sábado, novembro 24, 2007

Jau morreu, vida longa a jau!

Tudo bem que ja se passou uma semana, mas vou comentar uns detalhes sobre o encontro de jau.

Essa foi a primeira vez que eu vou a Jau. Adorei ir a aquele lugar. Tudo bem que e longe, e no meio do nada, nao tem nada de interessante (fora as gatinhas, hehehe) e tal. Mas la e o encontro anual da turma do MSX e fudeba que se preze nao pode faltar. La fui eu despencar do ES ate o interiorrrrr de SP.

O pessoal e muito receptivo. Realmente, ir a Jau e uma experiencia magica, assim como o "magic computer club", do tony, do wilson e do resto dos jauenses. Mas uma coisa me desagradou um bocado esse ano: Teve mais notebook que MSX no encontro!

Se procurar bem as fotos, teve uma com DEZESSETE (!!!) notebooks e...tres MSX. E apenas dois ligados. Ou seja, o encontro de MSX teve mais notebook que msx! O Jurquiziquio quer limitar a entrada de notebooks no encontro, eu fui contra, mas gostaria de divagar sobre o assunto

Encontro de MSX e encontro de ...bem..MSX ne? Nada de errado cada um levar seu notebook. Alias, um parenteses aqui: Notebook ta virando comoddity. Todo mundo tem notebook por pior que seja. O Sturaro com seu thinkpad P233, eu com meu compaq K6/500 e por ai vai, mas pelo menos temos notebook. Isso e muito bom na minha opiniao! Mas voltando ao MSX...poxa, ir pro encontro de MSX pra NAO ver MSX e dose!

Antes do encontro de jau eu sugeri ao pessoal que cada um levasse uma coisa DIFERENTE. Eu por exemplo nao levei msx nenhum porque nao teria graca nenhuma levar um expert 2.0 e um WSX-sucata. Expert todo mundo conhece, e WSX a grande maioria. Inclusive o Edigardio levou o dele, bem mais bonito que o meu. Entao de que adiantaria eu levar meus micros vindo de tao longe? Mas mesmo assim, tem o problema do monitor: Havia 3 monitores de MSX disponiveis no encontro e mais um guardado. Nao adiantaria levar MSX sem ter monitor pra ligar. Ou seja, o encontro de MSX ficaria mais ou menos sem MSX, e esse ano nao teve palestras, nao teve sorteio, nao teve nada

Jau nao morreu. Este ano foi muito produtivo para a cena do MSX no Brasil - tanto em software quanto em hardware. Por isso Jau deveria ter sido uma festa muito maior do que foi. Entao, vamos tentar fazer com que, no proximo ano, Jau seja uma festa tao grande quanto foi nos ultimos anos?

Viva Jau! Longa vida a Jau!
(desculpem, post escrito com pressa no trabalho...ainda nao parei depois que voltei de jau!)

2 comentários:

Leonardo disse...

Cadê as fotos ?????
E os acentos no "é" ???

Giovanni disse...

Ei! Meu note foi (numa difícil decisão, vinda de um sujeito moribundo semi-acordado sentado no sofá olhando pra TV desligada foi que decidi levá-lo uns 15 minutos antes de sair pra rodoviária) mas, exceto por curtos momentos, ficou direto no OpenMSX. :)

Prometo tentar levar um MSX legal para o encontro do Rio, aí levo a Module (quem sabe já compatibilizada pra MSX-Audio), digitalizador da HBI-V1 e alguma outra maluquice... ...talvez a porta serial pra ligar em algum notebook.