da prova é da parte acusadora, eu como suposto reu da ação nao sou culpado até que haja prova ou flagrante do delito. Entao ter motor de carro com numeração diferente do documento deveria ser PERMITIDO até que se provasse que ele é roubado.
- Pneus deveriam ter a placa do carro. Ou até mesmo o chassí. Assim ficaria facil de achar um pneu roubado. Rodas tambem.

Quer mais piada?
- O seguro mais barato que eu ja vi até hoje pro meu carro (Escort XR3 Formula 1991, completamente original e conservado) foi de R$ 1700 reais. Para um carro que custa R$ 8000. Melhor economizar essa grana ;oP Fora que a franquia era coisa de mil reais. E o premio por perda total ou roubo era de 7 mil reais. Pode?
- Um amigo tem um golf 2003 (nao turbo) e o seguro custa MAIS DE CINCO MIL REAIS. 1/6 do valor do carro. Pode?
- Os ladroes ODEIAM roubar carro com seguro. Porque eles sabem que a policia EFETIVAMENTE CORRE ATRAS, afinal as seguradoras pagam - por baixo dos panos - premios a quem resgata o carro, principalmente se resgata-lo em impecavel estado. Ja para o resto...

Tudo bem que nao foi Charles De Gaulle que disse isso. Mas definitivamente, este nao é um pais serio.

quarta-feira, abril 20, 2005

É nois na tal da fita. Embora DVD seja mais muderno.

Bem, aqui estou eu. Finalmente retornei a postagem do meu blog. Eu sei la o que voces acham do que eu escrevo. O que eu sei é que eu escrevo. Se ninguem lê, phodá-c. Mas eu escrevo de qualquer jeito.

Só que agora nao to afim de escrever. Até mais tarde!

Tabajara