domingo, outubro 16, 2005

Parafraseando o kid

Esse é o momento que eu atravesso la no trabalho:


"Uca, uruca, sai pra lá toda urucubaca, leva embora esse azedo da alma dos perdedore
s e afoga essa raça nojenta que venera o amarelo dos próprios olhos no infinito saco de frustrações que ele construíram.

Uca, uruca, sai pra lá toda urucubaca e me deixa passar com essa vontade de ganhar, de ser feliz, de ultrapassar toda e qualquer barreira material e espiritual e voar mais alto, sentir todo prazer da alegria de viver.

Uca, uruca, sai pra lá toda urucubaca. Se você não sair, eu te atropelo."


Apenas a minha fé no Senhor move o meu desejo de continuar lutando, passando como um trator por cima do inimigo.

E continuo aguardando propostas de emprego.

Nenhum comentário: