quarta-feira, abril 11, 2007

Guerra civil

Senhoras e senhores, estamos em guerra civil.

Pode ser nao declarada, mas nao há como fugir a realidade. Cada dia mais estamos sujeitos (e nao predicados, kkk) a bandidos tolhendo nossa liberdade e o sagrado direito de ir-e-vir. Ta ficando pior que a tal da ditadura. A coisa ta ficando cada dia mais feia e é nosso trabalho cuidar pra que a situação retorne a niveis ao menos gerenciaveis.

Nao adianta dizer "exercito nao sobe favela". Exercito TEM que subir favela e TEM que passar fogo em QUALQUER VAGABUNDO de arma nao mao. No alto de um morro, se ta armado, ou é policia ou é bandido. A policia tem seu uniforme como forma de identificação - se um exercito nao anda uniformizado, como distinguir quem é aliado ou inimigo?

Quanto a policia, eu tenho realmente pena dos policiais que ganham salarios baixos e nao tem equipamento suficiente para se proteger dos malditos bandidos. Mas eu vou dar uma noticia ruim pra voces: Nao se faz omelete sem quebrar ovos. Ou a policia toma uma atitude heroica - entrando de cara, pra acabar com o conflito - ou entao vamos continuar vendo "mais do mesmo" por muito tempo. Em uma guerra, voce entra pra morrer. Ninguem entra em uma guerra com certeza de que vai voltar pra casa. Infelizmente ta na hora de tomar a mesma atitude - é subir o morro, pensando que nunca mais vai descer - vivo. Eu sei que falar é facil pra caramba, mas urge uma atitude imediata, porque a coisa ja saiu de controle e vai ficar pior ainda

De qualquer forma, parabens ao Sergio Cabral Filho pelas atitudes tomadas em direção a organização do caos. É assim que se trabalha, cara!

Nenhum comentário: