segunda-feira, fevereiro 22, 2010

Clube dos comedores compulsivos de batatinha frita

Sabe quando passa de 1 da manha, voce pede uma batatinha frita no motel (to em SP a trabalho, e to no motel sozinho, nao se animem!!!), come ela todinha e nao se contenta???

:o(

Os comedores compulsivos de batatinha frita
(em homenagem a minha amiga Shirleyzinha, que eu estou devendo uma batatinha frita, e adoro ela de montao)

domingo, fevereiro 14, 2010

Delegada de "araque"?

Mais uma historia mal-contada...
  • Eu realmente gostaria de compreender o motivo que leva a uma consumidora, dentro de uma loja, a se identificar como delegada de policia. Nao havendo crime em andamento (e acredite, nao é crime uma vendedora se negar a trocar uma roupa), nao consigo entender a necessidade da Sra. delegada em se apresentar como tal. Só este pequeno fato ja configura abuso de poder. Ah, ela tem mais tres processos administrativos nas costas. Ok. 
  • Se identificando como delegada, QUALQUER "ui" pode ser considerado "desacato a autoridade". Alias ja passou da hora dessa lei de desacato ser revista. Ela é tao abrangente que dá margem a casos como o mostrado. Alem do mais, como a delegada pode provar que foi desacatada? É a palavra dela contra varias, e a palavra dela tem peso maior? 
  • A Riachuelo tem **obrigação moral** de CAIR DE PAU em cima desse caso, mas transforma-lo em exemplo para TODO o pais. Nao apenas de "responsabilidade social" por acolher suas funcionarias, mas mostrar que é injusto que uma delegada crie esse quiprocó todo, quando deveria estar na rua prendendo vagabundo. 
  • Olha, eu sou um cara meio abusado as vezes, principalmente quando eu sei dos meus direitos. Mas vamos pensar um pouquinho? Todo mundo sabe que, na escala de poder, em primeiro lugar está Deus, em segundo os desembargadores e juizes e em terceiro, os delegados de policia. Será que uma (ou mais) pessoa(s) normal(is) iriam gratuitamente desacatar uma delegada de policia, chamando-a de "delegada de araque"? Será que ao deparar com uma delegada criando quiprocó, a vendedora nao chamaria imediatamente a gerente para resolver a questao? Será que uma vendedora (que tem honda civic? Ou o civic ta caindo bastante de preço, ou essa vendedora ganha bem, heim?!) seria suficientemente estupida pra - SENDO PRESA E CONDUZIDA A DELEGACIA - entrar no seu carro particular, desacatar mais uma vez um policial e ainda querer passar por cima dos outros? Será que temos capixabas TAO estupidos a esse ponto?
Os tolos eram dois, e morreram tres. Tem muita coisa errada nessa historia. Quem me conhece, sabe da minha admiracao e respeito a policia civil. Mas essa historia ta fedendo a comida processada...

sábado, fevereiro 13, 2010

Solidao...

Aqui ta super divertido, mas tem gente que faz uma falta...

quinta-feira, fevereiro 11, 2010

Tudo por causa de uma tomadinha

Vamos rir um pouco

Estou em sao paulo fazendo um serviço pra uma empresa. Trabalho o dia todo e normalmente estou liberado as 9 da noite.

Cheguei aqui ontem, nao acharam hotel, me levaram pra um motel. Otima noite, muito confortavel, embora faltava alguem ao lado mas tudo bem...

Hoje, apos o trabalho, fomos ao tal hotelzinho. Quarto com cheiro de mofo, cama minuscula, mofo nas paredes (mofo deu!), um lixo. Hotelzinho de quinta. "25 mangos a diaria? Pago 10 a mais do meu bolso e fico no motelzao. Dane-se."

Fomos a um motel diferente e o quarto era bem legalzinho pra 35 reais. O interessante é que é o segundo motel aqui da cidade que eu conheço, que da uma bolsinha com escovas de dente, creme dental, touquinha, pente, camisinha (!) e outros agrados. Adorei.

Mas...sabem como é né? Nerd nao vive sem notebook + internet (kudos a Vivo internet Pre mas depois eu conto o calvario) e la fui eu ligar o notebook...Tomada "padrao BR", nao aceita a tomada do notebook.

Mesmo ligando pra recepcao...nada de eles terem adaptadores. O jeito foi desligar a tomada da tv, la em cima na parede, ligar a fonte do notebook, deixa-la pendurada e ca estou eu na beira da cama, digitando essas linhas.

Brasil, um pais de tolos. E malditas sejam as tomadas "padrao ABNT" dos infernos.

terça-feira, fevereiro 09, 2010

Oi, tudo bem?

É, eu so queria dizer uma coisa

Eu estou feliz.

Valeu galera ;)

segunda-feira, fevereiro 08, 2010

A gente tambem erramos, patraum! :oP

Uma boa dose de humildade, alem de um mico preto, sao sempre bons para lavar a alma...

