terça-feira, abril 26, 2005

Presunto e apresuntado

Será que eu nao falo portugues?

Pois é, mais uma mania capixaba. Eu chego a uma padaria, quitanda ou coisa que o valha, e pergunto "tem presunto?". A mulher diz que tem. "meio quilo, por favor". Me vem ela com uma caixa escrito "apresuntado" e vai enchendo a balança.

"senhorita, isto é presunto?"
"Sim senhor"
"Mas ai ta escrito apresuntado!"
"Mas senhor, é a mesma coisa!"
"entao senhorita, queira por favor me explicar, porque o apresuntado nao se chama presunto, e custa 1/3 do preço"

E depois perguntam porque eu sou mal-humorado.

Ai vem as justificativas "mas senhor, o gosto é o mesmo" "mas senhor, é que ninguem pede presunto porque é mais caro" "mas senhor, todo mundo diz que é a mesma coisa"

Vale lembrar: O mesmo stress rola com o queijo prato e a mussarela.

Outra passagem: Fui pagar uma conta de luz no açougue da esquina (nao me perguntem o que a maldita escelsa ve em um açogue, para aceitar contas de luz). Enquanto o "tenico" tava se virando com o computador deles - graças a Deus, nao conserto mais computadores - fui a padaria comer um pao-com-algumacoisa.

Chegando lá, pedi mortadela. A moça tava fatiando uma peça de mortadela normal. Ai tinha tambem uma peça de mortadela defumada (que é MUITO mais gostosa que a mortadela normal). Pedi um pao com mortadela defumada. A mulher nao quis cortar, porque ia ter que abrir a peça, fatiar a mesma, e a mortadela defumada nao tinha muita saida.

Fui obrigado a levar meio quilo de mortadela defumada pra casa, pra poder convencer a dignissima a me vender o pao-com-mortadela-defumada.

Alias, voces nao acham simplesmente TERRIVEL nao poder comprar os produtos fatiados na hora? Se eu quero fatias finas ou grossas, O PROBLEMA É MEU! EU TO PAGANDO!!! Uma empresa está lá com seus empregados pra ME SERVIR e nao eu servir a eles. E tudo aqui no ES é fatiado dias atras.

O que eu vim fazer nesse lugar???

2 comentários:

Agripino disse...

Além de ser fatiado dias atrás, é fatiado grosso como meu caralho!

E nao vem dizer que é coisa de uma padaria só, todo lugar que fui aí era a mesma merda :-)

Rafael disse...

É verdade meu acaro amigo... Aqui no Brasil é "difícil" se conseguir algo que como vc mesmo disse: "Estamos pagando".

É sempre essa desculpa esfarrapada: "o gosto é o mesmo"... "é a mesma coisa"... que saco!. Nem o ditado que meu pai costumava me falar é a mesma coisa (Ele dizia: "mesma coisa é um caminhão cheio de Japonês") pois cada Japonês é diferente do outro (Ele fala isso mais de brincadeira mesmo...hehe).

O lance é sempre reclamar... um dia entra na cabeça-dura desse povo.

Isso é Brasil meu caro amigo... tsk tsk tsk. Haja paciência! Daqui a pouco nem com grana vc consegue algo.

Só tem incompetente na "República das Bananas"