segunda-feira, setembro 22, 2008

Educação, companheirismo e cortesia.

Hoje eu tive um papo com um radioamador que nao vou citar o nome, e o papo se enquadrou direitinho no que acabou de acontecer.

Pessoal, quando voces falarem que estao - em grupo - indo para a casa de um radioamador NO RADIO, entendam: Todo mundo está escutando. E se todo mundo escuta, é EXTREMAMENTE MAL-EDUCADO, DESCORTES e EGOISTA nao chamar aqueles que estao escutando. Obvio que é direito de cada pessoa permitir que apenas determinadas pessoas entrem na sua casa, mas entao nao comunique o fato pelo radio. Pega mal para caramba. Quando eu faço algum evento na minha casa, e nao quero que qualquer pessoa venha, eu uso o celular. Ninguem aqui é miseravelmente pobre pra nao poder fazer uma ligação, ainda que a cobrar. Nao precisa usar o radio.

Agora, quando algumas pessoas vao a casa de outra pessoa (seja la pra fazer o que), e a gente entra no radio brincando, do tipo "boca livre? quero tambem!" e voce fica no vacuo, sem resposta, sem nem um "Boa Noite", É O TOPO DA FALTA DE EDUCACAO, CORTESIA E COLEGUISMO. Falo mais: é FALTA DE RESPEITO com aquilo que voces chamam de "amizade". É a demonstração CLARA que voce é uma pessoa INDESEJADA e INCONVENIENTE.

Estava Dilmar, Henrique e Rogerio indo pra casa do Ziviane hoje a noite, e eu brinquei "opa, boca livre, comida! quero tambem!" e nao recebi sequer um boa noite, como se eu nao estivesse chegando lá com meu radio. Com uma GP-98, 50 watts de potencia e o Henrique chegando a 9+60 de HT, é **impossivel** que nao estivesse me escutando. Ou seja, deliberadamente me deixaram de fora.

Isso pra mim foi o cumulo. Posso ser o que for, mas MAL-EDUCADO eu nao sou.

Nenhum comentário: