segunda-feira, abril 10, 2006

Educação e falsidade

Eu acho que ja escrevi sobre isso aqui, mas se escrevi, façamos uma "releitura" :o)

Ontem a noite estava eu na pizzaria com o Seu Carlinhos, onde ele me comunicava novidades agradaveis sobre um prospecto novo livro escrito por ele, quando uma senhora me chega a mesa ao lado e diz

"pazdusinhô"

E começa a conversar com as pessoas, imediatamente emendada na expressao.

É comum entre os cristãos, o desejo que os seus proximos esteja com a paz do Senhor. Algo como "A paz do Senhor esteja convosco". Porem, a expressao em forma condensada, caiu no mesmo buraco onde fica alojado o "bom dia".

É preciso um profundo desejo de falar a verdade. O que antes era eu nao sei. Mas agora certamente é um motivo de educação chegar junto a outro cristao e desejar a "pazduSinhô", assim como é meramente educado voce entrar no elevador pela manha, encontrar pessoas e desejar um bom dia silencioso, de cabeça baixa, quase unissono. Nem bom dia se deseja. No maximo se fala "dia". E ja está cumprida a ardua tarefa diaria de "desejar" que o proximo tenha um bom dia.

Senhoras e senhores, senhoritas tambem: Nao cumprimentem pela educação. Cumprimentem pela sua vontade, pelo seu desejo de que o proximo tambem tenha um bom dia. Voce cristão, se quiser usar esse cumprimento, faça-o de forma formal porem de coração. Voce pode fazer o dia de alguem mais feliz com isso. Todo dia que pego o elevador no trabalho e tem alguem dentro, eu olho nos olhos delas e DESEJO a elas um BOM DIA. De coração. Que elas tenham um dia tao bom quanto aquele que quero pra mim.

Educação é bacana, mas cortesia é tudo!

Nenhum comentário: