sábado, janeiro 30, 2010

Virei chaveiro.

Ontem eu precisei dar uma saida a noite, peguei o carro dum amigo emprestado. Beleza, fui e voltei. Parei aqui na porta...clec, quebrou a chave dentro do miolo da ignição.

Parenteses, é um carro todo largado. Nao é de hoje que eu to avisando que a chave ia partir ao meio, ja estava bastante moida. Mas nada de me escutar - e realmente ela quebrou, na minha mao.

Como é um palio, e tem code, ja sabia que ia tomar uma facada. Ato continuo, fui ao chaveiro pela manha, 60 pra fazer a chave e 90 pra codificar. 150 mangos. Ai meu *.

Tudo bem, autorizei o serviço (por falta de opcao) pelo menos pra fazer outra chave. O code eu ia lidar depois, ou amarrava o cotoco da chave velha na anteninha do code, ou entao desabilitava o code na central. Mas a chave eu nao tinha como fazer. Nisso o chaveiro manda um garoto (!) aqui pra resolver. Dito e feito, o moleque nao encontra o pedaço da chave no miolo da ignicao. "Ta ai, olha so?!" mas ele nao encontra.

Dei um passa-fora no infante, e maos a obra.

Desmontei a coluna do carro, fiz fenda nos parafusos anti-tampering, ranquel o conjunto antena/miolo/contator/seilamaisoque e levei pra bancada. Uma gracinha o troço. Desmontei ate o ultimo pininho (inclusive o miolo) e extrai o pedaço da chave. 1x0 tabajara.

Juntei os dois pedaços, soldei e levei la pro cara do chaveiro

"moço, copia essa chave pra mim, por favor. Quanto é?"
"10 reau. Mas nao vai resolver seu problema. A chave é codificada."
"deixa que com o code eu me viro. Ou eu desabilito na central ou gambiarro o troço pra funcionar"
"...?"
O cara copiou a chave, eu trouxe pra bancada, funcionou redonda no miolo.

Pra nao pagar 90 contos pra codificar a chave, eu cortei as duas ao meio e enfiei o transponder do cotoco dentro da chave nova. Ate cheguei a desabilitar o code, mas é melhor deixar habilitado, é uma boa segurança pros ladroes "de galinha" até os ladroes medios. Ninguem vai trazer outra central de injecao e antena de transponder pra roubar um palio caindo aos pedaços.

Total do prejuizo: 10 contos. E mais um pouco de admiração da turma aqui do trabalho. Agora, dentre os muitos nomes que me chamam, acrescentaram a honrosa profissao de "chaveiro".

Nao que eu seja um chaveiro, mas pelo menos eu fiz tudo sozinho com exceção de copiar a chave :)

quarta-feira, janeiro 27, 2010

segunda-feira, janeiro 25, 2010

Aniversario do blog!

So pra constar: 20 de abril é aniversario de 5 aninhos do blog

E 4 de junho é o Killdozer day! Nao podemos esquecer essa data maravilhosa!

Avatar é bao! :D

Hoje, domingao daqueles, me rendi - fui ver Avatar em 3D.

Nota que eu nunca na minha vida tinha visto um filme em 3D. Fazia tempo que eu queria ver, mas aqui nessa provincia do interior nunca que apareceu um filme decente (e nao descente, analfas) em 3D. Deve ate ter tido outros, mas eu nao vi. Whatever, vamos la.

A primeira surpresa foi no shopping praia da costa, os lugares agora serem NUMERADOS. Por um lado e bom pacas - acabou a fila. TEORICAMENTE. Porque la estava, uma fila enooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooorrrrrrrrrrrrrrrrrrmeeeeeeeeeeeeeee de pessoas querendo entrar primeiro. E o meu lugar tava la, vazio, guardadinho. Nada como nao ter pressa.

Ok, entrei, ja na entrada os caras te dao o oculos para 3D. É um oculos super estiloso, bonitinho, cuti-cuti, com um sistema da sensormatic, anti-roubo. Obviamente um canivete ou um pouco de papel aluminio fazem o sistema ser burlado com facilidade. Mas nao quero falar de roubo. O oculos é bacana, pena que nao tem pra vender na lojinha do shopping.

