segunda-feira, agosto 25, 2008

Sobre a lei seca

Ei, voce conhece a companhia de comedia "os melhores do mundo"? É, aquela turma do Joseph Climber! Nao? Em que caverna voce tem se escondido? Vai la e da uma olhada, voce nao vai se arrepender :o)

Mas passeando pelo blog deles, vi um comentario interessantissimo sobre a tal "lei seca". Nao gosto de copiar - ipsis literis - o texto dos outros. Mas esse merece CADA PALAVRA. Ai vamos nós. :o) Pipo, MEUS PARABENS pela lucidez.

(pequeno detalhe: o tal do site "bebacomresponsabilidade" é de propriedade de ninguem menos que as associacoes de bares e hoteis. Ou seja, é quem está sendo DIRETAMENTE prejudicado pela perda dos seus viciados. Alias, alguem ja parou pra prestar atencao que cada boteco é um ponto de trafico de drogas? Afinal bebidas alcoolicas nao deixam doidao? O que deixa doidao nao é entorpecente? E entorpecente nao é droga? E droga nao é proibido? Ah, o alcool é permitido né? Ta bom, le ai embaixo :o)

---8<---corte aqui---8<---
Tá...

Eu sei que minha opinião, como humorista, vale pouco. Mas tenho recebido centenas de e-mails contra a Lei Seca. E só existe uma coisa que odeio mais do que balinha de morango: Correntes de e-mail contra a Lei Seca. Por isso respondo aqui. Os trechos originais dos e-mails que recebi estão em negrito.

Os pés inchados que me perdoem mas concordo com essa lei. E poucas vezes vi um movimento tão sem nexo como esse: "Pelo Direito de Dirigir Depois de Beber um Pouco". O que temos é o dever de encontrar uma causa menos ridícula para lutar por ela. Acho melhor brigar por um transporte público de qualidade. Assim, o cidadão que não tem carro poderá tomar seu merecido goró no domingão e voltar para casa com segurança. Direito de dirigir depois de beber socialmente... Essa é boa. Agora só falta surgir o movimento pela liberdade dos gazes... O Arrota Brasil!

Pra começar: esse nome (LEI SECA) tá errado: Lei Seca é a proibição da venda de bebidas alcólicas ainda que por um período específico, como acontece no dia das eleições, por exemplo, e as pessoas continuam votando como se estivessem bêbadas. Essa Lei que taí, de seca não tem nada. Tá é molhada demais se é que me entende. Trata-se de uma lei de intolerância ao álcool no trânsito. Basicamente diz que você pode encher o fiofó de cachaça desde que não dirija. Você pode continuar bebendo e pegando mulher feia e não precisa colocar ela dentro do seu carro. Só vejo vantagens.

[É simplesmente um absurdo que pessoas de bem sejam igualadas aos criminosos de um dia para o outro]

Pessoas de bem não bebem e dirigem. As que fazem isso são mesmo criminosas. Se não eram chamadas assim antes, comecem a se acostumar. Antigamente era bonito exibir animais no circo. Hoje é feio. Antigamente a gente podia fazer um abridor de garrafas com o bico de uma Arara Azul. Hoje dá cadeia. E foi de um dia para o outro. Paciência. Tudo muda. Passei a comprar abridor feito de metal mesmo...

[Você sabia que beber 3 taças de vinho e dirigir pode resultar em 3 anos de cadeia?]

Você sabia que beber 3.000.000.000 de taças do mesmo vinho e não dirigir não dá cadeia nenhuma? A tolerância sempre existiu, mas ninguém respeitou. Aliás, a tolerância trazia dúvidas. Antes, beber com moderação podia. Mas na prática o que significava exatamente moderação? Quantas tulipas de chopp? Quantas doses de vodka? Quantas taças de vinho? Quantas Porradinhas significava moderação? Ninguém sabia ao certo e ainda não sabe. Conhece alguém que anda com um bafômetro no bolso para saber se bebeu muito ou pouco? Só descobríamos a resposta em casa ou com a cara em um poste. Hoje, todos sabemos que não existe quantidade permitida. Portanto, a nova lei não deixa dúvida. É tão simples quanto a diferença entre zero e um.

[A solução não está na aplicação da tolerância zero, mas sim na fiscalização sobre aqueles que realmente abusam no consumo de bebidas alcoólicas]

É bom lembrar que abusar da bebida dá problema mesmo que você esteja a pé. Mas, não existe uma regra segura que se aplique a todas as pessoas. Cada organismo reage de uma forma diferente. Tem dias que bebo uma caixa de cerveja e fico em pé. E tem dias que bebo duas latas e vomito, apago, pego baranga... O efeito da bebida no organismo depende do quanto você dormiu, se alimentou, se está sob efeito de medicamentos, cansado, estressado, feliz, e por aí vai... Não é tão simples quanto dizer "três latinhas não fazem mal à ninguém"... Pergunta pro Ronaldo Fenômeno do que duas latas são capazes. Desceu redondo!

[Pessoas que a bebem socialmente e dentro de limites mundialmente aceitáveis não devem sofrer sanções como as previstas nessa lei]

Pessoas que bebem socialmente não devem sofrer sanções desde que não dirijam sequer Cinema Nacional! O mundo tá cheio de permissões que vão contra minhas convicções pessoais. Prefiro não concordar com tudo que é "mundialmente aceitável". Na Inglaterra o motorista enfrentará a suspensão da licença por um ano e terá seu nome numa ficha criminal. Dependendo do grau de bebida e do estrago, o autuado pode ter que pagar multa de até 5 mil libras (cerca de R$ 16 mil) e ficar mais seis meses na prisão. Aqui a multa sai por menos de mil reais. É praticamente uma promoção!

[A lei brasileira que vigia anteriormente já era uma das mais rigorosas do mundo, sendo mais firme que a lei dos Estados Unidos da America.]

Pois agora podemos dizer que temos aqui algo realmente mais firme do que na terra do Mickey. A nova lei, além de finalmente punir o bêbado que provocar acidentes, economiza milhões dos hospitais, pois já reduziu os acidentes em 45% nas grandes capitais. Isso não é bom? Menos carros nas ruas, menos acidentes, menos poluição e se continuar como está, menos doenças causadas pelo álcool... É só uma questão de se acostumar. Convenhamos que ninguém precisa realmente dirigir uma carro ou o quer que seja depois de ingerir álcool. Imagine se a mesma tolerância se aplicasse a outras situações. Você chega no Oftalmologista:

- Vamos operar agora mesmo essa córnea.
- Doutor, desculpe, esse cheiro... é de cerveja?
- É. Mas, relaxa. Foi só uma latinha. Consigo fazer tudo. Até dirigir.

[COM A MUDANÇA FEITA O BRASIL SE TORNOU A NAÇÃO OCIDENTAL MAIS RÍGIDA DO MUNDO]

Ótimo! É bom ser rígido em alguma coisa em relação ao resto do mundo. Somos uma nação frouxa por natureza. Nosso futebol perdeu para a Argentina nas Olimpíadas. Agora podemos dizer que somos durões em algo!

[Várias organizações estão trabalhando firme para que se reveja a chamada Lei Seca]

Várias Organizações? Quais? As que vendem bebidas alcólicas? Não vale. Se o WWF, o Direitos Humanos, a CNBB, o Greenpeace, o CVV, o Alcólicos Anônimos, o Corpo de Bombeiros ou o Conselho de Medicina reclamar da lei, me avise.

[Acesse www.bebercomresponsabilidade.com.br e integre-se]

Entrei no site. E todos os protestos são de vendedores de bebidas. Não ví qualquer pessoa com responsabilidade social reclamando. Pois que ofereçam transporte limpo e confortável! As pessoas só querem beber e ir para casa assistir novela como fazem todos os dias... A vantagem de impedir que elas dirijam, é que voltarão no dia seguinte.

[Você estará, além de tudo, ajudando na preservação de milhares de empregos]

Tá realmente preocupado com os empregos? Motorista de táxi e de ônibus também é trabalhador e precisa do emprego. Ao comprar seu carro você pensou nisso?

[É necessária uma grande mobilização para sensibilização do poder público]

Me inclua fora dessa mobilização. As pessoas aos poucos verão que as novas regras só trazem benefícios ao mundo. E continuarão à encher os cornos. Assim como encho meu balde de tequila e chuto. E não mais dirijo depois disso.
---8<---corte aqui---8<---

O mundo precisa de mais mentes com pensamento claro como o seu, Pipo!

Um comentário:

Vitor disse...

Muito bom.

Vou te falar, o maior problema do Brasil é o brasileiro. É com tristeza que aprendi isso.

Boa sorte pra você. Eu estou aqui na França há 1 ano e meio e me dá até arrepior de saber que volto no final do ano...

Um abraço,

Vitor Vasconcelos