domingo, dezembro 02, 2007

O fosforo

Como eu estou cheio de trabalho numa tarde de domingo, eu gostaria de escrever um ensaio sobre o FOSFORO.

O fosforo e nosso amigo. Ele esquenta a cabeca, para que nao comamos comida fria. O fosforo existe meramente para nos servir, para fazer com que o fogo se inicie, e que tenhamos conforto com isso. O fosforo acende o forno que assa o bolo (embora nao "liga o forno que assa minha bisnaga", mas isso é um pequeno detalhe!). O fosforo da partida a fogueira de sao joao, que esquenta a noite fria de junho. Ele liga o aquecedor (de pobre) que esquenta a agua do meu banho. O fosforo limpa a oreia quando nao tem cotonete. Falam do bom-brill, mas o fosforo tem 1001 utilidades!

O que seria do chafé da visualtronics se nao fosse o fosforo??? Bem...talvez fosse ate melhor, mas isso e outro assunto para outro post...

Resumo: Devemos referenciar o fosforo, porque e ele que nos traz conforto e calor.

O que a falta do que fazer e/ou a monotonia nos faz escrever...