Começa o filme, os traillers sao em 3D tambem. UAU! O troço FUNCIONA! Nao tem como dizer pra voces o quanto é bacana ver o filme em 3D. É como se um outro mundo se abrisse perante voce.

Ai veio um momento engraçadissimo da historia...

Como voces sabem, eu sou nerd até o tutano do ossinho do dedo mindinho. Nao apenas eu estava assistindo o filme, como tambem analisando a tecnologia (4 bitplanes independentes pras cenas filmadas, mas perai que eu ja falo disso) e olhando as referencias a outros filmes...O chefao da estacao por exemplo é o alien do MIB, a mocinha que pilota o helicoptero é a namorada do vin diesel no "velozes e furiosos" (a michelle fernandez é feiosa, mas ela nao é uma gracinha?) inclusive usando o mesmo oculos papai-sou-mau...mas ai eles falam do minerio que vao buscar em pandora...

UNOBTANIUM!!!

Cara, eu dei uma gargalhada, mas uma gargalhada daquelas ALTAS. O pior que SO EU dentro do cinema (lotado) ri quando o cara falou em unobtanium!!! Pra quem nao sabe, unobtanium é uma giria de internet que designa alguma coisa impossivel de se obter: Carro zero com 100 anos, garantia de impressora lexmark, virgem de 35 anos e por ai vai. Eu achei o maximo! Por isso a gargalhada e...ninguem riu.

Obviamente, depois da gargalhada (altissima e sincera), meia duzia fez um rs rs rs tipico de quem ri pra dizer que entendeu a piada, mas nao entendeu porra nenhuma, só pra nao fazer feio. Mas a realidade era essa, ninguem fazia a mais remota ideia do que era unobtanium. O link da wikipedia ta aqui pra quem quiser se deliciar ;o) Alias, agora que eu fui perceber, a grafia certa é Unobtainium, faltou um "i". Fica o mico para voces verem que eu corrijo a todos, mas eu tambem erro.

De qualquer forma, o filme foi otimo. Fazia um tempao que eu nao me divertia assim :o)

Ah, os bitplanes...bem lembrado...

Quem ja mexeu com computacao grafica, "demos", programacao de micros mais antigos, sabe que normalmente voce tem N "bitplanes" ou seja, planos separados onde voce pode movimentar coisas separadamente, assim facilitando uma simulacao de tridimensionalidade pela variacao de paralaxe entre os objetos. Imagine como uma imagem colocada por tras da outra e movimentada independentemente.

Neste filme, há duas situacoes diferentes de tridimensionalidade: Uma é nas cenas filmadas. Voce percebe **claramente** que há 4 "planos" de ação na imagem, no eixo Z (pra dentro da tela). Ja nas cenas digitais (60% do filme) voce percebe N planos, sendo que eu contei N ate 40, mas provavelmente há mais. Fica facil de voce perceber em uma cena onde há uma fileira de 6 ou 7 pessoas alinhadas lado a lado, em direção do eixo Z. Se voce prestar atenção, vai perceber que todas essas pessoas estao no mesmo plano, enquanto o "coronel-manda-chuva" ao lado delas está em um plano diferente, etc. Ja nas imagens digitais, voce REALMENTE percebe varios planos com facilidade.

Isso nao desmerece o filme nem a tecnica. Só achei curioso porque nao é um 3D "real" nas filmagens, parece até que as coisas foram filmadas em separado e depois sobrepostas.

Ou será que eu meramente nao enxerguei direito? :oD

quinta-feira, janeiro 21, 2010

Da serie "entendendo o comportamento humano": Indo pro boteco beber cachaça

Alguem ja parou pra pensar o porque do ser humano se reunir em um boteco sujo, onde ele paga pra comer lixo e ficar doidao?

A explicacao é muito simples: É uma realidade diferente daquela que ele aprecia diariamente no trabalho e em casa.

