quarta-feira, abril 27, 2005

Matematica...

28 de julho de 2004, 10:27AM

Uma pequena pausa no trabalho, pra o blogging do dia.

Meu peito doi. Tenho andado estranho. A cirurgia ainda vai demorar, queria operar AGORA. Que saco.

Carro no mecanico. Enrolou o troço todo. Esqueci o celular em casa. Dormi no onibus vindo pro trabalho. Cheguei atrasado.

E me sinto mal...queria voltar pra cama. Nao tinha outra hora pra ficar doente?

Hoje pela manha, estava ao trono lendo uma wired de 1900 e bolinha, quando me deparei com um artigo de Nicholas Negroponte (é um cara famoso, professor do MIT, boa cabeça!) acerca da computação emocional, e todo um questionamento sobre o envolvimento emotivo entre instrutor e instruido, comunicador e comunicado, e o quanto isso regride ou progride o ensino. Lembrou-me do saudoso Prof. Nicodemos, que depois ficou conhecido pela popular alcunha de "zezinho". Era o cara mais zé-buceta da escola. Sabe aquele tipo de professor carrasco, que todos os alunos ODEIAM? Pois é, minha setima serie foi "presenteada" com esse mané. O cara era um porre. Simplesmente insuportavel.

Ano seguinte, 8a serie, tudo mudou.

O cara virou um doce de pessoa, brincava com a turma, tacava giz na cabeça dos outros, se tacassem na cabeça dele ele levava na esportiva, contava piada, enfim, tornou-se um amigo da turma. Mudou do feu pro vinho.

Nunca uma turma dele teve um desempenho tao brilhante em matematica.

Lembro-me que quando ele lecionava progressao geometrica, eu cheguei a formular a "formula" de PG antes dele, no quadro. De tao interessado que eu estava.

Cito Pierre Lavelle, engenheiro da Embratel (voces sabem como as baratas se comunicam? Nao? Embaratel!) em um artigo (super polemico sobre protecao de software) para a revista micro sistemas: "...E se existe alguma moral nesta historia, deve ser esta: Estao malhando o ferro, com o malho errado..."

Ah, programar é pra quem tem culhoes. Prefiro o design de hardware...

Nenhum comentário: