quinta-feira, junho 22, 2006

Pra criticar, tem que fazer melhor!

Eu sempre encrenquei com aqueles que nao tentam "subir" na sua profissao.

É que nem "tecnico de computador". O cara monta um computador...monta dois...pronto, virou tecnico. Nao há formação "formal", é tudo na base do "eu sei". Ai o cara se acha o dono da cocada preta, começa a consertar uns micros mais complicados e se diz dono do mundo. Eu até compreendo que a turma que nao tem grana, tem que começar de algum lugar. Eu comecei assim: Comprei uma placa de teste de integrados (a IC-Test do Apple) e todo micro que eu consertava, na epoca do apple e TRS-80, eu tirava tudo quanto é integrado, testava um-por-um até achar o culpado. Nao sabia fazer, tinha que ir na força bruta.

Sempre é a mesma coisa.

Eu nao vou citar nomes, datas e locais. Mas basta dizer que ha 1 ano, uma ideia maldita vem me martelando a cabeça. A "cena" local dizendo que eu sou um merda, e eu quieto na minha porque nao tinha nada pra mostrar. Como a policia que chega na cena tomando de assalto, eu fiquei quieto na minha...trabalhando...estudando...observando...adquirindo conhecimento e experiencia. Enquanto todos seguiam suas receitas de bolo e fazendo mais do mesmo.

Ninguem melhora, ninguem cresce, ninguem coloca a cabeça acima da multidao.

Nessa semana, conseguimos um marco. Nao é graaande coisa quando voce pensa a nivel nacional ou mundial. Mas falando de Espirito Santo, imediatamente nos tornamos os melhores. E poucas pessoas no Brasil fazem igual. É aquele detalhe que faz a diferença. Sem gambiarras. Redondo. Liso.

Isso os capixabas NAO sabem fazer. Ou tem uma turma que até sabe, gastando 1500 dolares. Eu fiz por "10 reau de peça da Eletrolandia", como eles costumam ridicularizar. Vao ter que engolir esta, em seco.

Parabens Fred, Ricardo, Tayo e Marcelo. Nós conseguimos. E muita coisa boa ainda há por vir. E muita gente vai passar raiva, porque ao inves de fazermos bolo com receita, nós criamos os nossos proprios ingredientes, e nossos bolos vao sair melhores que os de todos. O primeiro bolo ja passou por cima do "resto".

E quanto aos capixabas, "the truth is out there". Ela é preta e forte. Fear the technology. Fear the knowledge. Fear the reaper.

quarta-feira, junho 21, 2006

Atitude nao é substituto de competencia

Sim, ja disse isso aqui, "atitude nao é substituto de competencia".

Qual a graça de uma mulher feia, de oculos de armação grossa, vestida bregamente e com os cabelos "rebeldes", abraçada a um palhaço de violao gianinni na mao, com uma ponta de cigarro no canto da boca colada pela saliva face a superficie absorvente do mesmo???

É FEIA PRA CARALEO E NAO ADIANTA DIZER QUE TEM ATITUDE, PORQUE ATITUDE SE DEMONSTRA E NAO SE FOTOGRAFA.

Ditto.

terça-feira, junho 20, 2006

Que que eu fui fazer no medico?!? :oP

Sim, hoje eu fui ao medico. Ugh.

Tinha tanto problema, passei na mao de tanta gente (sem comentarios homossexuais, por favor) que eu to até meio tonto. Resultado:
  • Pressao, 15 x 12
  • Problema de ordem hormonal, endocrino ja marcado
  • Cardiologista da emergencia deu esporro, cacetada de exames marcados pra quarta
  • Neurologista disse "ou emagrece ou morre"

Hmm, acho que eu nao deveria ter ido a Unimed hoje.

Comentarios Tabajara® acerca da experiencia:

  • Tinha uma loira la na sala de espera que MEU DEUS DO CEU, que mulher era aquela!!! Na faixa dos seus 35 anos, de parar o transito da lindemberg, as duas maos! E nem aliança de casada tinha!!! Babei que nem criança, assumo ;o)
  • O tal "atendimento de 5 minutos da Unimed facil" de 5 minutos nao tem nada, fui jogado de um especialista pro outro, todas as consultas muito atenciosas, considerei-me extremamente bem tratado. Só hoje eu fui a clinico geral, homeopata, cardiologista, neurologista. Tudo isso sem filas nem atropelos. Unimed merece nota 10!!!
  • Tinha uma oftalmologista la no segundo andar da unimed facil que era tao bonita quanto besta. E olha que ela era MUITO bonita.
  • Vamos ver se dessa vez eu me trato :oP

domingo, junho 18, 2006

Momento de catarse coletiva

Deixando de lado o afrescamento fudebacio do Cesar Cardoso (oi tiú!) confessando que chorou, eu confesso que nao chorei, mas que compartilho do mesmo medo e da mesma preocupação do tio CC.

Bussunda se foi, era um cara com um jeito de criança babona, sabe aqueles debiloides que fumam maconha e ficam mais debiloides ainda? Pois é, era o bussunda pessoalmente. O cara era engracado, e nao se fazia de engraçado. Dai o sucesso. Nao precisava forçar pra puxar o riso, a cara de demente emaconhado dele ja era uma piada.

Eu conheço a trajetoria dos cassetas desde o numero 2 da Casseta Popular (a capa é hilaria - um cara fortao fazendo força pra mostrar os musculos e um vaso sanitario abaixo dele). Os caras eram o maior barato. Quando se juntaram com o Planeta Diario, caiu um pouco (mas nao tanto quanto o momento que entraram na globo. Que se dane, afinal.

O que importa é que o cara morreu igualzinho ao meu pai. Passou mal num dia, nao quis ser atendido, morreu no outro.

Amanha to indo pro medico. Acho que eu nao devo morrer com 49 anos como meu pai.

Lamento aí Bussa! Vai deixar saudades num monte de gente. Vá em paz.

sexta-feira, junho 16, 2006

Mais uma da Cicarelli

Deu na Isto É:

"Jamais posaria nua. Nunca
ninguém viu meus seios, nunca ninguém viu minha ‘perereca’. Sou supercatólica,
vou à missa todo domingo"

Daniella Cicarelli, modelo e
apresentadora

Entenderam agora porque o casamento dela e do Ronaldinho terminou tao rapido?!?

quinta-feira, junho 15, 2006

Barangas!

As mulheres menos belas, sao sempre as mais educadas, mais cultas, mais interessantes, mais femininas e mais companheiras.

quarta-feira, junho 14, 2006

O terra e os erros de portugues

Olha que gracinha :o)

Como fazer uma baranga ficar bonita

Namora com o tal do Ronaldo Nazario, e fique bonita!!! Depois que aquela BARANGA da Raica resolveu namorar com o Ronaldim, tudo quanto é lugar baba nela. Era "mais uma", agora é "a namorada do Ronaldinho". Uma expressao resume o que eu acho dela: BARANGA ESQUELETICA. Se apertar, quebra

Vai ser baranga assim bem longe de mim. Bem, o Ronaldo nao é muito bonito mesmo...

sábado, junho 10, 2006

And this is the end of the world as we know it (and I feel fine...)


MAMAE! EU QUERO UM DESSES!!! VOU SER O TABAJARA RIGAPOW!!! :oD

Guerra em Sao Paulo

ATENÇÃO: Este é um post polemico, se voce se magoa facilmente, se voce é parente de alguma das vitimas de Sao Paulo ou se voce é "santinho" nao leia.

Ok, vamos lá.

Sao Paulo experimentou uma guerra. Guerra que podia ser evitada, mas foi uma guerra. As autoridades "competentes" tem toda a culpa no cartorio, afinal tudo isso podia ser evitado. Desde uma criança se tornar um ladrao, até a tal rebeliao. Mas nao evitaram, aí está o resultado.

Brasileiro nao está acostumado com a palavra "guerra". Vivemos uma guerra civil, mas o brasileiro nao sabe o que é realmente estar em guerra. Guerra significa "Vale tudo", ou seja, ou voce mata, ou voce morre. Simples assim. Nao existe rendição do adversario, nao existe captura e depois soltura. Existe o capturar, torturar, extrair informacao, matar. Isso chama-se GUERRA, qualquer coisa menos que isso é discussaozinha.

