sexta-feira, julho 08, 2005

Fat Musings

(desabafo de um gordo)

É foda.

Nunca fui gordo durante minha infancia. E pra te ser muito franco, nao me importo muito com isso nao. Minha namorada é esbelterrima, tem quase 1/3 do meu peso. Comecei a engordar la pelos meus 18 anos, quando parei com tudo quanto é atividade fisica, comecei a comer que nem um porco nas churrascarias da vida e ainda por cima me tornei sedentario. O resultado é que hoje tenho cento e quarenta (!) quilos de gostosura.

Minha namorada me buzina a paciencia pedindo pra perder peso. Ela está certa, é ruim pra minha saude, é ruim pra minha aparencia, é ruim na intimidade. Ok, estou fazendo o que posso. O que nao é muita coisa, mas faço o que posso.

Agora, o motivo do mau-humor de hoje, nao sou eu, é uma amiga minha de longa data que eu acabei de ver a foto, e ela está gorducha que nem uma bolota.

Ela nao merece isso. A gordura é uma prisao que a chave para a saida nada mais é que...mais prisao. Ou voce para de comer, ou voce engorda até morrer. Nao há saida agradavel. Nao existem alimentos diet de sabor agradavel. Nao há comidas diet que sejam minimamente agradaveis ao paladar. Nao me venha com cebola, rabanete beterraba, alface, agriao e salada. Quero é feijao e batata, linguiça e sardinha e lata. Ricota, mel e gergelim isso nao é pra mim. Eu quero é carne mal-passada. Ja dizia o pessoal do casseta e planeta.

O foda dessa situacao toda é que eu me lembro dela ha uns 10 anos atras, mais ou menos. Me lembro que um dia eu estava na casa dela a noite, e ela estava encostada na parede com um vestido azul rodado. Eu tive uma vontade tao grande de abraça-la e beija-la, que só nao o fiz porque era noivo na epoca e nao queria trair a (na epoca) minha mulher. Foi duro resistir. Ela era gorduchinha, mas era muito bonita.

E me lembro que desde aquela epoca, ela brigava com a balança. Mas brigava FEIO. Até hoje briga. Outro dia falei com ela, apos anos e anos. Ela nao está bonita como era antes, engordou muito. Está (bem) casada e feliz, mas sempre rola uma tristeza por causa da gordura. Maldição!

Ai vem minha pergunta...Como será que o organismo funciona? Toda dieta é tao restritiva, tao torturante, tao...A menos pior que fiz até hoje foi a dieta Atkins, onde eu podia encher o rabo de carne (sem conotação homossexual, por favor) e nao passava fome. Mas depois de 6 meses sem comer arroz, batata, tomar caldo...a coisa ficou complicada. Atkins é uma maravilha. La nos USA, onde tem de tudo low-carb. Porque aqui no Brasil a coisa é complicada. Ainda está muito no inicio. Recomendo www.atkins.com.br pra quem quiser comprar os (poucos) produtos low-carb existentes no Brasil. Os da Thereza Macruz sao excelentes!

Operação? A Cristiana ta sofrendo até hoje com uma reação adversa da mesma. E nunca mais vai poder beber agua como antes. Ja imaginou, tomar um garrafao de agua, de gotinha em gotinha? TO FORA.

Resultado: Voce é gordo? Perdeu, playboy. Vai ficar assim pro resto da vida, salvo raras exceções. Ou entao até criarem uma solucao definitiva pra engorda. A qual eu francamente espero que nao demore muito.

Porque estou irritado? Porque vi uma amiga linda se transformar numa bola de carne. E ela nao merece isso porque é uma pessoa maravilhosa. E nao me venha com demagogia de "o importante é o amor". Todo mundo que é gordo sabe que essa é uma das mentiras fundamentais. E isso me deixa irritado.

PS: Amiga, to torcendo por voce. De verdade.

Um comentário:

Ricardo disse...

Eu só vi um jeito de diminuir de peso de forma definitiva, véio. É operar o estômago. Não tem jeito.

Um amigo meu tem 1,70m e tinha 130 kg. Operou o estômago em novembro. Hj, em julho, está c/ 80 kg.

É radical? Demais. Mas é a única maneira para alguns casos.