terça-feira, janeiro 31, 2006

Eu NAO vejo BBB6!!!

Estupidez é algo que me irrita!

Imaginem a cena: Uma familia feliz, com seus filhos e filhas, gato e cachorro, sentados na sala ansiosos por começar um programa que tem...nada!

Um grupo de pessoas, normalmente com pessimos habitos/visual, que fica confinado numa (nababesca) residencia, fazendo...NADA?!?!

Isso pra mim é o cumulo da estupidez...qual a graça de observar gente fazendo NADA? Coloca um espelho no lugar do TV e economize energia!!!

No tempo que minha mae ficou vendo BBB6, eu aprendi dois comandos de VHDL. :oþ

segunda-feira, janeiro 30, 2006

Update no site!

So pra nao esquecer, o tabajara labs recebeu um update razoavel, dá uma olhada lá

Ah um trabalho heim!!!

Primeiro de tudo eu reconheço: Lei é lei e infração é infração. Nao posso fazer nada.

Mas doi. Essa sexta feira fui pegar a namorada na rodoviaria - depois de UM MES sem ve-la porque nao tava com grana pra ir até a casa dela (no interiorrr) nem pra bancar a viagem pra cá. To voltando da rodoviaria...blitz, sou parado e meu carro apreendido porque estava com o licenciamento atrasado.

Ok. É lei. Mas...

Atras de mim tinha um uno, lotado de gente, com uma criança de colo. Nenemzinho mesmo de meses. O carro tambem foi apreendido.

Ao inves de ficar marcando pessoal que nao pagou o licenciamento, pra nos dar essas estradas de bosta que temos aqui, vai subir o morro pra caçar um vagabundo, vai? Quero ver quem vai pagar a conta das minhas carissimas rodas de aluminio, que estao quase quadradas de tanto buraco que tem na Av. Lindemberg. Isso o maldito governo nao ve.

Meus respeitos aos policiais. Estavam fazendo seu trabalho, por pior que ele seja. Mas que caçar bandido é mais util pra população que deixar a pé uma familia com nenem de colo...ah, isso é.

Agora to com o carro preso. Uma fortuna pra tirar. O que vou fazer?

segunda-feira, janeiro 23, 2006

Tudo na vida tem seu preço.

Vendo a nova onda de "orkutcidios" (cruzes, criaram até uma expressao pro ato de se desligar de um site!), algumas palavras me vem a cabeça.

Tudo na vida tem um preço. Se voce turbina seu carro, fatalmente ele vai consumir mais. Se voce quer jogar quake 4, fatalmente vai ter que ter uma maquina porreta. Se voce virar a mao na cara de um grandalhao na rua, certamente vai tomar umas bifas. Se voce der com a cabeça na parede, com força, certamente vai machucar.

Será que tem que ser muito esperto pra entender isso?

Vejamos o orkut. Pra mim, é uma ferramenta maravilhosa. Outro dia tive o prazer de ser encontrado pela minha ex-professora de Portugues, a dona Olga. Poxa, foi uma das professoras mais queridas que tive!!! Encontrei tambem amigos(as) de escola, ex-namoradas, colegas de trabalho e amigos que nao via ha uma cara. Me foi muito util.

Evidentemente, botar a bunda na janela e deixa-la exposta, vai fazer com que eventualmente um marimbondo ache graça na forma redonda e pique-a. Ou seja, um dia vai aparecer um engraçadinho falando gracinhas, um spammer falando merda ou um antigo credor que eu nem lembrava mais que devia 10 reais. Faz parte do jogo.

Obviamente, quem quer se manter "conectado", está sujeito a uma profunda invasao de privacidade. Vejamos o exemplo da Bia Kuntze. Ela tem blog, flog, *log e outros trolologs. Como uma pessoa que se expoe tanto, expondo seus pensamentos, suas ideias, suas imagens, pode querer um pouco de privacidade? Digo mais: Como pode achar que ninguem vai mandar um cantadao via e-mail - sim, ela é muuuuito bonita - ou ninguem vai falar um improperio mais improprio em uma hora impropria? Lamento, é o preço da exposição.

Pior, ainda se deu o trabalho de escrever "cartinha de despedida" como se tivesse que dar satisfação a alguem. Ô Bia, simplesmente sai do orkut e babau, nao precisa avisar a ninguem que nao sejam seus amigos que estao na sua lista no excel nao. Fazer qualquer coisa alem disso, é botar a bunda na janela para - mais uma vez - o marimbondo morder. Pra alguem entrar nos comentarios do seu site e escrever "Ô, ja vai tarde!" e te chatear o dia, nao custa nada!!!

Alias, uma coisa comum entre nossas neo-pseudo-celebridades-de-vanguarda da internet, é justamente isso. Se achar tao importante, que acha que deve satisfações ao "seu publico" e aos "seus admiradores". Aqui no tabajara blog a coisa funciona assim: Eu escrevo pra mim. Quem nao quiser ler, babau. Quem quiser, pó-brema seu. Nao faço um blog pra conquistar admiradores, mas sim pra extravazar a minha raiva, minha ira, minha angustia de ver tanta estupidez num país tao lindo como o nosso.


Infelizmente as duas unicas coisas que nao tem fim, sao tristeza e imbecilidade. E disso o orkut ta cheio.

Porque nao usar a tecnologia ao seu favor ao inves de choramingar pelos cantos? Informação é poder, domine-a!

Greetz!

terça-feira, janeiro 17, 2006

Gol contra

Alguem ja viu o gol G4?

Minha opiniao: Carro de 10 mil reais para frotistas. Ponto final.

Nao há muito o que dizer. Painel horrivel, cluster de instrumentos horrivel, banco horrivel, forração de porta horrivel, aparencia externa horrivel, motor de 1900 e bolinha (o motor do meu Escort Formula é o mesmo 1.8 que vai na versao "top" desse gol. O motor do meu passat tambem era. Detalhe que o escort é 91 e o passat 80).

O mais tosco é a "luz de cortesia". IDENTICA a do FUSCA!!! Sim, eu falei F U S C A ! ! !.

VW, se mata. Vai fazer carrinho de mao que de repente voce se sai melhor.

Os "micos" da VW:
  • Kombi com motorização de fusquete. Só mudou em 2006.
  • Fox 1.0 que nao sobe ladeira, principalmente em dia de chuva
  • Gol G4, que é simplesmente bizarro
Quem quiser acrescentar a lista, fique a vontade.

domingo, janeiro 15, 2006

Quem lê meu blog?

É uma grande pergunta. Eu mesmo nao sei. Tenho umas 60-80 visitas diarias (fora obvio o pico de 2000 de quando saiu meu site no hackaday.com) mas nao faço a minima ideia de quem sao.

Pois bem, se voce clicar ali embaixo no contador do sitemeter, voce pode selecionar a opcao "by referrals" que tem as paginas de origem, as paginas que estavam sendo vistas antes do visitante chegar aqui.

E aparece umas bizarrices como...
  • virar ESN
  • IMEI roubado
  • Prestacao Atrasada de carro
  • instalar injecao eletronica no fusca
  • sexo na kombi
  • chá de fita k-7 (olha o Ginseng ai galera!)
Cada doideira hehehe

My Own Despair.Com!!!


Alguem ai ja foi no Despair.com???

É um site muito louco com uns posters "demotivacionais". Um poster por exemplo tem o titulo "apatia" e um telefone cheio de teias de aranha. O rodapé diz "Se voce nao ligar pros nossos clientes, talvez eles parem de nos perturbar...". Simplesmente FANTASTICO. Ja inclusive coloquei um poster desses aqui no blog.

Ai me aparece >>>ESTE SITE<<< que permite a voce fazer os SEUS posters iguais aos do Despair.com iguaiszinhos aos originais!!! Diversao pra horas e horas. Olha o wallpaper da minha maquina ai ao lado hehehehehehe

Quem vai criar o desespero.com.br? :oD

0.W.N.3.D.


Sem a ajuda da querida Symbol, ai está o PS/2 Synapse-Like Tabajara 2000.

Aguardem a descrição completa do protocolo, pra desespero da Symbol, uhauhauhauhaauha

Isso só manda um recado pra Symbol: Nao adianta colocar protocolo proprietario. Tem os esquemas e a descrição do protocolo no deposito de patentes do governo americano. E nada que um cara teimoso, com um analisador logico, nao possa hackear.

Tabajara Labs Ominna Hack!

quarta-feira, janeiro 11, 2006

Link novo na parada!!!

http://www.bomdiaporque.com.br/

Prestigiem, é muito bom, merece o "selo de qualidade tabajara

E a apple comete a heresia mais profana da face da terra... Mac com processador INTEL???

Questao numero um: O dia que um macintosh usar um processador intel, é sinal do fim dos tempos

Questao numero dois: Até mes passado, os anuncios da $apple$ eram de lesmas com um processador pentium em cima. Sempre se enfatiza que a arquitetura power PC é mais eficiente do que a arquitetura intel. Ai "de repente" aparece um pentium "duas vezes mais rapido que nossos powerPC G5". A apple ta querendo me fazer de palhaço ou ela ja ta me fazendo de palhaço?

