domingo, dezembro 21, 2014

30 anos depois e o MSX ainda surpreende...

Duas coisas meio que sem relacao proposital, mas que hoje me deram uma otima surpresa!

Estava lendo a Jogos 80, e vi uma coisa curiosa...


Transcrição de audio!? Alguem lembra como era isso?

Antigamente as entrevistas eram feitas em cassete. Pra nao perder tempo anotando (e nao incomodar o entrevistado), faziam-se as perguntas em uma conversa informal, e gravava-se tudo em cassete. Fita cassete, isso aqui ó:
Sim, nao é a fita cassete que voce está acostumado. Essa fita é miudinha, mais ou menos 1/6 do tamanho de uma fita cassete normal. Reporteres (ou reporters?) usavam essa fitinha porque era pequena, e gravava uma hora como uma fita grande. A qualidade nao era tao boa (embora alguns computadores a usaram, meus Epson HX-20 por exemplo usam) mas era suficiente pra audio e, por consequencia, pra entrevista.

Voltando a transcrição...Entao, as empresas usavam um gravador cassete especial, com um controle "no pé" (!) onde voce podia avançar, retroceder e pausar a fita. Assim o transcritor (ou seria transcriba?) nao precisava tirar as maos da maquina de escrever (é, tamos falando de velharias aqui) para transcrever o audio para algumas laudas datilografadas. Graças a Sao Google, temos uma imagem pra mostrar :)


Tosco, né? Esse é o kit completo. O gravador ficava em cima da mesa, o fone de ouvido (de alta qualidade e super confortavel - PRA EPOCA)  e em cima a esquerda, o "pedal" que voce controlava o gravador. Pedal do meio é play/pause e os laterais é avanço e retrocesso da fita.

Mas o que isso tem a ver com MSX? Voce ja vai ver...

Hoje eu estava mexendo no meu MSX "principal" (aquele que ta sempre ligado em cima da mesa), é um FS-A1 WX, da panasonic. Olha o fotao :D



(pros curiosos, a placa no slot é a SD/Mapper que eu falei em um post anterior) 

E estava vendo o TED, um editor de textos muito bacana que dizem ser o "melhor" editor do MSX. Eu conheço pouco sobre ele, mas dando aquela bizoiada no Help, eu achei uma coisa muito interessante...


Da pra ler ai "Cassete Motor ON/OFF"???

Isso era pra poder usar o MSX como um transcritor de textos. Voce aperta STOP pro motor do gravador cassete parar/continuar, e com isso usa o MSX como aquele gravador que está la em cima...

Alguem ai sabia disso?

Pois é, MSX surpreendendo 30 anos depois :o)

4 comentários:

Luciano disse...

E bota surpresa nisso... impressionante!

Rogério disse...

Interessante. Trabalho desenvolvendo soluções de telefonia em uma grande empresa. Estou no momento trabalhando em um transcritor de gravações. Bacana saber a origem disso tudo.

Ricardo Macagnan disse...

Tabajara, será que não seria usado para carregar arquivos de texto de fitas cassete?

Unknown disse...

Um pouco offtopic, pois o post é sobre o uso dessa interface dentro de um editor de textos, mas num HotBit eu usava essa conexão para 'pegar' a linha, discar e depois derrubar a ligação telefônica (o modem não fazia isso).