domingo, janeiro 06, 2013

A primeira de 2013 - Que decepcao!

Feliz 2013 a todos!
Lembrem-se: Este ano tem 365 oportunidades para todos. Entao aproveite-as, nao as deixem passar. Nao sao 365 oportunidades, mas APENAS 365 oportunidades. Captaram o recado? :o)

Entao, vamos falar de fracassos. Pra que ninguem caia neles.

Voces sabiam que eu NAO sou engenheiro?

Entao...Meu pai, sempre quis que eu fizesse faculdade. Nao importa o que, desde que fosse algo que desse dinheiro. Meu pai nao queria pra mim o mesmo destino que ele teve. E eu, sempre SOLENEMENTE IGNOREI isso. Quando fiz 17 anos, minha namorada na epoca me encheu tanto o saco, que la fui eu fazer vestiba na UFF (nichteroy) pra eng. de telecom. Gabaritei a primeira fase, tomei bomba na segunda porque zerei a prova de fisica.

E nunca mais me preocupei ate meus 28, 30 anos, sei la. Nem lembro.

La no ES, fui inventar de fazer engenharia. Tomei bomba no primeiro periodo de engenharia. Nao foi porque o salario atrasou, ou to trabalho tava dificil. Foi porque EU nao me esforcei o suficiente. Eu queria era oba-oba, achei que faculdade era mole. Nao é.

Ta quase na hora de tentar de novo...

Hoje em dia a coisa é BEM diferente. 38 anos, longe da escola ha tempos, la vou eu ter que estudar pra vestibular, estudar MUITA matematica, perder noites, voltar a um ritimo que eu nao sei se aguento. Mas eu PRECISO conseguir.

Hoje em dia é muito mais dificil. Moro em Sao Paulo (ou seja, ja viu que tudo é caro, né?), de aluguel (e vou ter que mudar pra uma casa substancialmente mais barata, senao...), trabalho como autonomo e nao tenho ninguem pra me ajudar nessa. É quase suicidio. Mas eu TENHO que tentar. Quero ser engenheiro e subir na vida.

Entao, amigos paulistas, gostaria de dicas. Onde morar (que seja barato e seguro), onde estudar, o que fazer (engenharia de telecom acho que nao é mais legal nao, queria algo direcionado a embarcados), como proceder?

Ajudem um amigo taba a subir na vida :)

5 comentários:

SUIKA disse...

Creio que fazer faculdade não é sinal de mais dinheiro. Vejam os casos de Michael Dell, Steve Jobs, Eike Batista... todos ABANDONARAM a faculdade! Mas se você pretende mesmo fazer, as melhores escolas públicas são ITA e USP. Se for particular, tem Mackenzie, Faap, FEI, etc. Para morar um pouco mais em conta, cidades como São Bernardo do Campo, Santo André e São Caetano do Sul, no ABC paulista costuma ter preços mais em conta. Evite Guarulhos, Osasco e Diadema que são cidades mais violentas. Uma outra dica, se for em São Paulo, é morar próximo de uma estação do metrô, mesmo distante.

Fernando Gallego disse...

Taba, a pergunta é: Para que você quer fazer faculdade? Caso queira o conhecimento, acredite, não irá conquistá-lo dessa forma, pois pessoas autodidatas e teóricas como você e o Tio Dimir galgaram ao logo da vida mais conhecimento prático que a grande maioria dos professores. É pelo Canudo? Aí sim concordo contigo, pois mais portas são abertas com o mesmo. Caso você queira as top, tais como ITA, IME, USP, Unicamp, claro que recomendo, porém existe o vestibular... Caso queira o canudo no momento, sugiro fazer engenharia a distância, pois é plenamente válido como o curso presencial, conforme legislação vigente (Lei nº 9.394). Entre no site do MEC (http://emec.mec.gov.br/), clique em Consulta Avançada, Escolha Curso, digite Engenharia, e faça um check no "distância", assim verá as universidades autorizadas pelo MEC para prover curso de Engenharia a distância no Brasil. Assim só precisará do micro e ir ao local 1 ou 2 vezes por mês para fazer as provas, e por ser autodidata aprenderá muito mais. Um abração e sucesso!

Iamweasel disse...

Opa Taba,

Antes de mais nada, feliz ano novo para vc.

Não sou paulista, mas sou engenheiro. Vão algumas dicas para fazer o curso:

1) Tem muita matemática, e vc pode encontrar muito professor teórico que nunca fez um projeto na vida. Algumas cadeiras são bem pesadas e vc pode ter que trancar a matéria (melhor fazer isso do que reprovar, explico depois). Não desanime, isso faz parte. Lembre-se que todo mundo passa por isso.
2) Aproveite o tempo do curso para se envolver em projetos, aprender na prática. Como vc já tem experiência prática em eletrônica, vai levar vantagem ao competir com os outros alunos. É importante fazer projetos, participar de pesquisa porque isso vai valorizar teu currículo mais na frente, quando estiver chegando no fim do curso.
3) Procure manter boas notas, mesmo que para isso tenha que atrasar o curso pagando menos cadeiras. Mantenha uma boa média no curso. Teu histórico escolar (da faculdade) vai te perseguir pelo resto da vida quando vc quiser pegar bolsa de pesquisa ou fazer mestrado / doutorado. E porque fazer mestrado? Para ganhar dinheiro, seja como professor, seja participando de projetos de pesquisa. Não vacile aqui. Ninguém me explicou isso na época e eu me lasquei bastante quando quis fazer mestrado.
4) Qual engenharia fazer? A que vc gostar mais, é claro. Acho que é eletrônica o seu caso ou talvez eng. de computação. As vezes ficamos tentados a fazer algo diferente, mas creio ser melhor fazer aquilo que fazemos melhor.

Bom, é isso. Espero ter ajudado. Boa sorte.

Maurício.

fernandogiroldo disse...

Olá Alexandre , ja conheço a muitos anos os seus posts e é a primeira vez que escrevo aqui,sou tec em eletronica e estou estudando engenharia no norte do PR , um jeito de economizar na faculdade no meu caso fiz Enem e depois PROUNI e SISU pra concorrer uma bolsa de estudos,em 2011 consegui 2 bolsas com uma nota do enem=628 uma bolsa de eng eletronica em faculdade federal UTFPR e uma em eng elétrica em uma facul particular , mas optei pela particular por ser proximo da minha cidade , porque teria que mudar de cidade pra estudar , como tenho esposa e filhos ficaria dificil pagar um aluguel, so fica um alerta não escolha uma engenharia que vai limitar o teus poderes de assinar projetos no CREA, não sei ai em SP mas aqui no PR em breve vai limitar a atribuição que o engenheiro tem em assinar determinados projetos, se caso o engenheiro quiser assinar projetos q ele não tem atribuição ele tem q fazer uma especialização , mestrado, etc...estão querendo fazer da engenharia igual a medicina rsrsrs


Abraços e parabens pelos ótimos post de eletrônica!

Fernando Giroldo

MahjPlayer disse...

Taba, força ai cara.

Eu ano passado também tomei vergonha na cara e comecei a fazer faculdade. Literalmente, terminei o primeiro ano e ainda faltam mais 2.

Quem diz aqui que "faculdade não faz falta", ainda não sentiu na pele perder oportunidade por falta de diploma. Encara essa sim, que a situação vai mudar de figura.

Não vai ser fácil, trabalho + faculdade é cansativo pra caceta (ainda mais na nossa idade) - mas você vai ganhar muito, não só do lado financeiro.