quinta-feira, abril 30, 2009

O Espirito Santo nao é um estado serio.

Primeiro, leiam a noticia >>>Aqui<<<. Depois, me façam por favor entender?
  • O que tem na cabeça jovens de classe alta (portanto obrigatoriamente bem informados e educados) pra dizer que um FURTO em uma loja "nao passou de uma brincadeira"? E se foi brincadeira, porque nao voltaram no dia seguinte para pagar ou devolver o butim?
  • O quarto integrante, o tal filho de diplomata, está sob "proteção". Me explica uma coisa: Um diplomata está acima da lei?
  • Porque vagabundo pode esconder o rosto? A obrigação nao seria mostrar a cara desses pilantras pra todo mundo, para serem reconhecidos e apedrejados na rua?
  • O empresario vai "perdoar" os jovens, mas ainda emitiu nota fiscal de 8 mangos (mas vem cá, o que raios eles roubaram que valha oito mil reais???) e quer RECEBER. Que especie de perdao é esse?
  • O delegado informou que os jovens vao responder por crime de furto duplamente qualificado. Foram identificados pelas cameras de vigilancia e pela funcionaria da loja, alem do dono da loja...E VOLTARAM LIVRES PARA CASA????????
Desculpem, eu amo o Espirito Santo. MAS ISSO AQUI NAO É UM ESTADO SERIO!!! JUSTIÇA SEM VERGONHA!!!

3 comentários:

Luciano disse...

Ué... você acha que é só ai???

maria clara disse...

Se você não sabe, a lei é igual em todo Brasil, então, se vc acha que foi errado aqui, não critique o ES, e sim a lei do Brasil, e os ladrões são do RJ, e o empresário está certo em querer o dinheiro do furto, e ele tem objetos na loja com oum relógio que custa três mil reais, concordando ou não, é o valor que ele cobra, é o direito dele, idiota quem paga, mas não cabe a você questionar isso, e se acha que o ES é ruim, então se manda daqui, simples ´não é?!

Renata Rainho disse...

todo bandido tem o direito de esperar o julgamento do caso em casa quando tiver um lar...