terça-feira, julho 31, 2018

A (impossivel de encontrar) fonte do FS-A1 MKII

Ola pessoal, Tabajara na area!

UPDATE!!! Quem quiser comprar uma fonte dessas, mande um e-mail para alexandre@tabalabs.com.br - 5 pessoas e eu ja fabrico um lote. Obrigado!

Mas primeiro...Hora da mendingancia, né? :D Eu sei que voces adoram me ver pedindo para honrar nossos anunciantes, dar aquele click maroto ali em cima nos produtos anunciados...Voces gostam, falem a verdade :o)

Tambem vou lembrar da minha campanha no Apoia.Se.



Pessoal, deixem de ser pao-duros, paga ai uma pizza por mes pro Tabajara! Voces nao gostam de ler sempre posts interessantes? Custa tempo (e por consequencia dinheiro) trazer informacao legal pra voces. Que tal darem uma forcinha? ;o) 
Ok, amos aos trabalhos ;o)

O FS-A1 MKII é um dos meus MSX preferidos. O micro é pequenininho, bonitinho, tem um teclado super gostoso, uma programacao visual bacana (esse marrom-escuro-tendendo-ao-preto-com-laranja, voces vao me desculpar, mas eu acho simplesmente LINDO) e uma otima possibilidade de expansao interna - tem como expandir pra 2+, tem como colocar 512K de mapper com facilidade, aceita ate fonte interna (tem la no www.tabalabs.com.br, procura la), o conector de slot traseiro é horizontal - o que facilita o uso de um expansor de slots atras) e, como ja disse, ele é muito fofinho :o)


Esse micro foi presente (!) de um amigo, mais um motivo pra eu gostar tanto dele :o)

Porem, quase todo A1 que voce encontra por aqui vem sem a (pesada) fonte de alimentação externa. A qual, pra dificultar, vem com um conector bizarro


Curioso que a mesma fonte serve pra muitos dos micros da Sony tambem, como por exemplo o meu HB-10...que eu tambem gosto muito e ta la jogadinho num canto ha decadas, porque eu nunca consegui fazer uma fonte pra ele por causa desse maldito conector bizarro.

O FRS la na MSXBR-L disse que o nome desse conector é MINI-IEC, e que tem num site la de fora. Infelizmente o cabo com esse conector é mais caro do que eu acho aqui no BR :( De qualquer forma obrigado pela dica, FRS! :oD

Bem, arrumei um fornecedor de cabos desses ai, entao provavelmente farei algumas fontes pra vender (na faixa de R$ 180 cada). Mas deixo aqui o registro da fonte que fiz pra ele


Gostaria muito que alguem conseguisse esse plug baratinho. Como esse plug é usado em um equipamento industrial, estou comprando CADA CABO (que vem com uma fonte que nao vou usar) pela infima quantia de CINQUENTA REAIS CADA. Achou caro? Eu tambem. Quem achar mais barato, favor passar o link.

Esse foi o material utilizado


Lista de material:
  • Caixinha "patola" para fontes
  • Cabo de alimentação (plugue + fio) a sua escolha
  • O tal cabinho com o conector bizarro do FS-A1
  • Um diodo 1N5404
  • Um capacitor de 4700µF x 25 (ou mais) volts
  • Um led 5mm a sua escolha
  • Um resistor de 330R
  • Uma chave liga desliga
  • Uma chave 110-220V
  • Um par de amarras pra fio
  • Super bonder, ferro de soldar, solda, etc. 
  • Transformador 9V x 1.5A + 18V x 350mA
Fazer essa fonte é muito simples. Basicamente voce solda o diodo em um dos fios do enrolamento de 9V, com o "tracinho" pra fora. O "tracinho" voce liga no positivo do capacitor. O fio que sobrou do enrolamento de 9V voce liga em um dos fios do enrolamento de 18V. Esses dois fios ligados, voce liga no GND do capacitor. Ai voce liga o rabicho do conector maldito nos pinos adequados vide o esquema do conector la em cima, na foto da fonte da panasonic/sony, lembre-se que o grafico da etiqueta da fonte é O CONECTOR. O led voce liga o resistor de 330R em um dos pinos, e liga o positivo/negativo nos pinos do capacitor.

Desculpem a explicacao meio "aerea", é que é algo tao simples que eu nao sei como descrever pra voces com mais exatidao.

O transformador eu paguei a mixaria de 55 reais na Sta Ifigenia, tive que mandar fazer. Ou seja, só de transformador + cabo temos 105 reais. É uma boa grana, por isso dessa fonte ser cara. Claro, se nao quiser mandar fazer transformador, voce pode usar dois transformadores dentro de uma caixa só. Só fica mais caro.