Pra mim, que moro em uma loja, fica claro apos meses de confinamento, a necessidade de ir para um boteco: Aqui dentro nao se ve ninguem, nao se fala com ninguem, nao se ve a rua nem se ve nada de novo. A minha ligacao com o mundo exterior é meramente a internet, e olhe la.

Ontem por exemplo, estava vendo as pessoas enchendo os cornos em um boteco. Elas vao pra la para verem alguma coisa diferente, para experimentarem um ambiente diferente, para sairem do "mais do mesmo" que sao seus lares. É muito chato ficar na mesmicie. Ir ao boteco é uma oportunidade de ver pessoas diferentes, ouvir situações diferentes, mudar um pouco.

Algumas pessoas sao extremamente centradas no trabalho, conseguem passar horas e horas a fio fazendo o seu trabalho, mas quando saem dali precisam de algo diferente, de enxergar algo diferente de paredes, de limites. Pra essas pessoas, o boteco simboliza a liberdade.

Nao, nao vou pro boteco. Mas preciso sair daqui...

quarta-feira, janeiro 20, 2010

Tuita my eggs

Me ver no twitter? Só no dia que a galinha criar dentes.

'nuff said.

terça-feira, janeiro 19, 2010

Nada de util para escrever aqui.

É por isso que nao tenho postado nada, nao tem tido nada de util pra escrever aqui.

Digamos que nos ultimos tempos eu cheguei no nivel MAIS BAIXO que eu estive em todos esses anos aqui no Espirito Santo. Poucas vezes estive tao triste tambem.

Urge uma mudança, ela vai ser dolorosa e incerta...

Ô diazinho...

Parenteses:
Um dia um amigo mecanico me pediu para levar um BMW 2008 fuderoserrimo, cambio automatico, de um lugar para o outro. Fui curtindo deliciosamente o carro do ponto A ao ponto B. 20 minutos de prazer.

Depois, fui pegar o onibus pra casa.

Me sinto da mesma forma apos um determinado acontecimento

Post inteligivel né? É o que dá nao ter com quem conversar, nao ter um porto seguro. Estou perdido em um mar de problemas e emoções, que nao vao terminar tao cedo.

ô vidinha confusa...

segunda-feira, janeiro 18, 2010

Qual o segredo do sucesso?

Trabalhar, trabalhar e trabalhar. Nao tem jeito.

Mas antes de tudo, voce precisa controlar suas emoções e medos. Se voce nao se controla, os sentimentos controlarão voce e voce perde.

É dificil, eu sei que é. Mas é mais dificil ainda se deixar levar pelas emoções...

quinta-feira, janeiro 14, 2010

O fim do mundo?

Homossexualismo? Ok, tudo bem, sem problemas. Cada um dá o que é seu.

Mas esse tipo de exibição na TV, e eu ainda ter que aguentar guela abaixo que isso é 'normal' e que é melhor que meus filhos se acostumem com a realidade?

Desculpa ae, meus amigos que sao homossexuais. Nada contra o barato de voces, mas pra mim a imagem do link ai é o fim do mundo. Perversoes a gente pratica entre 4 paredes e nao em rede nacional.

segunda-feira, janeiro 11, 2010

Interesses escusos

Ontem, mais uma vez, la fui eu passear de buzao. É quase uma viagem, até a casa onde eu morava.

O interessante é o quanto eu posso me estressar num caminho razoavelmente curto, de uns 40 km. É tanta coisa podre que realmente eu me pergunto..."o que eu to fazendo aqui?"

Na ida, começa pelo motorista do onibus que para o onibus uns 50 metros apos o ponto. Isso num dia de domingo. Tudo bem, é só uma caminhada.

No onibus, pra variar, aqueles escrotos com celular-de-fazer-barulho. Tudo bem, eu tava com o iPod.

Chegando a Jacaraipe, aquele abençoado engarrafamento nosso de todo dia. Uma rua estreita (só passam dois carros lado a lado) com centenas de carros parados na faixa da direita. Ou seja, só passa um carro. E olhe lá.

