segunda-feira, dezembro 17, 2007

Suborno de rico é "normal"

Olhem a perola do dia:

SÃO PAULO - O psiquiatra Sabino Ferreira de Farias Neto, contratado pela família Gracie para acompanhar e medicar Ryan Grace, na véspera de sua morte, considerou “a mais crassa mentira” as declarações da irmã de Ryan, Flávia Gracie, de que ele teria se incumbido de intermediar pagamentos a delegados e carcereiros para favorecer o paciente. O lutador de jiu-jitsu Ryan Gracie, de 33 anos, foi encontrado morto na madrugada de sábado em uma cela do 91º Distrito Policial, na Vila Leopoldina, zona oeste de São Paulo

“A única coisa que teve foi uma sugestão para que dessem R$ 100, R$ 200 aos carcereiros para que o Ryan tivesse direito a comer pizza, refrigerante, um sorvete, quando tivesse vontade. Foi sugestão minha. Não teve a intenção de suborno e, em momento nenhum, houve conversa de valores com policiais”, disse. “Se houvesse qualquer indício de corrupção, eu denunciaria o fato", afirmou."


Ok. Nao foi suborno nao. Foi "taxa de aceitacao de pizza, refrigerante e sorvete"
Falta de vergonha na cara...
(fonte: IG)