O resultado ta aqui


"Not fancy but it works"

Uma fonte nao tem nada de especial. Mas eu sei que voces gostam de ver pornzao, entao tai :) A fonte do FS-A1!

Lembrando que essa mesma fonte serve pro FS-A1, FS-A1 MKII, Sony HB-10 e varios outros que eu nao faço a menor ideia :o)


 Depois eu faço um adesivo bacana pra colocar na cara dela :o)


E FINALMENTE, meu FS-A1 MkII funciona :oD

Ate a proxima, pessoal...E nao esqueçam daquele click maroto nos patrocinadores, e participar da campanha do Apoia-Se! :D

segunda-feira, julho 30, 2018

A fonte do Hitachi H-1

Ola pessoal, Tabajara na area!

To sem paciencia pra contar piada :\ Entao vamos direto ao serviço? Só peço pra lembrar pra conhecer nossos patrocinadores, aquele clickzinho no anuncio la em cima :o) E de ajudar o tabajaralabs, e apoiar nossa campanha de doações para um tabajaralabs melhor



Hoje, entediado, de saco cheio de tanto consertar troço dos outros, eu resolvi parar um segundinho pra fazer a fonte do meu Hitachi H1.


Nao vou me prolongar sobre o circuito, ja falei desse "mod" aqui algumas vezes. Pega uma fonte qualquer que tenha 5 e 12 volts de saida (tipo aquela de kit pra ligar HD em porta USB)


Dentro dela, localizamos qual a saida do transformador do circuito de 12Volts, e ligamos aquele circuitinho maroto, velho conhecido, ja publicado aqui varias vezes


Nao requer pratica, taopouco habilidade. Cabe em qualquer cantinho da fonte


Beleza, foi so soldar o conector mini-DIN de 7 vias, e ligar no micro

Aí...


Ebaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa :oD Agora meu H1 tem sua propria fonte ;o)


Mas pq o mau humor?

Porque o idiota que vos fala inverteu GND e 5VCC na fonte de alimentacao



Saiu fumaça, fedeu, deu desespero. Mas por sorte o circuito é bem projetado e aguenta praticamente qualquer coisa. Entao nao deu pau, o H1 continua vivinho da silva. Ainda bem.

É isso ai, pessoal! Ate a proxima! :oD

terça-feira, julho 24, 2018

Tabela dos modelos de fitas das impressoras Panasonic, National e Sony para MSX

Ola pessoal!

Primeiro...Hora da mendingancia, né? :D Eu sei que voces adoram me ver pedindo para honrar nossos anunciantes, dar aquele click maroto ali em cima nos produtos anunciados...Voces gostam, falem a verdade :o)

Tambem vou lembrar da minha campanha no Apoia.Se.



Pessoal, deixem de ser pao-duros, paga ai uma pizza por mes pro Tabajara! Voces nao gostam de ler sempre posts interessantes? Custa tempo (e por consequencia dinheiro) trazer informacao legal pra voces. Que tal darem uma forcinha? ;o) 

Mas ok, mendinguei, agora vamos ao assunto do dia!

Voce tem um(a)...
  • FS-PA1
  • FS-PC1
  • FS-PK1
  • FS-PW1
  • HBP-F1
  • HBP-F1C
  • FW-PU1B
  • FS-4500
  • FS-4600F
  • FS-4700F
E quer saber qual é a fita que a sua impressora usa?

Bem, primeiro uma noticia interessante: Se voce colocar uma bobina de papel de FAX no lugar do papel comum, a impressora imprime sem fita. Veja o video abaixo:


Isso funciona para QUALQUER impressora ou maquina de escrever que use fita termica. Inclusive a praxis 20. E eu nao tenho todas as impressoras do MSX. Mas no caso da minha, que é a FS-PC1, ela tem um suporte dobravel atras para rolo de papel de fax. Acho que da pra ver ai em cima no video

Porem, graças ao Über-Fudeba Werner Kai, temos aqui uma lista das fitas e impressoras compativeis. Aproveitem! E clica que aumenta...


Ate a proxima, pessoal! E nao esqueçam do click nos patrocinadores :D

segunda-feira, julho 23, 2018

A transformacao do Yamaha CX-11 para MSX 2.0

UPDATE: Video mostrando como soltar as (malditas) travas da tampa
UPDATE: arquivos de ROM necessarios para a transformacao, la no finalzinho do artigo

Ola Pessoalzzzz.....Tabajara...zzzzz....na area!