Beleza, salto do onibus e vejo o "xerife" do lugar botando fogo no mato do terreno de um vizinho. Que obviamente so vai la no terreno pra reclamar que colocaram fogo no mato dele, porque cortar o mato que é bom...

Hora de sair, la vamos nós. Transito parado, onibus lotado, ate sair do balneario. Um monte de gente bebada que bate com o carro e depois fica discutindo, chapado na rua. Se maconha é proibido, porque o alcool nao o é?

Alias, falando de maconha...Coisa cuti-cuti, no terminal de Jacaraipe. Jovens se comportando como primatas, um doido com um **texto** TATUADO nas costas (parenteses: Eu nao curto tatuagem, e acho que o cara que fez isso é **LOUCO**. Mas ate que ficou bacana) e...Pasme, um monte de gente fumando maconha no terminal.

O engraçado é que as companhias de onibus fazem campanha adoidado..."nao deixe pegarem carona, é voce que paga"..."gratuidade ilicita: É voce que paga!" e por ai vai. O cu deles eles querem safar, mas nao o dos outros. Cheio de gente fumando um baseado no terminal, nada de seguranças, nada de policia, nada do estado colocando ordem na casa. Esse estado é realmente uma piada de mau gosto.

Buzao lotado ate em casa, mas finalmente salto no meu ponto e vou para meu cantinho. Odeio sair daqui.

Ah, Sao Paulo...

sábado, janeiro 09, 2010

Mas afinal, pra que serve o gergelim?

Alguem poderia me explicar pra que raios serve a porcaria do gergelim no pao de hamburger, alem de:
  • sujar o chao
  • prender no dente
  • cair por cima da mesa
Eca, odeio gergelim!

segunda-feira, janeiro 04, 2010

E nao é que o Pen Drive da DX é de 16 gigas mesmo!?

Pendrive? Ta dificil...

O que voce mais escuta é que o tal pendrive é falsificado, blah blah blah. Voce compra um pendrive de 8 GB pensando que sao gigabytes, e na realidade sao gigabits (um gigabyte). Ai voce dá com a cabeça na parede.

E aqueles que sao so "a capa", com um conector e um pedacinho de cabo dentro? :oD

Bem, arrisquei 36 dóla e comprei esse daqui na Deal Extreme. Demorou um mes mas chegou:



Esse ai tem toda a pinta de falsificado. Só faltou escrever "EU SOU FALSO" no pendrive, mas é um pendrive feito pro mercado chines. Sendo assim, nao tem aquela tampinha bonitinha dos pendrives kingston, é um pendrive "Deslizante", tem um botaozinho do lado que voce ejeta ou retrai o conector USB.

Eu achei um lixo. Mas agora ja comprei.

O funcionamento nao da sustos. Testei com o h2testw_1.4.zip e ele gravou e leu corretamente os 16.000.000.000 de bytes do bichinho. FUNCIONA! :)

Quem quiser comprar, o link ta ai em cima no titulo do post. Selo tabajara labs de qualidade. Ou falta dela.

O serviço da internet 3G da Vivo Pre, uma semana depois

Passado uma semana, vamos comentar o serviço.

  • A velocidade foi excelente, picos de 2 gigabits. Enquanto funcionou, foi otimo. 
  • Ainda nao consegui entender se a franquia é de 256 gigabytes no periodo de 1 semana ou por dia. De qualquer forma ficou uns 3 ou 4 dias funcionando com 2 gigabits, só caindo pra 128 kilobits apos baixar mais de 1 giga. Achei bastante razoavel. 
  • O preço - 35 mangos por uma semana - é CARISSIMO pra se ter como feed de internet principal. Mas pra uma emergencia - que foi o meu caso - ou para uma viagem e ter o conforto de levar o notebook com internet, é **fantastico**
  • O modem da Huawei é bacana, funciona direitinho, sem "surpresas". O modem da Sony Ericsson que eu usava na Claro eu realmente nao gostei. 
  • O Programa da Vivo (que na realidade é da Huawei) é **muito bacana** com indicador de bytes transferidos, graficos, etc. Vou anexar a tela a esse post para voces verem
Resumo? Gostei. Vou manter o modem guardado, quando precisar de um dia ou uma semana de internet na rua, eu vou ter essa "carta" na manga.

E ainda quero testar o serviço da Tim :oD


Memoria do GOOGLE????


"Essa é genuina dotô, feita prus servidô du Gogol!"
(clique na foto para ampliar)

sábado, janeiro 02, 2010

A policia é eficiente, mas falta um pouquinho de boa vontade

Hoje aconteceu um negocio curioso: Arrombaram a loja do vizinho, na madrugada.

Eu nao vou citar nomes, nao vou citar lugares, acho que isso tudo pega mal. Vamos apenas saber que a loja foi arrombada e, 3 da matina, eu ouvi o barulho.

Correndo, liguei pra policia e dei todos os detalhes possiveis e imaginaveis da situacao e do lugar. Obviamente os policiais chegaram rapido, menos de 5 minutos. Quando eles chegaram, eu abri a porta da minha loja, me identifiquei e fui ver o acontecido. O meliante puxou a porta da loja PRA FORA (!) e tentou entrar para fazer um ganho.

Erro numero 1: Como o buraco era razoavelmente pequeno, nenhum policial quis entrar na loja para averiguar se estava tudo bem ou nao.

Bem, os policiais assumiram que o cara deu no pé. Dei de ombros, pedi ajuda ao policial para colocar a porta da loja no trilho de novo, dei boa noite aos policiais e fui dormir. Enough for today.

Dia seguinte, como sempre, cá estou eu enfiado nessa loja. La pras 2 da tarde ouço um barulho de porta e penso "opa, olha o vizinho chegando ai, vou la falar com ele". Qual a minha surpresa ao encontrar o vagabundo SAINDO da loja, em plena luz do dia, em uma das principais avenidas do buraco que eu moro.

Obviamente, la fui eu chamar a policia de novo, dando todos os detalhes o mais rapido possivel.

10 minutos depois me chega a viatura, dá aquela olhada, diz que ja rodou o bairro e vai continuar rodando para tentar achar alguma coisa. Mas nao acham nada, mesmo com uma descrição detalhada do pilantra (so faltou foto). Eu entendo o lado deles, aqui tem morro por perto, se esse vagabundo subiu o morro, nunca mais acham ele.

Ai vem o erro numero 2: Porta arrombada PARA DENTRO, ou seja, o cara puxou a porta por dentro para poder sair, nao havia como eu posicionar a porta de volta no trilho. Os policiais só lamentaram e foram embora.

Eu sou um reles mortal. Pobre, ainda por cima. Eu que tive que movimentar meio mundo, pra conseguir chegar ao telefone residencial do dono da loja (e eu nao vou citar como descobri, por motivos obvios. Apenas agradeço ao meu amigo paulista em nome dos donos da loja ao lado), ligar pra ele e avisar que a loja havia sido arrombada, para que ele viesse e desse um jeito de fechar a porta.

É OBVIO que o COPOM deve ter meios de fazer esse tipo de contato. Nao me vem ao caso dizer porque nao fizeram, até porque (infelizmente) nao sou policial e nao conheço a estrutura do COPOM. Mas se um borra-bostas como eu conseguiu chegar até o cara apenas com o nome da loja, certamente a estrutura da PM do estado chegaria muuuuuuuuuuuuuuuuuito mais rapido.

O que importa é que tudo ta resolvido - O dono da loja chegou, abriu a loja, o vagabundo nao roubou mais do que 100, 150 mangos de moedinhas e trocados, ta todo mundo feliz. Perdeu, mas perdeu muito pouco, ainda bem.

Mas bem que a policia militar poderia ter trabalhado uma mixariazinha mais...

De qualquer forma, meus respeitos e meus parabens aos homens que arriscam a vida por merreca, pra garantir a segurança e o bem estar da população. Kudos a PM!