Quando o marcola declarou GUERRA ao estado, nao havia muita coisa a fazer. Era matar ou morrer. Querem que eu poste aqui a foto de um policial que tomou um tiro de escopeta nas costas (e atravessou o colete), e na bunda? Pois bem, foi isso que a policia de Sao Paulo enfrentou. Nao foi um bando de garotos com pedras, foram bandidos fortemente armados dispostos a matar e morrer. Preferencialmente matar, porque ninguem quer morrer. O Mestre Vitor ja ensinava na academia: Ou voce bate, ou voce apanha. Melhor bater primeiro. Nao há meio termo.

Agora, toda guerra tem fatalidades. Faz parte do jogo. Voce estar no meio de uma guerra é pra matar ou morrer. Mesmo que voce nao queira participar dela. Acha que nao é "sua praia"? Entao se esconda no buraco mais proximo e só saia quando acabar o tiroteio. É assim que funciona. Infelizmente morreram 30 inocentes (será?) em SP. Tao criando o maior caos ao redor disso. Por mais doloroso que seja dizer isso, por mais doloroso que seja aceitar isso, por mais dificil que seja para a noiva que estava as portas da igreja e viu que seu noivo morreu...Sao fatalidades de guerra.

Lembra daquele filme que um asteroide ia colidir com a terra, ai mandaram uns doidos pra dinamitar o asteroide com uma bomba nuclear, e tal...Pois é, um teve que ficar, pra poder explodir o asteroide. Isso é uma fatalidade. Toda guerra tem sua fatalidade. Policiais sao pagos para protegerem as pessoas. As vezes um inocente paga o preço. Numa guerra onde (oficialmente) morreram 200 e nao-oficialmente mais uns 300, 30 pessoas nao chega a 10%. É um "indice aceitavel de fatalidade". Nao, nao é razoavel o noivo da menina lá ter morrido. Mas ele morreu no meio de uma guerra. Fatalidade.

Agora, é muito facil criticar a policia. É uma atitude tao estupida quanto burra. Porque a policia tava la pra eliminar justamente o mal. Se o seu homem estava no lugar errado, na hora errada, considere uma fatalidade. Acontece todos os dias. A policia nao tem bola de cristal nem espelho magico pra adivinhar. E no caso desta guerra, nao tem cadeia - é caixao e vela preta mesmo! Eu tambem nao gostaria de morrer a toa, mas tenho que aceitar que há fatalidades e eu sempre posso ser uma delas.

Hoje por exemplo um corsa novinho quase bateu no meu carro. Sabe porque?
  • Porque eu fui a padaria de carro
  • Porque eu nao fui pelo caminho que sempre vou
  • Porque eu nao parei o carro na direita
  • Porque eu fui fazer um balao na rua
  • Porque tinha na frente desse corsa uma aluna de auto-escola que deixou o carro morrer no quebra-molas, e ai ele foi voltando pra tras, fazendo o cara do corsa tambem dar ré. Por pouco nao pegou no meu carro.

Ou seja, eu seria vitima de uma FATALIDADE. Olha quanta coisa "diferente" aconteceu para eu ter batido o carro. Eu nao vou a padaria de carro. Quando vou, vou pela rua em frente a minha casa. Quando nao vou pela rua em frente a minha casa, vou pela principal mas paro o meu carro a direita. Nunca faço balao na rua. Mas dessa vez, eu teria sido vitima de uma FATALIDADE.

A vida é assim pessoal, lamento. Queria que fosse diferente mas nao é.

Meus respeitos e sentimentos a todos aqueles que perderam entes queridos na guerra. Agora, ao inves de lutarem contra a policia que protege voces, lutem contra os politicos safados que fizeram a situacao chegar aonde está.

Tem que ter muita caca na cabeça

Olhem >>>ESSA<<< foto e me digam: Porque jovem tem essa mania escrota de tirar foto torta? Odeio isso com todas as minhas forças!!!

Irresponsabilidade ao cubo!!!





Olha as fotos desse cara lavando o predio em frente do predio que eu trabalho. O cara ta pendurado por UMA misera corda, que fica arrastando na borda do predio. Como o ministerio do trabalho pode permitir uma coisa dessas??? :oo

Lacradinho!!!









Nao é todo dia que a gente ve uma coisa dessas :o)
(pra quem nao sabe: É o lacre da Polyvox usado nos Ataris fabricados no Brasil. Isso é TAO VELHO que dificilmente se ve por ai. Este foi um atari reformado e enviado pro RCM)