segunda-feira, agosto 15, 2011

Aonde vamos chegar...VIVOS???

Este foi mais um dos meus eternos finais de semana de reflexao, para encontrar o sentido da vida.

Quase um ano aqui na capital, e eu vejo as pessoas diariamente correndo. Um dos meus patroes é o Mr. Trabalho, parece que fica ligadao 24h/dia, ai me lembro do papai que morreu com 49 anos (é, domingo foi dia dos pais...) do coracao, e ele era igualzinho. Trabalho 24h/dia. O que ele deixou pra nós?

  • Um bugre velho
  • Um compressor Shultz
  • Algumas ferramentas
  • Dividas.
É. Nao deixou nada. Correu, correu, correu e nada.

Ai eu me questiono: Será que REALMENTE devemos correr cada vez mais (é cada vez mais trabalho e menos salario) ou será que estamos gastando nosso tempo de forma improdutiva, incorreta e desorganizada?

Convido a todos os meus quarenta e poucos leitores (é, ninguem le essa merda) a repensar: Será que voce está somando, subtraindo ou - pior ainda - DIVIDINDO o seu tempo de vida? Qualidade de vida? Saude? Tranquilidade?

Eu nao quero morrer cedo como meu pai morreu, ainda que morra pobre e que nunca tenha um BMW...

...Afinal ele tambem nao teve.


(nao, nao virei vagabundo, pelo contrario. Eu quero mais qualidade de vida com a otimizacao do meu trabalho e nao deixar de trabalhar.)

7 comentários:

Gabriel disse...

Somos escravos remunerados!

"O que mais me surpreende na humanidade são os homens, porque perdem a saúde para juntar dinheiro, depois perdem dinheiro para recuperar a saúde, e por pensarem ansiosamente no futuro, esquecem do presente de tal forma que acabam por não viver nem o presente nem o futuro. E vivem como se nunca fossem morrer, e morrem como se nunca tivessem vivido..."
(Dalai Lama)

Fernando Gallego disse...

Taba, pense da seguinte forma: Você tem ideia do preço para se criar com qualidade um filho? Acredite, seu pai nunca teve um BMW, uma Ferrari, ou mesmo uma Dremel porreta com 110 acessórios, porém conseguiu, com seu trabalho insano, dar o melhor que ele podia a vocês. Essa é a principal meta e principal orgulho de um pai meu caro e abençoado amigo.

gosteidessarusso disse...

Por essas e outras é que agora aposentado, embora sem BMW também, que procuro aproveitar o máximo do meu tempo e da vida.

Diogo Urnau disse...

Priorizar... essa é a chave.

Abraço meu velho!

Leonio Xanás disse...

Curtir a vida vale a pena, uma coisa que a minha família fez é comprar um pequeno imóvel barato em um lugar remoto, ali nós curtimos a vida com a natureza todos os finais de semana, viver agitado somente de segunda a sexta.

Leonardo Schunk disse...

"Não lemos e escrevemos poesia porque é bonitinho.

Lemos e escrevemos poesia porque somos membros da raça humana e a raça humana está repleta de paixão.
E medicina, advocacia, administração e engenharia, são objetivos nobres e necessários para manter-se vivo.
Mas a poesia, beleza, romance, amor… é para isso que vivemos.

Qual a estrofe que você vai deixar para o mundo ?"

Sociedade Dos Poetas Mortos

V8 disse...

Preciso de mais dinheiro.