Desculpem o sono, sao 5 da manha :o)

Hoje o assunto é legal, transformação de micro pra 2.0. Mas primeiro...Hora da mendingancia, né? :D Eu sei que voces adoram me ver pedindo para honrar nossos anunciantes, dar aquele click maroto ali em cima nos produtos anunciados...Voces gostam, falem a verdade :o)

Tambem vou lembrar da minha campanha no Apoia.Se.


Pessoal, deixem de ser pao-duros, paga ai uma pizza por mes pro Tabajara! Voces nao gostam de ler sempre posts interessantes? Custa tempo (e por consequencia dinheiro) trazer informacao legal pra voces. Que tal darem uma forcinha? ;o) 

Mas ok, mendinguei, agora vamos ao assunto do dia!

Um MSX 2.0 é um MSX 1.0 com um pouquinho de circuito a mais...
  • VDP 9938 com 4 memorias 4464
  • ROM e SUB-ROM de 2.0
  • Expansor de slots (normalmente no slot 3)
So isso. Qualquer MSX 1.0 pode virar 2.0. Basta voce adicionar o conjunto VDP + memorias, a ROM e SUB-ROM e o expansor de slots. Na verdade, voce nem precisa do expansor. A ROM vai no lugar da ROM que ja existe, e a SUB-ROM vai em um dos 2 slots disponiveis. É que nao vale muito a pena ter um MSX com um slot só, nao e mesmo?

Entao, kits para conversao de MSX1 para MSX2 se tornaram comuns no Brasil. La fora, lançaram maquinas ja 2.0 "de fabrica". Aqui no Brasil como a Gradiente e a Epcom nunca se interessaram...o jeito foi ter kits de conversao.

Porem, depois que aprendemos a comprar MSX la de fora, ficou muito comum trazer MSX2 "original de fabrica", mas tambem MSX1 aos borbotoes. E eventualmente, compra-se MSX1 pensando que é MSX2 :o) Foi o caso deste CX-11

 (hoje voces vao me desculpar a qualidade das fotos, fotografei com outra camera e ficaram um lixo)

Esse micrao lindo ai é o mesmo caso do YIS503/II que ja vimos aqui no blog. Ele é um MSX 1.½. Na realidade, gracas aos problemas de conversao, eu diria MSX 1.¼ :o)



Este micro é um MSX1 da Yamaha, tambem orientado a musica - vem com o SFG-01 embaixo - porem é simplificado a extremos. Realmente nao sei explicar o porque dele ser TAO simplificado. Mas pra resumir, esse micro é um MSX2 sem...
  • Memoria. Só tem 32K de RAM. E de um jeito muito doido, igual os YIS303/503 e o CX5M :\ 
  • Mapper. Nao tem nem o lugar na placa. 
  • Slot expandido. Parte do circuito vem faltando. E é so um integradinho TTL, mas nao tem nem o lugar dele na placa
  • 16K de VRAM. Ou seja, so daria pra usar 80 colunas como o YIS503/II e o CX5M/II. Mas como nao tem lugar pra SUB-ROM, entao nao tem o codigo necessario pra aproveitar o recurso
  • Slot frontal. Nao tem nem a furação na placa
  • ROM. Só tem um soquete pra ROM
Resumo? É o MSX 1.½ mais capado que eu vi na vida :o)

So que sabe como é, né? O amigo que comprou ficou tristaço, gastou mó grana pra trazer do Japao, chegou aqui...Fuééé, era MSX1. Pra te ser sincero ate eu pensei que era MSX2, mas nao tinha me tocado quando vi a foto.

MISSAO DADA É MISSAO CUMPRIDA. Dane-se. Vamos fazer essa jaca virar MSX2.



ANTES DE QUALQUER COISA:
Como soltar as (malditas) travas da tampa.




Agora sim, aquela olhada marota por dentro


Olhando assim, parece um CX5M/II ou um YIS503/II ne?


Mesmo modulador


Mesma fonte tambem


Mesmo teclado e seu maldito conector


EITA NOIS!!! Que placa cheia...de espaço vazio! O_O

Observem como essa placa é radicalmente diferente da placa do YIS503/II



Nao tem jeito, vamos começar logo porque eu ja to ansioso pra ver o boot do 2.0 :oD


Primeiro eu fui checar o espaço entre o modulador e a placa, pra ver se cabe uma "torre" de VRAMs aqui


Cabe. Entao vamos começar


Primeira etapa, torre de VRAM. Nao tem muito misterio ai. Voce pega 4 memorias 4464 e em duas delas voce levanta o pino 16. Solda uma memoria com o pino levantado, em cima de outra memoria sem o pino levantado. Faz um par desse conjuntinho e liga os dois pinos 16 levantados ao pino 60 do processador de video. Nao requer pratica, taopouco habilidade. O que voce está fazendo é ligar um par de memorias 4464 onde havia um par de 4416 (que - pasmem - tem a mesma pinagem) e ligando outro par tambem nos mesmos pinos, mas o pino de /CAS (o pino levantado) em outro /CAS do processador de video. Feito isso, voce tem 128K de VRAM.


