sexta-feira, junho 29, 2012

E eu comprei o jogo original...PRA QUE?

Pois é, comprei o H.A.W.X. original

Tinha baixado o Demo, interessantissimo, roda legal no meu micro, gostei pacas de jogar. Ai como todo bom garoto, comprei o original, instalei, fiz cadastro na ubisoft, digitei o CD-KEY e...

...Nao tem ninguem online.

Pois é, nao explica como é o esquema de servidor, cliquei em online, ranked match, escolhi meu aviao e...ta la a meia hora parado na tela, nao consigo achar UMA misera pessoa pra jogar.

Dinheiro jogado fora? Tomara que nao. Foi baratinho, mas poxa...eu queria jogar online :o(

sábado, junho 23, 2012

Dicionario do Mercado Livre

Apos receber mais uma encomenda bichada, vamos a um dicionario simples e rapido do ML:
  • "para colecionadores" - Eu sou esperto, o resto do mundo é otario. Eu vou vender nintendinho (que foi fabricado aos BILHOES por ai) por 350 reais. E eu acredito piamente que tem otario que compra. E tem mesmo.
  • "RARO!!!" - O item foi fabricado aos milhoes, mas eu ainda acredito que eu vou vender esse Expert 1.1 a 250 reais. Sem teclado. E tem otario que compra.
  • "No estado" - O item nao funciona. Serio. E tem quem compra achando que vai funcionar.
  • "Seminovo" - Sem caixa, riscos na lataria, com mau-contato. E tem quem compre. 
  • "Nao testei porque nao tenho fonte/joystick/cartucho/fita/cabo de video" - Testei, nao funcionou e COM CERTEZA quero te passar a perna. E tem quem compre. 
  • "Com detalhes" - Ta todo fudid*. Nao aproveita pra nada. Mas como eu sou filho do pai Gerson...eu vou anunciar dessa forma, e sempre vai ter um otario que compra. 
  • "nao sei como funciona" - Eu tenho 12 em casa, afinal sou colecionador. Mas como eu quero me livrar dessa sucata, eu vou dar essa desculpa esfarrapada, e consigo me livrar do elefante branco. E tem sempre um abençoado que vai comprar.
  • "as vezes liga, as vezes nao, ta com mau-contato" - Nunca ligou, ta faltando peças na placa, mas eu pago de burro e um mané compra. Caro.
  • "Fusivel queimado" - Eu liguei em 440 Trifasico um troço que era pra ligar em 12 volts. Pof. E tem quem compre, veja só?!
Alguem tem mais alguma expressao pro Dicionario do Mercado Livre? :oD

quinta-feira, junho 21, 2012

Aos usuarios da lista Apple2BR

Oi pessoal da Apple2BR!!!

Ja que o owner da lista me expulsou sem direito a sequer saber o que eu fiz ou qual foi o motivo da minha expulsão, fica o registro da minha opiniao sobre o assunto.

Minha opiniao é muito simples: Eu faço mais falta pra voces, com meus artigos e o meu conhecimento de alguem que passou dos 14 aos 26 anos **consertando e dando suporte a Apple ][+** do que voces me fazem falta. Tenho meus apples, minhas placas, programa tem na net e peças eu tenho no meu "estoque". Eu poderia ser um cara idiota e dizer "nao publico mais nada pra Apple II la no Tabajara Labs", mas os usuarios da cena Apple II no Brasil nao tem culpa do ato pessoal e isolado de um owner de uma lista com sindrome de micro-poder. E eu nao vou descer ao nivel do "querido" owner da lista que me expulsou, sabe-se la porque. Alias, seria legal se o distinto fosse homem de chegar pra mim e dizer na cara "nao quero voce na minha lista pelo motivo XYZ", mas simplesmente apagou meu cadastro la e ponto final. Nao vai ser por causa da atitude irracional de uma pessoa, que muitos vao se privar do que eu posso ajudar. Ate porque a "desculpa" dele vai ser "te expulsei da lista porque nao gosto de voce", ja que é pessoa que nao devo um centavo, nem em dinheiro, nem em bens e muito menos em favores.

Usuarios da lista Apple2BR, voces vao continuar encontrando novidades e coisas interessantes sobre o Apple II no meu site, simplesmente porque eu GOSTO de Apple. Alias, uma coisa que pouca gente sabe, é que Apple II é A MINHA PAIXAO DE INFANCIA, muito mais do que MSX, e que eu troquei meu hotbit novinho, com drive DDX, tudo na caixa, por uma IC Test e um gravador de eprom pro Apple. Tinha um TK3000 na epoca mas depois comprei um //e original, com duodisk, transwarp, ramworks III e etc

Infelizmente (ou felizmente né? :oD) eu nao tenho tido muito tempo, mas vai ter bem mais coisa pro Apple no meu site. As pessoas que REALMENTE fazem alguma coisa pelo mundo apple (que sao 2 ou 3 e eu me correspondo em privado com elas constantemente) continuarão conversando comigo quer voce queira, quer nao, dignissimo owner da Apple2BR. Ou seja, o seu "poder" de me manter afastado da comunidade, nao me serve de PORCARIA NENHUMA. 

E com isso, caro owner da Apple2BR, voce so conseguiu uma vitoria com seu ato: Se tornar um "non-entity" pra mim, igual aquele meu outro ex-amigo, que ficou com uma cacetada de lixo retrocomputacional "de presente" pra ele, e continua falando mal de mim nas listas por ai. Certamente voce é do nivel dele :) Alias, nao tenho duvidas.

Seja feliz com seus atos, e aceite as consequencias :o) Porque os usuarios da sua lista, vao continuar entrando no meu site e se deliciando com o conhecimento que eu tenho a oferecer. Ja voce...

domingo, junho 17, 2012

Calculadoras...

Pois é, pra quem mexe com eletronica, é um item que parece completamente offtopic. Mas é mais pertinente do que voces imaginam.

Quem mexe com eletronica/programacao, normalmente precisa de uma calculadora eficiente. E pra nao dizerem que eu nao tenho uma, eu tenho uma HP48. Essa nem é tao "velha", to com ela (comprei usada por 12 dolares no ebay hehehe) em 2009. E sempre me atendeu. "bem" é uma coisa completamente diferente, mas sempre me atendeu.

Na programacao/design de circuitos, vira e mexe voce precisa trabalhar com numeros em binario e hexadecimal, fazer conversões de base entre decimal/binario/hexadecimal e operações logicas (and/or/xor/not/etc), entre outros calculos. A HP48 faz isso tudo, mas mostra que é um projeto de 1900 e bolinha quadrada (com as arestas vivas). A calculadora nao tem backlight, e tem um modo de entrar numeros em outras bases que é completamente bizarro.

Pra converter entre bases, na HP, a gente faz assim:
  1. Seta direita, menu
  2. Selecione HEX
  3. Entre o numero hexadecimal, considerando que voce tem que entrar o # no inicio do numero (seta direita, simbolo de divisao) e pra cada letra (A...F) do numero hexa, voce precisa apertar Alpha + a letra na linha de teclas de funcao la em cima), depois enter
  4. Aperte a tecla de função correspondente a base que voce quer mudar
ISSO É UM SACO! Minha calculatrix tabajara de camelô faz isso muito mais rapido com entrada direta dos numeros!!!

Ai voces perguntam, "porque nao a de camelo?". Ora, porque ela tem teclas minusculas, visor minusculo e nao tem operações logicas :o) Entao tambem é "pouco pratica", digamos assim.

Calculadora boa, era a HP20S. Essa eu usei meu segundo grau inteiro, e era OTIMA pra fazer operações com numeros em outras bases. Mas infelizmente o LCD foi pro saco (coisa muito comum de acontecer com as HPs) e eu nao me sinto a vontade gastando dinheiro com OUTRA calculadora que nao seja absurdamente completa pro que eu faço. Eu ate pensei na HP10S, custa 30-40 reais, so que eu nao vi nenhum elogio a ela na internet, so reclamações.

Calculadora PERFEITA pra programadores é a tal da HP16. Só que é uma calculadora RARISSIMA da HP, e custa a pequena fabula de 750 reais A MAIS BARATA no ML. E la fora nao é nem um pouco barata tambem.

Há os programas de calculadora para iPhone. Todos sao muito completos, mas voce tem o problema do...teclado :o) É horrivel usar um teclado "lisinho" - quem ja usou TK82C, TK83 e Odyssey que o diga - pra quem está trabalhando "com pressa". Nem pra esses programas de calculadora incluirem resposta tactil (tocou na tecla, roda o motorzinho vibrante do telefone)  pra ajudar.

Qual seria a solucao?

Uma ideia interessante seria pegar uma HP12 (que tem por ai aos borbotoes) dessas novas - que de HP12 nao tem nada, ela tem um processador ARM emulando (!) o software da HP12 original - e refazer o software dela pra emular uma...HP16 :o) Mas ai teria o problema do teclado, que é (bem) diferente na HP 16.

Outra ideia interessante seria - literalmente - reprogramar uma HP48 pra fazer a "programmer's calculator"com um template aplicado por cima do teclado. Bastante trabalho, viu!

Mais uma ideia era partir do zero - usando botoes tic-tac e um microprocessador, pra fazer uma calculadora PORRETA, orientada a programacao

Enfim...Todas as solucoes sao caras e/ou ineficientes. Pelo visto ainda vou usar minha HP48 por muuuuito tempo :oP

sábado, junho 09, 2012

Atmel, assim voce fica pra tras...

Aproveitando as "ferias" no rio de janeiro, trouxe os dois kits que a Renesas (na pessoa do André Oliveira) me cedeu pra testes, e estou dando aquela conferida basica.