Que Deus nao tenha piedade alguma, mac rodando proc. intel é heresia, e merece ser jogado no pit of hell juntinho dos caras maus do doom 3. Aproveita e joga o safado do Jobs tambem, e traz o Wozniak (aka: deus) de volta. Quem sabe assim voltamos a ter produtos decentes.

domingo, janeiro 08, 2006

Saudades do Daniel Azulay :o(

Pois é, quando eu era pequeno, me amarrava no programa do Daniel Azulay.

Sabe aquele programa infantil? Que ensina as crianças a fazer coisas legais e que o protagonista do programa - embora adulto - se porta comportadamente como uma criança, mantendo-se no mesmo nivel dos telespectadores? Pois é, era algo inocente e divertido!

Sinto saudades dos programas que efetivamente ENSINAVAM alguma coisa, despertando a curiosidade tecno/cientifica nas crianças. Programas realmente infantis, que nao precisavam de uma apresentadora loira gostosa e varias assistentes loiras deliciosas, em roupas de puro feitiche. Eu gostava do programa do Tio Maneco, alguem lembra disso? E do robot com cabeça de chaleira?

Lembro-me vagamente de um outro programa que tambem era cheio de coisas educativas, mas nao consigo me lembrar o nome, isso ja faz muito tempo.

Sitio do picapau amarelo tambem era fantastico. Nao havia divorcio dos pais do pedrinho, nao havia maldade, era só aventura, diversao e pureza.

Meu Deus, onde foi parar a pureza e a infantilidade dos programas infantis?!?

sábado, janeiro 07, 2006

Quando se troca o brilhoso pelo fosco...

Quando eu era pequeno, eu tive um autorama.

Nao vou falar o trabalho que deu pra arrumar as pistas, nem de como eu caçava sucata pra montar meus carrinhos. Mas tinha, funcionava e era bom.

Eu me lembro que havia varios tipos de rodas, e que as minhas eram das mais feias e foscas possiveis. Haviam as rodas de aluminio brilhoso e as minhas eram as originais da estrela, completamente feiosas e foscas, com pneus (velhos) "calçados". Mas funcionava.

Um dia peguei o vidro de Kaol (pra quem nao conhece é um polidor de metais) do meu pai, liguei o motor do carrinho na fonte, molhei o cotonete no Kaol e vruuuuuuuuuuuuummmmmmmmmm, fui limpando as rodas do meu carro. Eu lembro que gastei uma meia caixa de cotonetes pra 4 rodas. Mas minhas rodas ficaram brilhando tanto, que causavam inveja aos meus amigos e na pista do Mayeda que eu corria la na Tijuca.

Essa historia eu to contando por causa do que eu li da mulher do "pedro da surfistinha" (o namorado da Bruna Surfistinha, a baranga de maior sucesso no Brasil neste momento). A ex-mulher do cara, que nao é nem um pouco feia (29 anos, comissaria de bordo, muito bonita) tava reclamando que o marido dela a trocou por aquela baranga da Bruna. Ok, meus respeitos a Bruna, nao tenho preconceito contra a profissao dela e dou-lhe meus parabens por ter sido uma excelente marketeira vendendo sua imagem e transformando uma commodity em sucesso de vendas. Mas mesmo assim, ainda a considero uma mulher feia. Gosto nao se discute.

Pois bem, porque um homem em sua sã consciencia trocaria aquele mulherao pela ex-prostituta feiosa?

Por um motivo muito simples: Beleza e riqueza nao sao sinonimos de amor, carinho e afeto.

Provavelmente aquele mulherao todo deve ser um porre. Sabe aquelas madames chatas? Aquelas que nao chupam nem muito menos engolem? Que as vezes ficam com "dor de cabeça", que adoram torrar uma grana, que odeiam nao ter dinheiro pra gastar, que passam o dia no salao conversando futilidades e chegam em casa se grudam na novela? Aquele tipo de mulher que nao gosta de nada que voce gosta? Que reclama da sua gata (miau!)? Que nao gosta de te ver jogando videogame? Pois é, a tal Samantha deve ser esse porre de mulher.

Eu nao tenho como saber se é ou nao é. Posso apenas conjecturar sobre o assunto. Mas venhamos e convenhamos...se eu tivesse uma mulher que so soubesse reclamar, gastasse pra caramba (fosse "gastosa" hahaha) e tivesse outros defeitos dessa linha...francamente...Prefiro ficar SOZINHO. Uma mulher dessas so dá dor de cabeça.