Agora, nessa foto eu vacilei. Eu fiz um monte de coisas ao mesmo tempo e, como ficou mó bagunça (isso ai foi so um teste), eu vou detalhar mesmo sem fotos


Baguncinha boa, né? :o)

Primeiro eu testei o boot do micro com as roms 2.0. Pra isso eu coloquei a MAIN rom no lugar de sempre, e a SUB rom eu coloquei num cartucho gradiente em um slot qualquer. Como fazer? Grave a SUB ROM em uma 27C128, coloque no cartucho gradiente e naquele jumper de seleção de 4000/8000, ligue o pino do meio aos pinos 20 e 22 da memoria. Assim a memoria vai ser selecionada a partir de 0000h que é a posicao correta pra sub-rom

Funcionou direitinho, parti pro expansor de slots.

O S3527 (que nesse micro, curiosamente, se chama X3527) tem uma peculiaridade pouco conhecida - voce precisa de uma porta NAND de 8 entradas para gerar um sinal que ele precisa chamado /RSEL

Esse circuito ja se faz presente praticamente em todo micro com o S3527. Só que nesse nao tem :\

É facil de fazer, veja aqui


Eu levantei todos os pinos de um 74LS30, menos o 7 e o 14. Esses eu soldei no pino 7 e 14 de um outro integrado proximo ao Z80

As entradas sao os pinos 1, 2, 3, 4, 5, 6, 11 e 12. Vamos ligar o pino 12 a VCC (ou seja, ligar o pino 12 ao pino 14) e ligar A2 no pino 1, A8 no pino 2, A9 no pino 3, A10 no pino 4, A11 no pino 5, A12 no pino 6 e A13 no pino 11.

O pino 8 e a saida. Ele vai ligado no pino /RSEL do S3527.. E felizmente, nao precisamos soldar esse fio numa das perninhas minusculas do chip. Voce pode soldar no pino de baixo do R342


Tao vendo, o fiozinho preto? É ali que liga, perto do R.

Feito isso, a expansao de slot está habilitada. Corte tambem o fio cinza que tem embaixo a direita, pra que o slot expandido seja o 3


Beleza, agora vem a parte REALMENTE dificil.

Temos que soldar um fio que será a habilitação da SUB-ROM. Esse fio nao tem jeito. Ele vai no terceiro pino da esquerda pra direita, na face virada pra cima do S3527


Esse fio NAO TEM JEITO. Reparem que nao ha trilha ligada a ele. É o pino de selecao do slot 3.1 e voce obrigatoriamente vai ter que ligar um fio ali. Lamento, nao tem como pular essa etapa.

Feito isso, precisamos gravar os arquivos da ROM **SEM O CODIGO DO RTC** e fazer mais uma "torrezinha", dessa vez de EPROMs :)


O que eu fiz aqui foi soldar uma eprom em cima da outra. A de baixo vai com o codigo "MAIN" e a de cima, a "SUB-ROM"

Na EPROM de cima voce levanta os pinos 20 e 22. O pino 20 voce liga ao fio que voce ligou laaaa no S3527. O pino 22 voce liga ao pino /RD (21) do Z80

Com isso, o micro ja funciona como 2.0 :o)

So que voce ainda tem 32K de RAM. Voce precisa acertar esse "pequeno detalhe"

Eu nao sou a maçã mais brilhante do mundo MSX. Tem coisas que eu - REALMENTE - nao entendo. Uma delas é o mapeamento de memoria maluco desse S3527


Sim, voce esta vendo direito
16K no slot 0 e 64K no slot 3.2

EU NAO FAÇO A MENOR IDEIA DO PORQUE DESSA SANDICE. Como esse micro nao tem mapper, voce fica obrigado a usar esse mapeamento biruta. Se alguem puder me explicar o porque disso, ficarei grato.