Ontem foi muito engraçado quando uma determinada pessoa (que eu juro que nao vou dizer quem é) foi abrir uma porta e puxou, empurrou, meteu o pé, sacodiu, apertou, fez de tudo até eu ir la e mostrar que era uma porta deslizante. Eu ri muita coisa :o) E sempre quando lembro, rolo de rir :o) Sabe aqueles momentos que ficam na historia? Esse foi um deles, rs rs rs

Pois bem, hoje a ex-chefe pediu que eu consertasse o aparelho de ar condicionado dela. Tudo bem, la fui eu praquela lonjura pra consertar o bichinho. Tirei o aparelho, abri, testei de ca e de la, era realmente o motor bichado. Nao tem jeito, tira o motor fora e leva pra reenrolar.

Mas tinha um aparelho 220 jogado no quintal...

Esse aparelho eu ganhei de presente a quase uma decada, eu usava no meu antigo laboratorio, funcionava redondo. Pelo que eu me lembrava, era 220 volts porque eu puxei uma rede direto do relogio para o aparelho de ar condicionado. Ele funcionava redondo, foi retirado funcionando e a Wanda testou e disse que nao funcionou. Eu fui ver na realidade o que tava acontecendo com ele.

Puxei uma extensao, liguei pra testar...funcionou...por alguns segundos. O compressor desarmava e, logo depois, o motor do ventilador tambem.

?¿? WTF ?¿?

Pra encurtar uma longa historia, depois de trocar os dois capacitores de partida (do compressor e do ventilador), de verificar termostato, chave multipolos, fiacao, esquema, ligacoes, etc...Eu tirei a tampa do ar e vi que tinha uma plaquinha ao lado do compressor..."110V, 60Hz"

COMO 110 VOLTS SE ESSE AR É 220 VOLTS????

Simples: O ar é 110 volts. Tava escrito numa etiqueta na frente dele.

Ao escrever essas pequenas linhas eu me lembrei de onde estava o erro. Eu me lembro claramente que eu puxei uma rede direto do relogio para o ar. Mas nao porque ele era 220 volts. Era justamente porque ele era 110 volts e a carga era muito grande pros fios e pro disjuntor do circuito do meu laboratorio. Entao seria de bom alvitre uma linha separada, com disjuntor separado, só para o ar condicionado. Ja que eu estava puxando uma linha de 110 volts, porque nao puxar logo 220 volts 2F+1N??? Pois é. Por isso que eu ACHAVA que ele era 220 volts, mas tinha a plaquinha na frente escrito 110...

Obviamente vao pegar no meu pé por anos, por causa dessa historia :o)

Herois? Que herois?

Quando eu digo que BBB é o chorume do lixo, me taxam de idiota. Mesmo que essa mensagem abaixo seja uma tremenda mentira, é bastante interessante pra gente refletir sobre o assunto. Se voce nao acredita na tragedia da plataforma, insira ai o que voce achar razoavel ou o que estiver mais proximo de voce: Bombeiros que morreram salvando vidas, policiais que morreram salvando a população, militares que foram para o Haiti defender uma patria que nao é sua (e que alias nao deveriam nem ter ido pra la), e por ai vai

---8<---corte aqui---8<---

Os bestiais participantes do BBB 10 são "heróis"? O que é para Pedro
Bial ser HERÓI?
Carta de petroleiro da Plataforma-18 a Pedro Bial do BBB da Globo
Prezado Senhor Pedro Bial
Digníssimo Jornalista, apresentador da Rede Globo de Televisão.

Confesso Sr.Bial que não sou espectador do programa o qual o senhor
apresenta. Talvez para felicidade da minha cultura e para infelicidade
do índice de audiência, ao qual seu programa está atrelado.. Mas,tive
durante um dia desses, num dos raros casos fortuitos que o destino
apresenta, a
oportunidade de, por alguns minutos, apreciar o tão falado Big Brother
Brasil, o BBB.

Para minha surpresa, durante uma ou duas vezes o senhor, ao chamar os
participantes para aparecerem no vídeo o fez da seguinte maneira:

*- Vamos agora falar com nossos heróis!
*De imediato tive uma surpresa que me fez trepidar na cadeira. Heróis????

*O senhor chama aqueles*, que passam alguns dias aboletados numa
confortável Casa, participando de festas, alguns participando até de
sessões de sexo sob os edre-dons, falando palavras chulas e no fim
podendo ganhar um milhão de Reais, *de heróis?*

Pois bem Sr. Pedro Bial, eu trabalho numa Plataforma Marítima que se
localiza a aproximadamente 180 km da costa brasileira e contribuímos,
mesmo modestamente, para que o nosso País alcançasse a
auto-suficiência em petróleo e continuamos lutando, todos nós, para
superar esse patamar.

No último dia 26 de Fevereiro presenciamos um acidente com um dos
helicópteros que faz nosso transporte entre a cidade de Campos e a
Plataforma. As imagens que ficaram em nossa mente Sr. Bial, irão nos
marcar para o resto das nossas vidas. Os seus "heróis" Sr Bial, são
meros
coadjuvantes de filmes de segunda categoria comparados com os atos de
heroísmos que presenciamos naquele momento.

Certamente o Senhor como jornalista que é, deve estar a par de todo o
acontecido. Mas sei que os detalhes o Sr. desconhece.

Pois bem, perdemos alguns colegas. Colegas esses, Sr Bial, que estavam
indo para casa após haver trabalhado 15 dias em *regime de
confinamento*.

*Não o confinamento a que estão sujeitos os seus "heróis"*, pois eles
têm toda uma parafernália de conforto, segurança e bem estar, que
difere um pouco da nossa realidade. Durante esse período de quinze
dias esses colegas falaram com a família apenas por telefone. Não
tiveram oportunidade de
abraçar seus filhos, de beijar suas esposas, de rever seus amigos e
parentes... Logo após decolar desta Plataforma com destino a suas
casas o helicóptero caiu no mar ceifando suas vidas de modo trágico e
desesperador.

E seus "heróis" Sr Bial, a que tipo de risco eles estão expostos?
Talvez aos paredões das terças-feiras, a rejeição do público, a não
ganhar o prêmio milionário ou a não virar a celebridade da próxima
novela das oito.

Os heróis daqui Sr Bial foram aqueles que desceram num bote de
resgate, mesmo com o mar apresentando um suel desafiador. Nossos
heróis Sr. Bial desceram numa baleeira, nossos heróis foram os
mergulhadores,que de pronto se colocaram à disposição para ajudar,
mesmo que isso colocasse suas vidas em risco. Nossos heróis Sr. Bial,
não concorrem ao prêmio de um milhão de
reais, não aparecem na mídia, nem mesmo os nomes deles são divulgados.
Mas são heróis na verdadeira acepção da palavra. São de carne e osso e
não meros personagens manipulados pelos índices de audiência. Nossos
heróis convivem aqui no dia-a-dia, sem câmeras, sem aparecerem no
Faustão ou no Jô Soares.

Heróis, Sr Bial são todos aqueles que diariamente, saem das suas
casas, nas diversas cidades brasileiras, chegam a Macaé ou Campos e
embarcam com destino as Plataformas Marítimas, sem saber se
regressarão às suas casas,se ainda verão seus familiares, ou voltarão
ilesos, pois tudo pode acontecer: numa curva da estrada, num acidente
de helicóptero, no vôo comercial de
regresso à sua cidade de origem....

Não tenho autoridade suficiente para convidá-lo a conhecer nosso local
de trabalho e conseqüentemente esses nossos heróis, mas posso lhe
garantir Senhor Bial, que caso o Sr estivesse presente nesta
plataforma durante aquele fatídico acidente seu conceito de herói
certamente seria outro.

Em memória dos colegas mortos:
Durval Barros
Adinoelson Gomes, e,
Guaraci Soares

*Carlos Augusto Lordelo Almeida
Técnico de Segurança
Plataforma P-XVIII*

sábado, fevereiro 06, 2010

Meia, Meia, Meia.

Ah, to sem piadinha pro post 666, foi mal ae :o)

sexta-feira, fevereiro 05, 2010

Oi, tudo bem?

Oi, tudo bem?
Tudo bem, fora o tédio que me consome todas 24hs do dia


Fora a decepção do ontem, a decepção do hoje,
e a desesperança crônica do amanhã !!!


Tenho vontade de chorar, raiva de não poder
quero gritar até ficar rouco,
quero gritar até ficar louco !!


Isso sem contar a ânsia de vômito,
reação a tal pergunta idiota !!!!!

e pra acabar
Fora tudo isso, tudo bem...

(Garotos Podres RULEZ! :D)

quinta-feira, fevereiro 04, 2010

Sendo medico, curandeiro e rezadeiro...

Um fato que poucas pessoas sabem, é que eu sempre quis ser medico.

Ok, nao deu, mas eu acabo tentando ser, dia apos dia

  • É um coração partido que eu tento dar conforto
  • É uma pessoa enganada, que eu tento mostrar que a vida ainda pode ser bela
  • É uma serie de medos que eu confronto com suporte, com aquelas palavras que levam a pessoa a ter coragem
  • É uma serie de receios, que eu tento transformar em certezas
  • É aquela pessoa que está la embaixo, e eu puxo com força pra cima
  • É a pessoa traida que eu dou uma dose cavalar de confiança
  • É a pessoa enganada que eu envolvo com a verdade
  • É a pessoa ferida que eu faço um curativo
  • É a pessoa com maus modos, que eu educadamente tento faze-la compreender quais seriam os "bons" modos
  • É aquela pessoa que nao se acostumou em viver fora da redoma, que eu protegidamente exponho ao mundo real
  • É aquela pessoa que conhece o fim da historia, mas eu lembro que se uma historia ainda nao foi escrita, ela pode ter qualquer final que os seus autores quiserem
Como posso lhe fazer sorrir hoje?  :o)