Talvez seja hora da ex do "Paulo da surfistinha" rever alguns conceitos...E nao é só ela nao...

segunda-feira, janeiro 02, 2006

Coisa de criança...

Minha namorada diz que videogame é coisa pra criança. E que eu nao tive infancia.

Bem, tem gente que realmente nao teve a merecida infancia. Infancia pra mim é voce correr na rua, soltar pipa, jogar bola, ganhar dos otarios na bola de gude, dar tapa na cabeça do nerd da escola, brincar de salada-mista (um homem, varias garotas...eeee!) e...jogar videogame. Sim, videogame foi uma das coisas mais fantasticas que ja apareceram no reino infantil, depois do gravador cassete, dos instrumentos musicais e dos brinquedos eletricos. Na boa.

Da minha infancia eu lembro bem do saudoso "Ministrek" vendido aqui no Brasil pela Trol (?). Era um jogo de placas negras todas furadinhas, e pecinhas em varios formatos e cores. Ponto, traço, L, quadrado grande, traço grande, etc. Voce desenhava com "mosaicos". A partir dali ficou facil entender a organização da tela de um computador.

Outro negocio legal era o autorama da estrela...pena que hoje em dia relegado a segundo plano e a um preço estratosferico. Alias, sempre foi estratosferico.

Nem todo mundo teve pai rico. Eu por exemplo nao tive. Lembro-me o quanto eu reclamei quando nao pude ter um Genius da estrela, ou entao o Stratus. Vertiplano entao, nem pensar!!!. Autorama era coisa que só ricos podiam ter. Aquele robot Ar-Tur??? Só mesmo na casa dos filhos da Vaní, que tinham dinheiro pacas.

Daí vem a fase adulta. Onde trabalhamos e podemos comprar nossos "Brinquedos". Daí vem a onda do colecionismo. Talvez, para alguns, o colecionismo é uma forma de dar uma banana a infancia pobre. Eu nunca pude ter um Amiga 500. Nem um CP-500. Nem um Apple //e. Nem o melhor videogame do momento. Alias, eu só ganhei o Odyssey porque eu fui atropelado e meu saudoso pai ficou com pena! Mas mesmo assim foi pisada na bola dele, porque eu queria mesmo era o Atari...eu avisei que queria o atari...Eu reclamei (muito) que eu queria era o atari...Mas ele trouxe o Odyssey. Bem...2 horas pra descobrir todos os macetes do formula 1 e do interlagos. Precisa nem dizer que perdeu a graça né? :oP

Pois bem, quando minha namorada fala que eu tenho que jogar todas essas minhas tralhas fora, eu vejo como teve gente que nao aceita se remeter a infancia perdida. Eu assumo, com todas as letras, que hoje eu faço questao de ter os brinquedos que eu nao pude ter! Alguns gostam de dar aos filhos, fazendo-os um espelho do que nao foram. Eu nao, eu gosto é de brincar!!! É uma cena hilaria, um cliente ou um amigo chegar aqui em casa e me ver na varanda brincando sozinho de vertiplano :o) Por mais sem graça que seja, é um brinquedo que eu gosto pacas :o)

E os videogames e computadores? Ah, eu sempre fui um afficionado por videogames. Nao, viciado é drogado, viciado é aquele que nao consegue se afastar do seu "vicio". É aquele que é biologicamente ligado a um atrativo fisico. Eu nao, eu sempre fui fascinado pela tecnologia e pelo desafio dos videogames. Do "sentar-o-traseiro-e-virar-o-jogo", ou "desmontar-tudo-reformar-botar-novinho-e-usar". Eu sempre gostei de restaurar, taí o meu WSX, procurem no www.tabajara-labs.com.br

E os computadores antigos...Quem disse que eu pude ter um MSX? Ate pude, a porcaria do Hotbit...Sem megaram, sem kit 2.0, sem nada. Só tive um drive, mesmo assim porque vendi meu apple ][+. Mas "nao dava pra fazer nada", embora naquela epoca eu queria mesmo era jogar. Hoje é diferente, eu nem jogo tanto, eu gosto é de futucar no hardware dele, eu devo ter uns 10 MSX...sem exagero...

O mundo dos micros e videogames antigos é fascinante. Mas normalmente só para quem viveu este mundo as margens, querendo e nao podendo. Desejando e nao alcançando. Talvez seja um "revival" da infancia pobre, e um ponto de orgulho por agora poder ter os brinquedos impossiveis de outrora. Ou talvez admiração pela beleza e pela tecnologia. Ou um misto dos dois. Nao importa...O que importa é o prazer que o colecionador sente ao ver seus brinquedos.

Que sejam inuteis, mas sao meus! :oD