Esta é a area de memoria desse micro:


Sao 4 memorias 4416. Voce tem que tirar IC322 e IC324, e substituir por duas 4464


Por fim, o micro funciona perfeitamente :o)

No final, o mapa de memoria fica assim:
(desconsidere o slot 1 expandido, porque eu estava usando a SD/Mapper)


Me fizeram uma pergunta..."Alexandre, esse micro entao é uma droga!?"
De forma alguma. Ele é apenas um micro que nao e tao facil de expandir quanto os outros. E agora, depois que eu pastei que nem um tonto, voces tem tudo de mao beijada. Com essas fotos e os arquivos desse post, qualquer pessoa com alguma pratica em eletronica faz esse serviço em 2 ou 3 horas. O dificil foi chegar ate aqui :o)

Entao, o micro está "pronto"


O "pronto" entre aspas é porque a ROM vai ter que ser mudada...

A ROM que rola por ai do CX7M/128 parece que nao é dele. É na realidade de um micro europeu de 50 Hz com um mapa de teclado aparentemente diferente.

Eu pedi aos abnegados amigos que manjam mais de programacao de MSX do que eu, que por favor modificassem a rom do meu YIS503/II para nao usar o RTC, uma vez que é (bem) enrolado de implementar o RTC nesse computador. Fazendo isso, o micro fica perfeito. Por enquanto ele funciona, com 4 ou 5 teclas trocadas e em 50 Hz.

De qualquer forma, o pior ja ta feito. A hora que alguem alterar a ROM, eu so gravo mais um par de EPROMs e esse micro fica 100%. Do jeito que esta, ja está usavel

E o meu amigo se salvou dessa encrenca que foi ter comprado um MSX1 com cara de MSX2 :o)

Ate a proxima, pessoal! E nao se esqueçam dos clicks dos anunciantes ;o)

ARQUIVOS NECESSARIOS
Aqui voce tem todos os arquivos para transformação dos Yamaha tipo 2 (YIS503/II, YIS603, CX5M/II, CX7M/128, CX11, AX200, AX250, etc)
Agradecimentos ao Leonard Oliveira por ter criado os arquivos patcheados e testados!

quinta-feira, julho 19, 2018

O AX170 agora tem cor!

Ola pessoal, Tabajara na area!

Mendingando...NAO SE ESQUECAM DO CLICK NOS ANUNCIANTES, é legal conhecer nossos anunciantes e dá uma merrequinha que faz falta aqui no tabalabs, vamos ajudar?

Tambem nao se esqueçam, participem da campanha do APOIA-SE e ajudem o Tabajara a comprar seu Jaguar. É baratinho, podem doar quanto quiserem ;o)


E mais uma graça de São Paulo Maluf (não, não é o politico), temos mais um brinquedão para mostrar pra voces E trazer uma grande novidade :o)


Este é o AX170. Mais um "sanyo tipo 1" fabricado para a Al-Alamiah. Voces ja conhecem a sanyo, o "tipo 1" e os al-alamiah de laaa de tras. Esse é o irmaozinho mais proximo do AX230, porem a placa de circuito impresso se aproxima bastante do Wavy2.

 Esse micro nao funcionava, tinha problema no MSX Engine (que foi trocado) e nas RAMs. Funcionou redondo, nao tem muito a dizer dele. Mas tem um detalhe...


 Quantas vezes voce viu um AX170 com cor? Afinal eles sao PAL-algumacoisa, la do Kuwait! :D

Vou explicar pra voces como fazer rapidinho, pq to morrendo de sono:


 Tao vendo os dois quadrados em vermelho? Troque esse cristal pelo 21.477MHz e corte o jumper W101.

SO ISSO. SERIO.

O pessoal procurava ha tempos como fazer, tai a dica. Para transformar o AX170 em NTSC, basta voce cortar o W1101 e trocar esse cristal por um de 21.477MHz.

Mas nao vou deixar o post so por isso nao, vamos ver mais coisas desse lindo MSX1 por dentro :o)


 A placa dele, a area grafada em vermelho é onde ficam o jumper e o cristal


 A ROM de cima é a ROM do BIOS/BASIC, equivale a uma 27C256. A ROM de baixo é a ROM dos programas em arabe, tambem equivale a uma 27C256


 Nesse cristal voce nao precisa mexer. Ele é de 3.579545MHz (frequencia NTSC x1) e é o que comanda o funcionamento da maquina.


 Esse botao de reset vive dando defeito. Troque-o se possivel


 Podem me zoar. Eu acho esse relezinho minusculo uma graça! E é ele que faz o "clique" quando voce liga o computador.


 SEEEEEEEEEEEEEEGAAAAAAAAAAAAAAA!!! :oD Ops...


 Agora tem cor :oD


 O menu em arabe




É isso ai pessoal, ate a proxima!


UPDATE: Video INTERESSANTISSIMO de um colecionador mostrando os micros da Al-Alamiah!