Minha opiniao ate o momento:
  • As definições (part numbers) dos processadores, sao cripticas. Talvez por causa da uniao de duas ou tres empresas (NEC, Hitachi, quem mais?) no que hoje em dia é a Renesas.
  • O tal do HEW, o ambiente integrado da Renesas, é varias ordens de magnitude mais confortavel, amigavel e ABSURDAMENTE MAIS RAPIDO que o AVR Studio 4. O 5 é uma jaca e o 6 eu ainda neo testei. Gostei muito. Mesmo sendo bastante complexo (há um bilhao, trezentos e oitenta e quatro milhoes, quatrocentos e vinte tres mil, duzentos e oitenta e sete - e meia - opcoes), nao foi dificil criar um projeto e fazer um led piscar, inclusive usando o debugger.
  • A placa que estou usando esses dias (RPBRX62N, sbrubbles sbrubbles sbrubbles) tem um debugger JTAG ja na face inferior. Tem o incomodo de conectar dois cabos USB no computador para o uso. Mas olha, QUE TROÇO RAPIDO. Nao apenas o debugger, como a gravação da memoria do microcontrolador. Fazia tempo que eu nao via um troço TAO RAPIDO na gravação
  • Como eu comentei ha pouco com o Luciano Sturaro no ICQ...É um "outro mundo" bem fora do que estamos, digamos assim, "acostumados". É um processador de 32 bits, lotado de memoria e perifericos. Rodando a 100MHz. Uau.
E o mais importante: Suporte da Renesas.

Eu sou usuario de microcontroladores a 16 anos. Comecei nos MCS51 (8751) da intel, passei um tempo breve nos PICs (16F54, 16C84, 12C508JW) e quando descobri os AVR, fiquei por la mesmo. Uso Atmel a MUITO tempo, e tenho um investimento "razoavel" em equipamento (programador, debugger, integrados, evaluation kits) e software (documentacao, compiladores, etc). A Atmel NUNCA me mandou um chip pra teste. E a Renesas vive me mandando material pra avaliacao. E eu nunca usei Renesas em um projeto. Do jeito que a Renesas do Brasil me trata bem, eu vou acabar virando a casaca. Tem projeto grande vindo ai, e nao custa nada eu pendurar um processador de 32 bits japones la dentro. Nao custa nada MESMO.

Quem é desenvolvedor, sabe. Nao é uma questao de ganhar caneta, bloquinho e caneca. Um STK600 da Atmel nao chega aqui por menos de 300 dolares. Um AVR Dragon (que é o "minimo" que voce pode ter pra desenvolvimento serio) custa uns 150-200 dolares. Um AVR JTAG-ICE II nao custa menos de 400 dolares. Enquanto isso, eu tenho um debugger/programador standalone da Renesas (o E8) e duas placas com debugger JTAG integrado (o tal do Segger). TUDO DE GRAÇA. Eu tenho amostras, documentacao, equipamento, placas de desenvolvimento/demonstracao...Isso tudo custa MUITO dinheiro. Nao é barato. Eu tenho facil facil uns 6-8 mil reais de material da Atmel, que eu comprei do meu bolso. Ai aparece a Renesas, e manda tudo de graça, mao beijada, e ainda diz "se precisar de mais alguma coisa, estamos a disposicao".

Ai eu pergunto: Quais as chances de eu considerar o uso dos processadores da Renesas no futuro? Talvez seja BEM MAIOR que os processadores da Atmel. Eu nao quero ser paparicado, eu so quero uma "troca justa" - Gere-me vendas e propaganda, que eu te forneço material que voce precisa, pra me gerar mais vendas e propaganda. E eu NUNCA recebi mais que um panfleto (ta bom, ganhei um pen-drive! :D) da Atmel. E todos os projetos do tabajara labs, sao feitos com Atmel. E eu ainda por cima sou um evangelista - de gratis - da Atmel.

Alo Atmel do Brasil, que tal dar mais atencao aos pequenos desenvolvedores? Podem sair grandes surpresas dai!!! E Renesas, muito obrigado pelo suporte. O meu proximo projeto vai acabar sendo movido a RX62N...

terça-feira, junho 05, 2012

A Renesas do Brasil honrando o Tabajara Labs

Hoje pela manha, conversando com meu amigo André Oliveira, da Renesas do Brasil, ele teve uma ideia..."porque voce nao porta o BASIC daquela plaquinha pra um Renesas RX600?"

Challenge Accepted :o) Aqui estao as plaquinhas pra portar o BASIC interpretado (e fazer muita coisa mais, voces tem ideia do que esses processadores fazem? Dica: Rodam a 100 MHz e custam 7 dolares!!!)

Nao sei quanto tempo vou levar...mas...VAI SER DIVERTIDO! :oD

(Obrigado Renesas...A Atmel bem que podia se coçar tambem né? Tanto tempo usando produtos Atmel, uma tremenda grana investida em ferramentas originais e chips...E eu nunca ganhei um kit de desenvolvimento ou uma ferramenta gratuita. Tudo foi pago do meu bolso. Desse jeito a Renesas vai acabar ganhando terreno no Tabajara Labs...Fica a dica!)